Connect with us

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Donos de bares e restaurantes pedem autorização para ocupar calçadas

Published

on

Foto: Reprodução Internet

Donos de bares e restaurantes começam a pedir autorização à Prefeitura para utilizar o espaço público de maneira ordenada, visando a colocação de mesas e cadeiras em calçadas no momento da reabertura desses estabelecimentos, o que está previsto para acontecer, com regras gerais e específicas, na segunda fase da retomada na capital baiana, de acordo com o protocolo elaborado em conjunto entre município e governo do Estado. 

A permissão é concedida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), possibilitando que esses empreendedores tenham mais espaço para garantir o distanciamento de um metro e meio entre as pessoas com a utilização de área aberta, o que é mais seguro neste momento em que ainda não há vacina contra o novo coronavírus. 

Dono do Lucius Restaurante, situado na Barra, Lucius Gaudenzi foi o primeiro a fazer a solicitação junto à Sedur e agora aguarda ansioso pela reabertura. “Eu acho que o mais importante hoje é a gente fazer essa retomada de forma segura e contínua, porque não adianta retomar de maneira apressada e ter que fechar depois. Então, eu aguardo ansioso, mas reconheço que esse trabalho e esse cuidado da Prefeitura em reabrir tem sido muito importante”, afirma. 

Em geral, Lucius já considera o restaurante um ambiente de baixo risco por conta das regras de segurança alimentar que os profissionais precisam seguir. Agora, ele diz já estar se adequando aos novos protocolos para estar 100% pronto quando Salvador ingressar na fase dois da reabertura de atividades, o que deverá acontecer em agosto. 

“A principal mudança, além do distanciamento entre as mesas e do controle da quantidade de pessoas, será em relação ao contato entre garçom e cliente. Vamos ter um aumento dos dispensers de álcool em gel e de sabão para os clientes, vamos colocar tapetes sanitizantes na porta, os garçons vão usar máscaras e o cardápio e a conta serão digitais, no celular. O cardápio será acessado por meio de QR Code”, conta. 

Tendência mundial – Para o empresário, a iniciativa da Prefeitura de defender a ampliação dos espaços privados em áreas públicas, que pode se tornar permanente, mesmo no pós-pandemia, segue uma tendência mundial. “Poder ter uma boa bebida, uma boa comida e um bom atendimento apreciando a vista e o visual é muito bom, ainda mais aqui no Farol da Barra. Eu visualizo um futuro muito bom e que isso se torne permanente em nossa cidade”. 

Fábio Lacerda, proprietário do Caranguejo do Farol, também na Barra, compartilha a mesma opinião. Ele conta que já fez a solicitação para a Sedur e planeja um ambiente bonito e organizado. “A nossa casa tem 30 anos ali na Avenida Oceânica, estamos em todos os guias do mundo inteiro. A arquiteta vai fazer um desenho da área que iremos utilizar. Ela será fechada com caqueiros, vai ficar bem legal”, diz. 

“Eu acho que o espaço da Barra com essa adaptação vai dar um visual muito bom para o bairro. Na Europa você vê aqueles bares com mesas nas ruas. Era o que faltava em Salvador, vai dar um charme e uma vida à orla. Eu acho que veio para ficar”, acrescenta Lacerda. 

Pedido – Para solicitar a utilização ordenada do espaço público, os proprietários de bares e restaurantes devem acessar o site retomadabar. salvador. ba. gov. br/ solicitar. Após acessar o site, é preciso preencher um formulário com informações como o número do alvará, o CNPJ, o Cadastro Geral de Atividades (CGA), a razão social, o nome de fantasia e o endereço de funcionamento do negócio. 

Além disso, devem ser anexados um layout (desenho) com a nova disposição das mesas e cadeiras, fotos da fachada, da área de estacionamento, do alvará e da inscrição municipal e estadual em formato pdf ou jpeg. Também é importante que o responsável pelo estabelecimento informe como vão funcionar as atividades e como ficarão dispostos os locais de atendimento em espaço público. 

Ao entrar no site, o proprietário do bar ou restaurante tem acesso a uma tela inicial com a descrição de tudo que é necessário para fazer o pedido. A solicitação será analisada pela Sedur, em conjunto com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), e o responsável legal receberá a resposta por e-mail em um prazo de até cinco dias úteis. Ele também vai poder consultar a resposta no site da Sedur utilizando o número de protocolo. 

“Esses empreendimentos podem adotar medidas de baixo custo e de fácil instalação para utilização de espaço público de forma organizada, como o uso de grades, jardineiras e de sinalização com tinta. Quando for necessário, serão implantadas medidas para a redução de velocidade dos veículos em algumas vias. Isso vai ocorrer, por exemplo, na Barra, no Jardim Brasil e na Pituba”, afirmou o titular da Sedur, secretário Sérgio Guanabara.  

Retomada – A reabertura de bares e restaurantes deverá ocorrer apenas na segunda fase de retomada das atividades econômicas. Para que essa etapa seja iniciada, o número de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para pacientes com a Covid-19 na cidade deve se manter em no máximo 70% por um período de pelo menos cinco dias dentro do necessário intervalo de 14 dias do início da fase um, que começou na última sexta-feira (24).

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

Advertisement

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Governo prorroga até 30 de janeiro decreto que proíbe shows e aulas

Published

on

Foto: Camila Souza/Arquivo GOVBA

O Governo do Estado decidiu prorrogar o decreto que suspende shows e aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada em toda a Bahia. A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (16) e vale até o dia 30 de janeiro de 2021.

O decreto proíbe ainda a realização de atividades com público superior a 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos. Shows e festas, públicas ou privadas, seguem proibidos independentemente do número de participantes.

Cerimônias de casamento e solenidades de formatura podem ser realizadas desde que limitadas a até 200 pessoas. A parte festiva desses eventos não está permitida.




Faça um comentário

Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Prefeita Moema Gramacho anuncia início da vacinação contra Covid-19 em Lauro de Freitas

Published

on

Foto: Reprodução

Foi no final da missa solene de celebração pelos 413 anos da Paróquia de Santo Amaro de Ipitanga, nesta sexta (15), que a prefeita Moema Gramacho anunciou o início da vacinação contra a Covid-19 para a próxima quarta-feira (20). “O plano de vacinação já está pronto e no começo da próxima semana vamos apresentar o cronograma e informar os postos de vacinação”.

Feliz por estar comemorando 413 anos de um trabalho de aproximação com Deus em Lauro de Freitas, a prefeita pediu também ao santo, padroeiro da cidade, que abençoe os vereadores e secretários deste mandato, presentes na celebração, para que possam continuar buscando fazer o melhor para a cidade e seus munícipes.

A missa foi celebrada pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Cardeal Dom Sergio da Rocha, que ressaltou durante toda celebração, entre os cânticos e passagens bíblicas, a importância de ter Santo Amaro de Ipitanga como exemplo de vida. “Santo Amaro viveu na simplicidade, renunciou as coisas supérfluas. Vivia na fé e confiança no Senhor, no caminho da união”. O arcebispo também agradeceu pela maneira carinhosa com que foi recebido por todos em Lauro de Freitas.

Padre Juraci Gomes, pároco da Igreja da Matriz, presenteou a prefeita com um ostensório (peça do culto católico que tem a função de exibir a hóstia) e falou que, independente do momento que estamos vivendo por conta da pandemia, hoje é um dia de alegria e gratidão.

O pároco também relembrou a história da igreja que teve sua pedra fundamental instalada há 453 anos pelos jesuítas, levou 20 anos para ficar pronta e alguns anos depois foi elevada a paróquia. O conjunto arquitetônico foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1944.

A missa terminou com a queima de fogos, que também deu início a carreata. Ao som do refrão “Ó santo Amaro, meu protetor, seguiste a trilha do salvador. Ele chamou-te, ouviste a voz. Ó Santo Amaro, roga por nós!”, os fieis percorreram ruas do Centro levando a imagem e a benção de Santo Amaro de Ipitanga.

As missas receberam público mínimo cadastrado previamente, espeitando os protocolos de prevenção da Covid-19. Atividades que tradicionalmente fazem parte da programação da festa do padroeiro, como o cortejo cultural e show na praça, este ano também não foram realizadas




Faça um comentário

Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Especialistas dão dicas para alunos que farão a prova do Enem: Veja

Published

on

Foto: Reprodução

Com atraso de dois meses na realização por conta da pandemia da Covid-19, a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será realizada neste domingo (17) e no próximo dia 24 em todo o Brasil. Para evitar a propagação do novo coronavírus, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) dá dicas de proteção aos alunos que farão o exame.

Os cuidados serão redobrados nas salas de aula, com distanciamento entre as cadeiras e disponibilização de álcool em gel para os alunos. A infectologista da SMS, Adielma Nizarala, reforça que é importante cada aluno levar seu álcool em gel e estar sempre usando a máscara, que não deve ser retirada em momento algum na sala de aula.

“Este ano, por causa da pandemia, não será permitido comer ou beber água enquanto faz a prova. Então, recomendo aos alunos que reforcem a alimentação antes da prova com frutas, verduras, carboidratos e bastante hidratação, para que estejam bem dispostos na hora da prova”, diz Adielma.

A infectologista ressalta ainda que caso o aluno precise retirar a máscara por alguma razão ou se alimentar, deve ser solicitado ao fiscal que ele vá ao corredor, o que influencia também no tempo da prova. “Outra coisa importante é que, caso o aluno apresente qualquer sintoma da Covid-19 no dia, ele não deve comparecer ao local do exame.”

Segundo o Ministério da Educação (MEC), de posse de um atestado que confirme a infecção, esses alunos e também portadores de outras doenças infectocontagiosas (a exemplo de sarampo ou rubéola) poderão remarcar a prova.




Preparação – O professor de educação física da rede municipal Flávio Azevedo recomenda aos alunos que relaxem no dia anterior ao exame. “Não adianta querer estudar tudo no dia anterior. Eu recomendo manter a mente equilibrada, sem estresse emocional, procurar fazer atividades ao ar livre como caminhadas, corridas leves, exercícios que mantenham o cérebro oxigenado. Evitar as tensões, com mente sã e corpo são”, declara.

No dia da prova, o professor sugere alongamentos que podem ser feitos na sala de aula, para relaxar o corpo das tensões. “A gente pode trabalhar alongamento mesmo sentado, esticando os braços para um lado e para o outro, puxar o pescoço para baixo e para cima, e respirar pelo nariz e soltar pela boca, pois ajuda a oxigenação do corpo e a aliviar a tensão“, orienta Azevedo.

Faça um comentário

Continue Reading

Publicidade:

Advertisement

politica

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

error: Copyright © - Grupo Fala Cajazeiras ®