Connect with us
 

POLÍTICA

Ana Paula Matos é a candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes

Published

on

Foto: © Divulgação/Alexandre Amarante

O PDT anunciou Ana Paula Matos, vice-prefeita de Salvador (BA), como candidata a vice-presidente da República, compondo a chapa de Ciro Gomes na corrida ao Palácio do Planalto. O nome foi anunciado no início da tarde desta sexta-feira (5), em coletiva de imprensa realizada na sede nacional do partido, em Brasília, com a presença dos agora candidatos e do presidente nacional da legenda, Carlos Lupi.

A candidata pedetista firmou seu posto diante dos jornalistas e do povo brasileiro. “É assim que me apresento ao país: alguém que é preparada, que estudou e estuda, mas, mais do que dos bancos da universidade, alguém que é preparada pelo labor com o povo e pelo amor ao povo. Então, é com humildade, é com carinho, mas com confiança também nesse trabalho, e unindo meu amor pelo país a capacidade e a vontade de servir, que estou me apresentando a vocês e, através de vocês, a todo o povo”, afirmou Ana Paula.

O PDT chega ao pleito deste ano com uma chapa pura, formada apenas por pedetistas. A escolha de Ana Paula aconteceu após uma série de debates internos. A vice-prefeita de Salvador tem grande experiência na gestão pública, contribuirá com a coordenação do plano de governo e terá papel fundamental na defesa do Projeto Nacional de Desenvolvimento (PND).

“Neste momento, ela (Ana Paula) vem pra preencher uma vaga nessa estratégia nossa que desvenda, de uma vez por todas, aquilo de que se trata as eleições nacionais agora. Na verdade, trata-se de uma única chapa abolicionista contra diversas chapas escravistas […] Ana Paula vem para me ajudar a coordenar o programa de governo, pra circular o país representando uma enorme fidelidade por si mesma e pela estreita confiança que eu tenho na capacidade que ela tem, na seriedade que ela tem, no patriotismo que ela tem, mas vem especialmente para me ajudar a fazer do meu governo um governo feminino”, expôs Ciro Gomes.

Advogada, professora, pós-graduada em finanças e com mestrado em administração, Ana Paula, 44 anos, é servidora concursada da Petrobras. Iniciou a trajetória na gestão municipal como diretora geral de Educação, em 2013. Na sequência, Ana Paula foi chefe de gabinete da vice-prefeitura, presidente do instituto de previdência municipal, secretária das Prefeituras-Bairro, secretária de Promoção Social e combate à pobreza, e secretária de Governo de Salvador. Em 2020 foi eleita vice-prefeita de Salvador, em chapa com Bruno Reis (DEM).

O perfil de Ana Paula foi decisivo na escolha no partido, como explicou o presidente nacional do PDT: “A gente foi somando muita coisa: funcionária da Petrobrás, mulher, negra. É a questão da representação que o nosso partido quer ter pra se diferenciar. O Ciro, que é um homem que tem uma experiência larga – administrador, prefeito, ministro –, já muito conhecido, faz com a Ana uma espécie de contra balança com seu perfil. No fundo, é a gente querer mostrar para a sociedade um quadro de superação”, revelou.

 Perfil

Professora, formada em Administração de Empresas pela Universidade Salvador (1998) e em Direito pela Universidade Católica do Salvador (2001), é pós-graduada em Finanças Corporativas pela Unifacs (2000) e mestre em Administração, pela Universidade Federal da Bahia (2002). É servidora, concursada pela Petrobras, casada com Vinícius desde 2006, filha da professora Sandra Matos e do médico Paulo Matos.

Na Prefeitura de Salvador já atua desde 2013, no primeiro ano da gestão do, a época, prefeito ACM Neto. Iniciou a trajetória profissional no município como diretora geral de suporte à educação, na Secretaria de Educação, onde foi responsável pela convocação de mais de 1.000 professores e pelo Plano de Carreira da categoria.

Em 2015, foi convidada para assumir a subsecretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza, pasta que tinha como titular o atual prefeito de Salvador Bruno Reis. Com pouco mais de um mês no cargo, juntos, passaram pelos desafios das fortes chuvas de 2015, que foram um marco para a evolução das políticas públicas de assistência social na capital soteropolitana.

Quando Bruno Reis deixou a Secretaria de Promoção Social para ser candidato a vice-prefeito de Salvador, Ana Paula Matos foi conduzida para a titularidade da então Semps (Hoje – Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer).

Em 2017, assumiu a chefia de Gabinete do vice-prefeito de Salvador. No mesmo ano se tornou secretária Municipal das Prefeituras-bairro e conduziu o exitoso processo de descentralização da administração municipal. Em julho 2019 reassumiu a Secretária Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre). Em 2020 foi eleita vice-prefeita de Salvador na chapa com Bruno Reis.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

Advertisement