Connect with us

SEGURANÇA

Professora de 37 anos é morta a tiros após ser chamada em janela de casa

Uma professora de 37 anos foi morta a tiros, na janela de casa, em Salvador, após ser chamada por um homem na frente da residência. O crime ocorreu na noite de terça-feira (5), no bairro de Vila Canária, e é investigado pela Polícia Civil. O suspeito fugiu logo após os disparos.

Identificada como Priscila Rebeca Oliveira de Souza, a vítima foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro de São Marcos, de onde foi transferida para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiu aos ferimentos.

Priscila foi baleada no quarto em que dormia com a filha mais nova, uma bebê de 2 meses. No mesmo andar do imóvel, ela abriria, nesta quarta-feira (6), uma escolinha. Ela morava com a família mesmo prédio.

O irmão da vítima, Pablo Oliveira, que socorreu ela até a UPA, contou que o suspeito procurou por Priscila do lado de fora da residência, com a justificativa de que queria fazer matrícula para o filho dele.

Ainda de acordo com a família, Priscila foi surpreendida pelo tiro quando apareceu na janela do cômodo. Ela foi atingida na cabeça. O irmão dela, que estava no andar de cima do imóvel, ouviu o barulho do tiro e desceu para socorrer a vítima.

“Eu estava lá em cima, não presenciei totalmente. Ouvi o barulho e vim correndo ver o que era, para dar socorro. O que minha outra irmã, que viu a situação mais ou menos, conta é que esse homem chegou no portão e disse que queria falar com Priscila para fazer a matrícula do filho dele. Priscila foi atender [na janela] e, quando deu as costas, ele atirou nela”, disse Pablo Oliveira.

O homem ainda não foi identificado. A família informou, no entanto, que ele já havia estado no local pelo menos duas vezes procurando pela vítima. A escolinha, que abriria nesta quarta, não funcionou.

A família suspeita que o homem tenha agido a mando do ex-companheiro de Priscila. Os familiares contaram que ela enfrentava disputa contra ele na Justiça, para ele, que é pai da bebê de 2 meses, reconhecesse a paternidade da criança. Uma audiência sobre o caso estava marcada para a quinta-feira (7).

“A gente acha que foi a mando do ex-companheiro dela. Esse homem [o suspeito de ter matado] já esteve aqui umas duas vezes, então a gente acha que foi tudo premeditado. Priscila tem uma filha de dois meses com o ex, mas ele não queria reconhecer a paternidade. A audiência seria amanhã, mas agora minha irmã está morta”, disse o irmão da vítima.

A família de Priscila conta que a vítima não tinha inimigos. “Era uma pessoa boa. Agora a gente fica assim. Além da bebê, ela tem uma menina de 10 anos. As duas vão ficar com a gente”, afirmou Pablo.

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local do crime e fez perícia, na manhã desta quarta. A família da vítima também vai ser ouvida pela polícia. Não há informações de quando e onde Priscila será enterrada. O caso segue sob investigação da Polícia Civil.

informações do G1

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

SEGURANÇA

Homem é encontrado com sinais de espancamento dentro de carro em Pirajá

Um operador de trem da CCR Metrô Bahia foi encontrado dentro de um veículo com sinais de espancamento e golpes de faca na madrugada desta segunda-feira (1), na Estrada Velha de Campinas, no bairro de Pirajá, em Salvador.

De acordo com a Polícia Militar, policiais do 9ª Companhia Independente da corporação (CIPM) realizavam rondas na região quando dois homens, que estavam numa motocicleta e nas proximidades de um veículo, perceberam a aproximação da guarnição e fugiram pelo matagal. Em seguida, os PMs retornaram para o local onde estava o carro e ao realizar a abordagem, encontraram o operador de trem com sinais de espancamento e golpes de arma branca.

A vítima, identificada como Marcelo Soares, foi socorrida pelos policiais para o Hospital do Subúrbio. A reportagem entrou em contato com a CCR Metrô Bahia, que confirmou que Marcelo faz parte do grupo de funcionários da empresa. Não há detalhes obre o estado de saúde dele.

Ainda não há informações sobre a autoria e motivação do crime. O caso será investigado pela Polícia Militar.

 

 

 

informações do BNews

Faça um comentário
Continue Reading

SEGURANÇA

Iuri Sheik segue para Presídio após prestar depoimento

Fotos: Alberto Maraux

Iuri Santos Abraão, 31 anos, mais conhecido como ‘Yuri Sheik’, teve o mandado de prisão preventiva cumprido na tarde desta quarta-feira (26). Ele se apresentou no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) à delegada Clelba Regina Teles, na Pituba, com advogados.

Ele é apontado por testemunhas como autor dos disparos contra o empresário William Oliveira, na noite do último domingo, em Santo Antônio de Jesus. Na manhã de hoje, a vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu. Questionado sobre a arma utilizada no crime, Yuri disse ter perdido, depois da fuga.

Após se apresentar no DHPP, o acusado teve o mandado de prisão cumprido no Departamento de Polícia do Interior, na Piedade. De lá seguirá custodiado para o Departamento de Polícia Técnica para a realização de exames de corpo de delito e, em seguida, para o sistema prisional,

O caso é investigado pelo delegado titular da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Antônio de Jesus), Edílson Magalhães, que ouvirá o acusado ainda essa semana.

Faça um comentário
Continue Reading

SEGURANÇA

Morre empresário baleado pelo influencer Iuri Sheik

O empresário William Oliveira, que foi baleado pelo influencer Iuri Sheik, morreu nesta quarta-feira (26). Não há detalhes sobre o horário da morte, mas a situação foi confirmada pelo delegado que investiga o caso, Edilson Magalhães, por volta das 12h30.

William estava internado no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano, desde domingo (23), quando foi atingido por disparos de arma de fogo deflagrados por Sheik durante os festejos juninos na mesma cidade onde fica a unidade de saúde. Na segunda-feira (24), ele passou por cirurgia e nesta manhã, chegou a apresentar melhora.

Desde que ocorreu o crime, Iuri Sheik é procurado pela polícia. Um mandado de prisão preventiva contra ele foi expedido na segunda-feira. O suspeito ainda não se apresentou à polícia.

G1 tentou contato com os números de assessoria do digital influencer, disponibilizado por ele nas redes sociais, mas, até a publicação desta reportagem, não conseguiu.

Informações preliminares obtidas pela polícia apontaram que os disparos ocorreram porque a vítima havia pedido que o suspeito parasse de fazer manobras perigosas com o carro, conhecida como “cavalo de pau”, em via pública. No entanto, após ouvir as testemunhas, a polícia informou que ficou ciente de que Iuri Sheik saiu em alta velocidade após os disparos contra o empresário.

Post em rede social

Empresário e digital influencer Iuri Sheik fez postagens no Instagram — Foto: Reprodução/Instagram

Depois do caso, Iuri Sheik tornou privado o perfil pessoal do Instagram – com 286 mil seguidores. Na rede social, ele compartilhava fotos com diversos famosos, entre eles os jogadores Neymar e Daniel Alves.

Na manhã de terça-feira, Iuri Sheik abriu o perfil novamente. Ele postou uma foto em que aparece chorando e uma outra imagem em que diz na legenda que vai se apresentar.

“Toda versão existe dois lados. Logo mais vou me apresentar e contar realmente o que aconteceu”, escreveu. Entretanto, nesta quarta-feira, o perfil voltou a ser fechado.

O município onde o caso ocorreu tem tradição nos festejos juninos e é um dos destinos mais procurados por baianos e turistas nessa época do ano.

O delegado Edilson Magalhães, disse que momentos antes do crime, Iuri já havia se envolvido em confusão com os seguranças que trabalhavam na festa organizada pela prefeitura da cidade. Ele tentou entrar em uma área restrita para artistas, que era de circulação proibida. Por conta disso, Iuri foi posto para fora do evento.

Conforme o delegado, há relatos de que Iuri estava dirigindo alcoolizado na cidade desde a sexta-feira (22), quando ele teria chegado no local. Conforme o delegado, o digital influencer tem histórico de ser uma “pessoa problemática”.

Ainda por meio de nota, a prefeitura informou que o nome de Iuri Sheik nunca constou em nenhuma lista de convidados da festa junina da cidade.

informações G1

Faça um comentário
Continue Reading

Publicidade:

Anúncio
Advertisement

politica

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região