Connect with us

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Obra na Lagoa do Abaeté vai substituir fossas sépticas e garantir mais segurança aos moradores

Published

on

O governo estadual está realizando uma série de intervenções na região em que fica um importante patrimônio cultural da Bahia e um dos principais pontos turísticos de Salvador, a Lagoa do Abaeté. Com previsão de conclusão para dezembro deste ano, uma dessas obras é a da Estação Elevatória de Esgoto, que está sendo construída com um investimento superior a R$ 456 mil e vai direcionar os resíduos gerados por estabelecimentos comerciais presentes no local para o sistema de esgotamento sanitário de Salvador.

Executada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), a construção foi autorizada pelo órgão licenciador, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), que é o responsável pela gestão do Parque Metropolitano Lagoas e Dunas do Abaeté e reconhece a eficácia dessa nova forma de operação em substituição ao sistema atual, que é obsoleto e pode trazer riscos para o parque nos próximos anos.

Aprovado pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), que fará a operação de direcionamento do esgoto para a rede coletora, o projeto garante uma estação elevatória dotada de tanque-pulmão para conter extravasamentos; geradores para manter o equipamento funcionando, no caso de falta de energia; e sistema de alarme operacional, se houver parada nas bombas.

A qualificação do sistema de esgotamento é apenas a fase final de um contrato de repasse que envolve uma série de intervenções executadas pelo Governo do Estado para qualificar a lagoa e a vida da comunidade que mora no entorno, como destaca o presidente da Conder, Sérgio Silva. “É uma intervenção macro de urbanização integrada, já que estamos fazendo obras de infraestrutura, pavimentação, drenagem, reparos e construção de novas unidades habitacionais, bem como a recuperação de equipamentos e infraestrutura ao redor do Parque do Abaeté”, lista.

O presidente da Conder enfatiza, ainda, que “a estação substitui um sistema arcaico por um novo, totalmente automatizado, com garantias, com bombas, inclusive reserva, formando uma blindagem para que a operação executada pela Embasa possa ocorrer de forma segura, evitando lançamento de detritos no manancial”.

O titular da Sedur, Nelson Pelegrino, destaca que “a obra tem licença do Inema, da Prefeitura e todos os requisitos técnicos necessários. Além disso, todas as medidas de segurança foram adotadas para que essa operação aconteça, preservando o meio-ambiente”.

Meio ambiente

O diretor de Regulação Ambiental do Inema, Leonardo Carneiro, alerta que a falta de saneamento básico adequado é a maior causa de poluição dos recursos hídricos e por isso essa intervenção é tão necessária. “Essa elevatória é um dispositivo da infraestrutura de saneamento que está sendo implantada no local e foi feita justamente para retirar, remover o esgoto, de forma a beneficiar todo mundo e substituindo as fossas sépticas, que vêm causando problemas no local, em função de mau cheiro e outros transtornos”, esclarece.

Carneiro lembra, ainda, que “a obra está sendo feita de modo a causar o menor impacto visual possível, por estar dentro de uma Área de Proteção Ambiental [APA] e que a estação será dotada de um tanque-pulmão para evitar, em caso de extravasamento de esgoto, que dejetos sejam lançados na Lagoa”.

Foto: Carol Garcia/GOVBA

Apoio da comunidade

Moradores e comerciantes aprovam a obra, já que a intervenção representa o fim das mau-cheirosas e obsoletas fossas sépticas. A presidente da Associação de Ambulante, Quiosque e Baianas de Acarajé da Lagoa do Abaeté, Neucy Pereira, assegura que todos os comerciantes são favoráveis à realização das intervenções. “Estamos satisfeitos, pois sofremos muitos anos com o extravasamento das fossas e, por isso, essa é uma obra muito bem-vinda, já que nem nós nem os turistas e os visitantes vamos sofrer mais com o mau-cheiro”, explica.

O coordenador da Comissão de Cultura e Turismo da Associação de Moradores de Itapuã, Ives Quaglia, crê que a anuência do Ministério Público, por si só, é o determinante de que a obra está adequada à legislação. “Isso tudo foi aprovado por técnicos especialistas do Ministério Público que deram parecer favorável à obra, do ponto de vista da engenharia e da questão sanitária, e foi essa leitura que nós também fizemos”.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Estudantes da rede estadual recebem a 4ª Parcela do vale-alimentação estudantil

Published

on

Foto: Claudionor Jr/Secretaria da Educação

Os estudantes da rede estadual de ensino de toda a Bahia já estão realizando compras com a quarta parcela do vale-alimentação, cujo crédito, no valor de R$ 55 por estudante, foi liberado nesta segunda-feira (26). Nesta nova parcela, assim como nas três anteriores, foram destinados mais R$ 44 milhões, totalizando um investimento de R$ 176 milhões de recursos próprios do Estado.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destacou a importância do benefício. “Mesmo em um momento de perda de arrecadação no Estado, o Governo da Bahia destina mais R$ 44 milhões para o auxílio vale-alimentação, visando a segurança alimentar dos estudantes da rede estadual: aproximadamente 800 mil. Além disto, a iniciativa contribui para movimentar a economia, em todos os 417 municípios baianos, distritos e povoados”.

Para o acesso ao benefício, o estudante deve usar o mesmo cartão utilizado anteriormente, com a bandeira Alelo. As compras podem ser realizadas em mais de 18 mil estabelecimentos. O recurso é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, carne, frango, frutas, verduras, café e leite, sendo que a aquisição dos alimentos é de livre escolha dos estudantes.

A dona de casa Tatiana Silvestre Lima, 37 anos, mãe do estudante Henrico Augusto Silvestre, 14, que possui deficiência auditiva e cursa o 6º ano, no Colégio Estadual Mestre Moa do Katendê, em Salvador, foi cedo com o filho, na unidade da Cesta do Povo do bairro Ogunjá, para fazer as compras de alimentos. “Gostei muito da iniciativa do governo em nos beneficiar com mais uma parcela do vale-alimentação. Este valor de R$ 55 vai ajudar muito nas despesas de casa”, disse.

Quem também já garantiu a compra foi a estudante Ana Clara de Jesus, 20, 3º ano, do Colégio Estadual Cidade de Curitiba, em Salvador. “Moro sozinha com a minha mãe, que é aposentada, e este benefício ajuda muito nas despesas, pois priorizo alimentos como feijão, arroz, café, açúcar e macarrão, entre outros, que servem para nós duas”, disse, após utilizar o vale-alimentação na Cesta do Povo do Ogunjá.

Orientações

A Secretaria da Educação do Estado reforça a orientação para que vá ao supermercado apenas um membro da família, seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual, em função da pandemia pelo novo Coronavírus. Em caso de dúvidas, o estudante pode entrar em contato com a escola onde está matriculado. A secretaria também disponibiliza os canais da Ouvidoria pelo 0800 284 0011, pelo e-mail ouvidoria@educacao.ba.gov.br ou pelo Fale com a Ouvidoria, disponível no Portal da Educação.

Faça um comentário
Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Atendimento por videochamada no SAC inclui serviços do Procon-BA

Published

on

Foto: Débora Fernandes/Saeb

A pandemia do novo coronavírus mudou a vida das pessoas e antecipou futuros. Agora, o cidadão pode usar o celular ou computador, agendar dia e horário, e receber atendimento do SAC sem sequer sair de casa. Isso é possível e faz parte do presente. A partir de segunda-feira (26), a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) também passa a atender por meio de chamada de vídeo na Rede SAC. O objetivo é orientar, analisar e intermediar reclamações individuais de consumidores. O atendimento deve ser agendado através do SAC Digital.

“Após o agendamento, o Procon-BA entrará em contato com o consumidor por telefone ou e-mail para análise da documentação e descrição dos fatos, visando dar o melhor encaminhamento à demanda. O nosso objetivo é ampliar ainda mais o atendimento e a solução de problemas dos consumidores”, explica a diretora de Atendimento do Procon-BA, Adriana Menezes.

Além do atendimento do Procon-BA, a Rede SAC já disponibiliza, desde o mês de agosto, atendimentos do Planserv e do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev). Um exemplo é o caso de Durcilene Santos, 57 anos, que é uma das quase 600 pessoas com pedidos de pensão recepcionados pela Superintendência de Previdência (Suprev) desde o início da pandemia.

Atendimento

Moradora da cidade de Aparecida de Goiânia, em Goiás, distante mais de 1,6 mil quilômetros de Salvador, a dona de casa teve sua solicitação acolhida apesar de residir em outro estado do país, através de chamada de vídeo. “Entrei no site do SAC Digital para realizar o agendamento e fui atendida por vídeo na hora marcada. Gostei muito, pois foi bem rápido e a atendente muito atenciosa”, ressalta Durcilene.

O atendimento por videochamada para serviços do Ceprev já registrou 285 atendimentos. Os três mais solicitados foram pensões previdenciárias e 2ª via do contracheque, com 94 atendimentos cada um, seguidos de isenção de Imposto de Renda, com 77 solicitações. Quanto ao Planserv, foram registrados até agora 377 atendimentos, sendo 63 para solicitação de Movimentação Cadastral e 314 para isenção de biometria.

Como fazer

O primeiro passo é acessar o SAC Digital ou baixar o aplicativo SAC Digital. Depois, basta pesquisar na plataforma o serviço desejado. Em seguida, é preciso escolher uma data disponível e agendar o horário de preferência. Após isso, o SAC envia uma confirmação por e-mail ou mensagem de celular, junto com o link para a vídeo-chamada. É necessário ter computador ou celular com acesso à internet para realizar o atendimento.

O atendimento por chamada de vídeo pode ser expandido de acordo com o êxito nessa primeira fase de funcionamento. “Temos planos de ampliar para outros serviços, oferecendo mais comodidade e segurança para nossos usuários. Vamos avaliar o funcionamento nessa fase para planejar um aumento do número de serviços nessa modalidade de atendimento por vídeo”, afirma a diretora Operacional do SAC, Nilza Rios.

Faça um comentário
Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Obras que vão levar o Metrô até Águas Claras seguem em ritmo intenso

Published

on

As obras do tramo 3 da Linha 1 do Metrô de Salvador seguem em ritmo intenso e foram vistoriadas pelo governador Rui Costa, na manhã desta segunda-feira (26). A intervenção, que vai levar o modal a Águas Claras e ainda garantir duas novas estações e mais 4,66 quilômetros de extensão ao sistema metroviário, está orçada em R$ 424,6 milhões e tem previsão de conclusão para junho de 2022.

“São praticamente mais cinco quilômetros de extensão de metrô. Teremos a estação que vai atender essa região conhecida como região da Brasilgás, integrando também o acesso para Pirajá, um terminal de ônibus para facilitar o embarque das pessoas, e a nova estação rodoviária, cuja obra deve começar agora em novembro. Os três estarão no mesmo nível, com acessibilidade garantida. A intervenção está empregando um pouco mais de 600 pessoas”, destacou o governador.

Executadas pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), as obras estão acontecendo entre os quilômetros 616 e 622 da BR-324. Além da estação de Águas Claras, que será integrada ao novo Terminal Rodoviário de Salvador, o governo estadual vai construir uma outra, em Campinas de Pirajá.

“Conseguimos resolver os principais gargalos e a obra deve seguir de maneira muito rápida daqui por diante. Essa intervenção deve coincidir com a conclusão da nova rodoviária, tornando o metrô um meio importante de se chegar a essa região”, explicou o titular da Sedur, Nelson Pelegrino.

Atualmente, a CCR Metrô Bahia, concessionária responsável pelo sistema, opera duas linhas, com 33 quilômetros de extensão, 20 estações, 8 terminais de integração com ônibus, frota de 40 trens, sendo cada um com quatro carros. O sistema, que emprega diretamente 1.500 colaboradores, transporta quase 400 mil passageiros por dia.

Faça um comentário
Continue Reading

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

error: Copyright © - Grupo Fala Cajazeiras ®