Connect with us

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Estabelecimentos de Lauro de Freitas são fechados pela fiscalização durante feriados antecipados

Published

on

Foto: Danilo Magalhães

A Força-Tarefa da Prefeitura de Lauro de Freitas orientou o fechamento temporário de 31 estabelecimentos comerciais, nesta segunda-feira (25), em cumprimento da medida que antecipa três feriados e só autoriza a abertura de serviços essenciais. Durante a fiscalização, um estabelecimento foi interditado e outro notificado. A decisão de antecipar feriados, pelo Governo Estadual, visa conter a propagação do novo coronavírus ampliando as taxas de distanciamento social.

Uma casa lotérica na Avenida Santos Dumont (Estrada do Coco), próximo ao bairro de Portão, foi um dos primeiros locais a baixarem as portas após a orientação da Prefeitura Municipal. No Centro, onde ocorreu a maioria das fiscalizações, uma loja de cosmético foi interditada. O estabelecimento já havia sido notificado por falta de uso de EPIs e outras medidas que restringem o funcionamento, como a opção do serviço delivery. A notificação do dia foi para uma padaria encontrada com alvará vencido.

Rodrigo Sodré, coordenador da Força-Tarefa que envolve fiscais de seis secretarias, acompanhou as equipes de fiscalização e relatou que não houve resistência nas abordagens. “Os proprietários acataram as orientações de fechamento de imediato. Conforme explicamos nas fiscalizações, o comércio estaria fechado nos dias dos feriados caso não estivéssemos em meio à pandemia. Então o comportamento desses dias foi antecipado com uma forma de combate ao coronavírus”, ponderou.

Foi antecipado pelo Governo do Estado para esta segunda-feira (25) o feriado de 2 de Julho, Independência da Bahia. O dia de São João recepcionado para esta terça-feira (26) também se enquadra no calendário de feriados municipais. O terceiro antecipado, para a próxima quarta-feira (27), ficou determinado no decreto estadual que os municípios abrangidos indicassem as suas celebrações. Lauro de Freitas antecipou o feriado da emancipação política do município.

Neste período, estão autorizados a funcionar os serviços considerados essenciais como mercados, farmácias, Unidades de Saúde da Família (USF) relacionadas para o atendimento de síndromes gripais, segurança privada, funerária, posto de combustível, advocacia (no estrito exercício da profissão), telecomunicações, logística e transporte de medicamentos, produtos e demais itens relacionados a Covid-19, imprensa e indústrias. Todos de acordo com as convenções coletivas de suas respectivas categorias.

Faça um comentário

Publicidade:

Advertisement

politica

Cajazeiras e Região

error: Copyright © - Grupo Fala Cajazeiras ®