Connect with us

MOBILIDADE

Obras do BRT mudam trânsito e transporte público na Av. ACM a partir desta semana

Published

on

Para dar continuidade às obras do primeiro trecho do BRT, a Prefeitura fará alterações viárias e no itinerário linhas ônibus que circulam pela via principal da Avenida ACM, no sentido Lucaia. As mudanças de trânsito começam nesta quinta-feira (30), enquanto que as alterações no sistema de transporte público têm início no sábado (01).

Entre as mudanças que já começam na quinta está o fechamento do retorno localizado nas proximidades da Rua da Polêmica. Com isso, será aberto um novo retorno, mais à frente, nas proximidades do Edifício Cidadela. O fluxo de veículos será ordenado através de semáforos, como já acontece atualmente. Para utilizar o retorno, os veículos deverão acessar a via marginal nas proximidades da Rua da Polêmica. Essa mudança será definitiva.

Outra alteração definitiva, também a partir desta quinta, vai ser retirada de todo o estacionamento Zona Azul da via marginal da avenida. As vagas serão retiradas paulatinamente, até o dia 3 de fevereiro, quando não será mais possível utilizar o local para estacionamento. Agentes da Transalvador estarão pela região para tirar dúvidas e orientar os condutores sobre as mudanças.

Coletivos – As alterações no sistema de transporte público começam no sábado (01), após o início das alterações viárias promovidas pela Transalvador. No total, 35 linhas que circulam pela Avenida ACM passarão a rodar pela via marginal, no sentido Lucaia, entre a Igreja Universal e a Ladeira da Cruz da Redenção.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade (Semob), as alterações afetarão 22 linhas oriundas da Rótula do Abacaxi e outras sete que descem o Viaduto Raul Seixas, além de seis que estão fazendo retorno próximo ao Shopping da Bahia.

As linhas provenientes da rótula são:

0207-Massaranduba/Itaigara
0218-Ribeira/Pituba
0342-Vale dos Rios/Circular A
0344-Vale dos Rios/Circular B
0422-Pero Vaz/Itaigara,
0426-Santa Mônica/ Pituba
0518-Sussuarana/CAB /Eng. Velho de Brotas
0713-Santa Cruz/Calçada/Bonfim
0907-Boca do Rio/Ribeira,
0914-Vale dos Rios/Stiep R3
0915-Vale dos Rios/Stiep R4,
0933-Rio das Pedras/ Praça da Sé
1220-Mata Escura/Pituba
1301-Estação Pirajá/Brotas
1320-Pau da Lima/Nordeste
1341-Estação Pirajá/Barra 2
1386-Nova Brasília/Barra
1538,01 e 02- Conjunto Pirajá 1/Pituba
1622-Alto do Cabrito/Boa Vista do Lobato/ Pituba
1643-Fazenda Coutos/Pituba
1645 01 e 02- Alto da Terezinha/Rio Sena/ Pituba
1652- São João do Cabrito/Pituba

Já as que passam pelo viaduto são:

0102-Barbalho/Iguatemi
0421-Pero Vaz/Pituba
0813-Pituba/Vila 2 de Julho/Trobogy
1052-Estação  Mussurunga/ Barra 2 1129-Cabula 6/Pituba
1231 e 01-Sussuarana/Barra 2
1386-Nova Brasilia/Jardim Nova Esperança/Barra

As seis linhas que fazem o retorno próximo ao Shopping da Bahia, sentido Lucaia, terão seus itinerários alterados passando pela marginal da Avenida ACM, na altura da MC Donald´s, seguindo pela Avenida Paulo VI (ao lado do Hiper Posto), Rua Wanderley Pinho, fazendo o retorno de volta à Avenida Paulo VI, pegando novamente a marginal da Avenida ACM.

Esses veículos que circulam nessas linhas terão como parada o ponto do entrada do Alto do Saldanha (antiga Comercial Ramos). Abaixo a relação dessas linhas:

1614 Mirantes de Periperi – Itaigara
0715 Lapa – Santa Cruz
0710 Santa Cruz – Aquidabã
0520 Cosme de Farias – Vale dos Rios
1018 Alto do Coqueirinho – Campo Grande
0714 Santa Cruz – Campo Grande R1

Pontos – Essas mudanças irão afetar cerca de 300 ônibus em horário de pico. O ponto de ônibus que funciona ao lado do viaduto Raul Seixas, defronte à Praça Newton Rique, será desativado e passará a ser no passeio em frente à Igreja Universal. Uma segunda parada, na altura das concessionárias Baviera e Citroen, será realocada para frente do Sine Bahia.

O ponto que fica no lado oposto ao MC Donald´s será desativado e reinstalado logo depois da entrada da Rua da Polêmica, perto do posto Shell. Uma última parada de ônibus localizada na passarela que fica defronte à Comercial Ramos será reposicionada para a marginal, o que dá aproximadamente 30 metros de distância, apenas.

Passarela – Nessa localidade, é bom frisar, a passarela que liga a Comercial Ramos ao Hospital Teresa de Lisieux será demolida. De acordo com o Consórcio BRT, uma nova estrutura provisória atenderá aos pedestres que precisam fazer uso do equipamento para atravessar a avenida. Consequentemente, o ponto em frente ao hospital (sentido Shopping da Bahia) será deslocado para poucos metros à frente, sem afetar a rotina dos transeuntes e usuários de ônibus.

Novo modal – As intervenções do primeiro trecho do BRT, que compreendem trecho de 2,9km de extensão ligando o Loteamento Cidade Jardim (Parque da Cidade) à região do Shopping da Bahia (Estação de Integração BRT/Metrô), estão previstas para serem totalmente concluídas até o final deste ano. O investimento é de R$ 212.781.070,50, com recursos oriundos de financiamento junto à Caixa Econômica Federal.

A implantação do novo modal vai possibilitar a criação de linhas exclusivas para o transporte público (sistema BRT), automóveis e bicicletas, em corredores de tráfego próprios e segregados que vão reduzir o tempo do soteropolitano no trânsito e melhorar a mobilidade em regiões críticas. O sistema será integrado ao metrô e prevê ainda a construção de viadutos e elevados paralelos para implantação das estações. Os primeiros viadutos, na região do Itaigara, já foram concluídos e entregues.

 

Faça um comentário

MOBILIDADE

Frota de ônibus nas estações passará para 100% nos horários de pico

Published

on

A frota de ônibus nas estações de transbordo em Salvador já passa a ser de 100% nos horários de pico nesta terça-feira (27), durante este período de pandemia da Covid-19. O termo de acordo para esta operação foi assinada pela Prefeitura e concessionárias de ônibus, como revelou hoje (27) o prefeito ACM Neto, em coletiva virtual ao lado do secretário de Mobilidade (Semob), Fábio Mota.

Acompanhada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), a medida foi tomada devido ao aumento para 60% do número total de passageiros que circulam pela cidade, em comparação ao período normal, o que é fruto do avanço na retomada das atividades econômicas na capital baiana. A frota deverá ser ampliada novamente após o retorno das aulas.

A partir dessa nova medida, passa a funcionar 100% da frota para as linhas que atendem as estações de transbordo Pirajá (42 em 309 veículos), Lapa (37 em 259 veículos), Mussurunga (25 em 165 veículos) e Acesso Norte (20 em 104 veículos), nos horários de 5h30 às 8h30 e 16h30 às 19h30, de segunda a sexta-feira.

Além disso, será feito reforço na oferta de transporte público nos principais corredores de tráfego, inicialmente nas avenidas Afrânio Peixoto (Suburbana), São Rafael e Silveira Martins, com ações táticas e direcionamentos específicos de frota para evitar acúmulo de passageiros nos pontos.

Também faz parte das ações a operação assistida com utilização de parte da frota de ônibus ociosa como reguladora nas estações, a ser acionada de acordo com a necessidade. No total, 1,9 mil ônibus estarão em operação nos horários de pico.

Esforço – O prefeito lembrou todo o esforço realizado pela administração municipal desde 2013 para melhorar o transporte público na capital. Estão no conjunto de ações promovidas a integração entre os ônibus e o metrô com uma única passagem, o Domingo é Meia, o aplicativo CittaMobi, a reforma das estações (como a Lapa, antes abandonada) e pontos de ônibus e a renovação da frota com ônibus climatizados.

No entanto, em 2020, devido à pandemia, o investimento municipal chegou a R$107 milhões para evitar que o sistema entrasse em colapso. Desse total, R$5 milhões foram destinados à compra de vales-transporte para uso em programas sociais após a pandemia. Outros R$55 milhões para a intervenção na Concessionária Salvador Norte (CSN). Mais R$47 milhões foram aplicados na indenização da diferença entre os custos operacionais e a arrecadação do sistema. Isso porque a chegada do novo coronavírus provocou a queda do número de passageiros.

“Este seria o ano da concretização das melhorias no transporte público, mas aí veio a pandemia. Quatro bilhões que seriam destinados pelo governo federal às cidades para o transporte não vieram. Aí a Prefeitura teve que pagar a conta, com recursos próprios, para evitar esse colapso no sistema, que deixaria as pessoas desassistidas e rodoviários pais e mães de família desempregados. Além disso, em qualquer hipótese, essa conta seria transferida para o usuário, já apertado devido à pandemia, com o aumento da tarifa de ônibus ainda este ano”, destacou ACM Neto.

O prefeito ainda fez questão de salientar que, mesmo com este cenário, o processo de renovação da frota continua. “A renovação da frota prevista para 2020 vai começar com a chegada de ônibus novos em dezembro e se estenderá até abril do próximo ano”, declarou. Sobre a intervenção da CSN, o gestor revelou que a situação deverá ser resolvida ainda este ano.

Faça um comentário
Continue Reading

MOBILIDADE

Governo disponibiliza ônibus elétricos e a gás no Subúrbio e RMS

Published

on

Foto: Divulgação/Agerba

Na próxima semana, o governo estadual vai iniciar o projeto-piloto que garantirá a circulação de ônibus elétricos e também movidos a gás, respectivamente, pelo Subúrbio Ferroviário e pela Região Metropolitana de Salvador (RMS). Visando contribuir para tornar o sistema de transporte da capital sustentável, a novidade foi anunciada pelo governador Rui Costa durante a edição da noite desta terça-feira (20) do #PapoCorreria.

Rui contou que os ônibus elétricos vão fazer o trajeto entre a Ilha de São João e a Estação Pirajá do Metrô. “Vamos disponibilizar ônibus elétricos, que rodam mais de 200 quilômetros sem precisar carregar, para a população que precisa passar pelos bairros de Ilha de São João, Paripe, Periperi, Lobato, chegando à Estação do Metrô que foi instalada em Pirajá. Ao todo, serão seis ônibus circulando ainda este ano”, garantiu Rui.

O primeiro veículo já chega próxima semana, quando uma viagem-teste com a presença do governador deve ser realizada. “Quero ver, junto com as pessoas, o quanto esses ônibus são silenciosos e importantes para o meio ambiente”, declarou.

Rui ainda anunciou a chegada de um ônibus movido a gás natural que deverá transitar pela Região Metropolitana de Salvador. “Dessa forma, vamos modernizando o transporte público, dentro de uma estratégia de um estado verde, moderno e que cuida do meio ambiente”, concluiu.

Antecipação do pagamento dos servidores

O governador destacou ainda que, por conta da comemoração do Dia do Servidor Público Estadual (28 de outubro), que neste ano será celebrado excepcionalmente no próximo dia 30, o governo baiano vai efetuar o pagamento do salário dos 280 mil servidores ativos, inativos e pensionistas no penúltimo dia útil deste mês (29). “O pagamento será feito em lote único, um dia antes da programação original, permitindo que o servidor aproveite os feriados já com o salário na conta”, assegurou.

Todos os meses, o Governo da Bahia destina aproximadamente R$ 1,6 bilhão para o pagamento da folha de ativos, inativos e pensionistas. A programação de pagamento dos salários volta ao calendário original, com depósitos feitos no último dia útil do mês, a partir de novembro. O feriado também será celebrado no dia 30 de outubro, quando não haverá expediente na administração estadual baiana, com exceção dos serviços essenciais que não admitam interrupções.

Faça um comentário
Continue Reading

MOBILIDADE

Micro ônibus da STEC começam a integração no próximo dia 21

Published

on

Foto: Reprodução Internet

A integração entre os veículos que fazem parte do Sistema de Transporte Especial Complementar (STEC), os famosos “amarelinhos”, com os ônibus convencionais e o metrô, começa a valer no dia 21 desse mês.

Porém, cerca de 30% dos 254 veículos da frota não estão aptos a fazer a integração e serão remanejados para linhas que não são atendidas pelos outros modais de transporte. Eles também serão identificados para não causar confusão entre os passageiros.

“Só serão os veículos que tem até oito anos e com acessibilidade. Os outros vão continuar rodando em outras linhas sem integrar e terão um prazo de 120 dias para se adaptarem. Estarão em linhas próprias que não vão passar nem por ônibus nem por metrô, como por exemplo: Hospital do Subúrbio x Paripe, que é uma linha que não tem metrô e nem ônibus para integrar’, explicou o secretário de Mobilidade Fábio Mota ao Varela Notícias.

Mota também revelou que os testes com os equipamentos vão começar na próxima segunda-feira (09) e que pode haver prorrogação da data de início da integração caso haja algum problema técnico.

Vicente Abreu, um dos diretores da Cooperativa dos Permissionários do Subsistema de Transporte Especial Complementar do Município de Salvador (Coopstecs), acredita que a operação possa diminuir o prejuízo dos permissionários.

“A gente espera parar de perder dinheiro. A expectativa é de melhora. Do jeito que está não podia ficar”, disse Abreu.

 

 

Informações: Informe Pirajá

 

 

 




Faça um comentário

Continue Reading

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

error: Copyright © - Grupo Fala Cajazeiras ®