Connect with us

POLÍTICA

“A atenção básica tem que alcançar ainda mais os que precisam dela”, diz Ireuda Silva

Published

on

“A atenção básica tem que alcançar ainda mais os que precisam dela”, diz Ireuda ao instituir Frente Parlamentar em Defesa da Saúde

Salvador ganhou mais um importante mecanismo na busca por mais políticas públicas e melhorias na qualidade da saúde pública. Foi instituída na manhã desta sexta-feira (06) a Frente Parlamentar em Defesa da Saúde, na Câmara Municipal de Salvador, após projeto da vereadora Ireuda Silva (Republicanos). Na ocasião, também foram empossados dirigentes de entidades civis.

“Nós sabemos o que temos que fazer, que é fortalecer as ações para melhorar a saúde”, afirmou Ireuda, acrescentando que “a atenção básica é fundamental e precisa alcançar ainda mais os que precisam dela” e, neste sentido, defendeu “a união do Estado e do Município” para aprimorar o sistema como um todo.

Desde o início do mandato, Ireuda tem se notabilizado por seu trabalho em defesa da mulher, no combate ao racismo e a todos os tipos de intolerância e discriminação. Além disso, com um trabalho social amplo e reconhecido por toda a sociedade e a classe política, a republicana acredita que não dá para querer cuidar das pessoas mais necessitadas sem deitar um olhar especial à saúde – um dos principais problemas enfrentados pelos brasileiros.
Para se ter uma ideia, o Brasil ficou em 89º lugar em uma pesquisa sobre a qualidade o acesso à saúde, muito abaixo de países como Argentina e Uruguai, apenas para citar exemplos da América Latina.

Agora, está prestes a perder o selo de erradicação do sarampo por conta da incidência de novos casos nos últimos meses. “É óbvio dizer que quem está sofrendo com isso não são os ricos, mas aqueles mais pobres, de baixa renda, as mulheres e os negros. No Brasil, a falta de acesso à saúde e a má qualidade do serviço existente são retratos da exclusão social e uma linha divisória entre os mais pobres e os mais ricos”, avalia Ireuda.

No projeto original, apresentado na Câmara de Salvador, a republicana afirma que “se faz necessária a Frente para que possa contribuir com a defesa da saúde municipal, através da criação de novas políticas públicas, bem como o aperfeiçoamento das já existentes, além de exercer a fiscalização do serviço de saúde de nosso Município, sendo que todas as atividades serão desenvolvidas respeitando a competência da cidade”.

Além disso, “a Frente Parlamentar será um espaço de interlocução entre os vereadores e a sociedade civil, dentre outras pessoas interessadas em contribuir com o desenvolvimento da saúde, com o objetivo de efetivar o direito à saúde do cidadão”.

O novo colegiado será presidido pela própria Ireuda e terá a vereadora Marta Rodrigues na vice, que destacou “precarização da saúde com o desmonte do SUS, o que “acaba sobrecarregando as Unidades de Pronto Atendimento e os hospitais”.

Na mesa, o vereador Luiz Carlos (Republicanos) parabenizou a iniciativa de Ireuda, afirmando que o projeto já está dando resultados. “A Frente Parlamentar surgiu há pouco tempo e mesmo com esse pouco tempo já tem dado bastante resultado. Estou no meu segundo mandato na Câmara e digo que o segredo para ter bons resultados é ouvir a população. Com certeza estarei à disposição para juntos unirmos forças e resolvemos os problemas da saúde de nossa cidade”, disse.

Por sua vez, a vereadora Aladilce Souza ressaltou o caráter apartidário da Frente. “Nosso objetivo é unir as agremiações partidárias em defesa da saúde e reforçar a fiscalização das políticas de saúde”, disse.
A cerimônia contou ainda com Danilo Farias, representante do secretário de Saúde de Salvador, Léo Prates. Também fez parte da mesa de trabalho o presidente do Sindicato das Empresas do Segmento Óptico e Optométrico do Estado da Bahia, Juarez Gonçalves da Hora.

Por fim, foram empossados dirigentes da Associação Baiana das Pessoas com Doença Falciforme, da Associação dos Renais Crônicos da Bahia, dos Lúpicos Organizados da Bahia, da Associação dos Transplantados da Bahia, do Instituto Vencendo o Câncer, da Associação dos Renais Crônicos de Salvador, dentre outras entidades civis.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

POLÍTICA

Marcelle Moraes denuncia utilização de gato para churrasco

Published

on

Foto: Antonio Queirós

A vereadora Marcelle Moraes (DEM) pediu a mobilização de autoridades da Prefeitura de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, para apuração do fato e adoção de medidas urgentes diante de um suspeito de assar um gato para comer. Segundo a vereadora, a prática teria sido publicada em rede social por um grupo de amigos e infringe as leis ambientais.

“Fiquei horrorizada porque, ao falar com o provável autor do crime, ele se fez de desentendido e vítima, alegando que a minha indignação não é válida. Um absurdo. Além disso, outros internautas curtiram e comentaram a ação criminosa sem nenhum escrúpulo e amor à vida de um ser indefeso. Onde vamos parar?”, questionou Marcelle.

A parlamentar já mobiliza a esfera jurídica a fim de punir os responsáveis e pede apoio da população para que, caso tenham conhecimento das imagens e dos participantes, busquem o gabinete na Câmara Municipal de Salvador para informar. “Não vou deixar isso em branco, vamos colocar ele na cadeia”, finalizou.

Faça um comentário
Continue Reading

POLÍTICA

Câmara de Salvador manifesta apoio aos trabalhadores da Ford

Published

on

Foto: Reprodução

Em nome da Câmara Municipal de Salvador, o presidente Geraldo Júnior (MDB) manifesta apoio incondicional de todos os vereadores aos trabalhadores e trabalhadoras da fábrica da montadora de veículos Ford pelo “ato unilateral e desrespeitoso da referida empresa de fechar repentinamente suas fábricas no Brasil, especialmente no município de Camaçari, o que causará prejuízos incalculáveis a nossa economia, com efeitos graves diretos na empregabilidade da população baiana e reflexos no setor social”.

O presidente da Casa destaca que no Brasil, agravado pela pandemia do novo coronavírus, o desemprego vem alcançando o índice 14% da população economicamente ativa, o que representa mais de 14 milhões de brasileiros desempregados, aumentando ainda mais o fosso social e as desigualdades entre a população.

“Não podemos aceitar passiva e pacificamente que uma fábrica, que foi beneficiada por isenções diversas desde 2001, feche suas portas sem o menor respeito às instituições públicas e, principalmente, aos trabalhadores diretos e indiretos que dependem daquele parque fabril para sobreviverem”, diz.

Geraldo Júnior ainda destaca a importância de o Congresso Nacional debater e apresentar ao país uma reforma tributária séria e integrada com os diversos setores econômicos, além de normas empresariais modernas e eficientes. “De nada adiantam reformas isoladas, a exemplo da trabalhista e previdenciária, se não forem realizadas de modo integrativo e transversalizado”, frisa.

“A Câmara Municipal de Salvador se coloca claramente a favor dos trabalhadores e trabalhadoras que terão seus empregos suprimidos por uma política nefasta e desrespeitosa dessa empresa multinacional, que deve muito à Bahia e ao Brasil, pelos grandes benefícios que se serviu por duas décadas”, conclui.

Faça um comentário
Continue Reading

POLÍTICA

Alan Sanches pede abertura do plenário da Alba para sessões presenciais

Published

on

Foto: Reprodução

Com as atividades presenciais suspensas desde abril por conta da pandemia do coronavírus, a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) tem operado de forma remota inclusive para sessões especiais e votações.

Com a iminência da chegada de uma vacina, o deputado estadual Alan Sanches (DEM), pediu que a Casa considere a reabertura do plenário para as próximas sessões.

“Defendo que está na hora da Assembleia Legislativa retornar às atividade presenciais. Claro que respeitando as regras sanitárias e colocando a participação virtual dos que estejam no grupo de risco, bem como da imprensa e dos assessores, para não causar aglomeração e elevar as estatísticas, que não é nossa intenção. Mas fazer jus ao papel que nos foi confiado quando fomos eleitos”, disse o democrata.

Sanches justificou ainda que alguns dos colegas de plenário tem frequentado ambientes como bares e restaurantes que abriram com protocolos sanitários e, portanto, poderiam fazer o mesmo nas sessões presenciais.

“Penso que precisamos retornar ao plenário da casa. Existem muitos temas que necessitam de amplos debates, que trazem o amadurecimento dos temas e refletindo em decisões importantes que beneficiam a nossa população”, concluiu.

Faça um comentário
Continue Reading

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

error: Copyright © - Grupo Fala Cajazeiras ®