Connect with us

MOBILIDADE

Seguro DPVAT não terá cobrança de taxa em 2021, decide CNSP

Published

on

Foto: Reprodução Internet

O Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), vinculado ao Ministério da Economia, aprovou nesta terça-feira (29) o prêmio zero para o DPVAT em 2021 e, com isso, não haverá cobrança da taxa do seguro em 2021. O DPVAT é um seguro obrigatório, usado para indenização de vítimas de acidente de trânsito.

Segundo a Susep, não haverá cobrança em 2021 porque o DPVAT tem recursos em caixa suficientes para a operação no próximo ano. Esses recursos são de valores pagos em anos anteriores e que não foram utilizados.

Com a decisão, o seguro continua existindo, mas o motorista não precisará pagar o DPVAT. Uma eventual decisão sobre 2022 ainda terá de ser tomada pelo conselho.

Em 2020, o DPVAT passou por redução de 68% para carros, passando para R$ 5,23, e de 86% para motos, chegando a R$ 12,30.

Na reunião desta terça, o conselho decidiu ainda que Superintendência de Seguros Privados (Susep) deverá contratar um novo operador para o DPVAT.

Do valor arrecadado pelo pagamento do seguro obrigatório:

50% são destinados ao pagamento das indenizações;

45% vão para o Ministério da Saúde (pagamento do atendimento médico de vítimas);

5% vão para programas de prevenção de acidentes.

Continuidade das operações:

Também nesta terça-feira, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que a Susep e o CNSP garantam a continuidade da operação do DPVAT em 2021. Na decisão, o ministro Raimundo Carreiro questionou as incertezas sobre a operacionalização do seguro com a saída da Seguradora Líder.

Em novembro, as seguradoras integrantes do consórcio que criou a Líder decidiram pela dissolução do grupo. Segundo o ministro do TCU, a continuidade do serviço deve ser assegurada mesmo que seja necessário manter a Líder na gestão da operação.

“Até a presente data, 29 de dezembro de 2020, a poucas horas para o início de 2021, há total incerteza quanto à continuidade da operação do DPVAT, quanto à regularidade da frota nacional de veículos à luz da legislação que estabeleceu o seguro obrigatório, sem falar da cobertura do seguro àqueles que vierem a ser vítimas de acidente de trânsito a partir de 1º de janeiro de 2021”, afirmou o ministro na decisão.

Em nota, a Susep informou que tenta viabilizar a contratação de uma empresa, na primeira semana de janeiro, para assumir o DPVAT, “garantindo as indenizações previstas em lei para a população brasileira”.

O que é o DPVAT?

O seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), instituído por lei desde 1974, cobre casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistências médica e suplementares (DAMS) por lesões de menor gravidade causadas por acidentes de trânsito em todo o país.

Vítimas e herdeiros (no caso de morte) têm um prazo de 3 anos após o acidente para dar entrada no seguro. Informações de como receber o DPVAT podem ser obtidas pelo telefone 0800-022-1204.

Bolsonaro

Em 2019, o presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória extinguindo o DPVAT.

A MP, no entanto, foi suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e perdeu a validade sem ter sido votada pelo Congresso Nacional.

Fonte: Portal G1

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Trem do Subúrbio deixa de operar em 15 de fevereiro; Veja as Linhas alternativas

Published

on

Foto: Reprodução

O projeto para implantação do Veículo Leve de Transporte (VLT) entre o Subúrbio Ferroviário de Salvador e a Ilha de São João, em Simões Filho, entrará em nova fase e será necessário que, a partir do dia 15 de fevereiro, o atual Sistema de Trens do Subúrbio, que conta com 10 estações e liga a Calçada a Paripe, deixe de operar. No atual traçado da ferrovia serão construídos os pilares do elevado do VLT. Para que a população continue se deslocando com tranquilidade e segurança na região, o transporte será feito por ônibus que estão integrados ao sistema metroviário.

A implantação do VLT é realizada pelo Governo do Estado em parceria com a empresa Metrogreen Skyrail e a obra está prevista para ser concluída no prazo de 24 meses. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado, Nelson Pelegrino, foi feito um estudo para diminuir o impacto da mudança na rotina dos moradores da região. “Foi feita uma avaliação e pesquisa de origem e destino dos usuários de transporte público naquela região e sabemos como eles se deslocam. Os passageiros serão orientados sobre as linhas de ônibus que estão servindo aquela região do subúrbio e que podem ser utilizadas em substituição ao trem”.

Ainda de acordo com o secretário, os veículos estão integrados ao sistema de ônibus urbanos e metropolitanos, além do metrô. Ele explica que ao pagar uma única tarifa os usuários poderão pegar dois ônibus e o metrô. “Hoje o trem tem uma tarifa simbólica de R$ 0,50 que não corresponde ao deslocamento da cidade. Esses usuários poderão pagar R$ 4,20 numa tarifa integrada. Deixando claro que essa tarifa atual do trem só permite o deslocamento entre Paripe e a Calçada e caso o passageiro necessite ir até o Comércio ou outras regiões centrais da cidade, o usuário paga mais R$ 4,20, ou seja, R$ 4,70. Já estudamos todos os roteiros e sabemos as distâncias do trem para as estações de ônibus e haverá toda uma sinalização e trabalho de informar a população para que entenda como poderá se deslocar neste período”.

A paralisação do trem neste momento irá viabilizar que a via seja isolada, seccionada, colocados tapumes e se inicie a retirada da parte aérea de eletrificação da ferrovia. Logo após será iniciada a prova de carga da via, considerada etapa fundamental para que no futuro sejam fincadas as estacas, depois os pilares e por fim a via por onde irá circular o VLT. De forma quase simultânea, também estarão sendo construídas as estações do VLT. Já os vagões estão sendo construídos na China e a previsão é de que o primeiro deles seja embarcado no país asiático com destino a Bahia já no mês de abril deste ano.

O VLT

As obras do VLT têm custo de R$ 2 bilhões e vão promover avanços para a região do Subúrbio Ferroviário de Salvador, com geração de empregos e oportunidades de novos negócios. O desenvolvimento do projeto vai beneficiar diretamente cerca de 600 mil moradores da região.

O atual percurso feito pelo trem do Subúrbio, entre Calçada e Paripe, dura em média 40 minutos. Com a chegada do VLT esse percurso será feito em 25 minutos. Já o tempo de espera pelo trem entre uma viagem e outra é de 40 a 50 minutos e deve cair para quatro minutos, no horário de pico, com o novo modal viário.

O VLT terá capacidade para transportar cerca de 170 mil usuários por dia, será movido à propulsão elétrica, sem emissão de agentes poluentes que prejudicam o meio ambiente. É considerado um meio de transporte rápido, seguro e confortável e deve ser equipado com sistema de ar condicionado e wi fi. A Fase 1 compreende 19,2 km, com 21 estações e vai ligar o bairro do Comércio, na cidade baixa da capital, até a Ilha de São João, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. Na fase 2, que liga a região de São Joaquim até o Acesso Norte (integração com o metrô) estão previstas mais 5 estações.

Linhas alternativas ao trem

Após a avaliação das linhas do Sistema Integrado de Transporte Coletivo que atendem a região do Subúrbio Ferroviário com percurso coincidente, integral ou parcialmente, ao trajeto realizado pelo trem foram definidas as linhas abaixo como principais alternativas:

• 1614 – Itaigara X Mirantes de Periperi Via Brotas;
• 1607 – Barra X Paripe Cocisa;
• 1550 – Vista Alegre/Alto de Coutos/Estação Pirajá;
• 1633 – Ondina X Mirantes de Periperi;
• 1606-01 – Base Naval Barroquinha;
• 1606-00 – Paripe X Barroquinha;
• 1651 – Lapa X Base Naval Via Estrada Velha;
• 1637 – Mirantes de Periperi – Imbuí/Boca do Rio;
• 0706-00 – Nordeste – Joanes / Lobato;
• 1642 – Lapa X Boa v. Lobato;
• 1615 – Lapa X Plataforma;
• 1568 – Barra X Faz. Coutos/vista Alegre;
• L111 – Baixa Do Fiscal / Lobato – Brasilgás
• 1567 – Vista Alegre – Barra
• 1608 – Paripe X Ribeira
• 1635 – Joanes X Lobato X Rodoviária

Os usuários que embarcavam na estação Calçada (Sentido Paripe) deverão se dirigir ao Largo da Calçada onde poderá embarcar na linha 1607 – Barra X Paripe Cocisa. A distância entre a Estação Calçada e ponto de ônibus indicado é de 80 metros.

Os passageiros que embarcavam na Santa Luzia (Sentido Paripe) deverão se dirigir à Avenida Suburbana e poderão embarcar na linha 1607 – Barra X Paripe Cocisa. A distância entre estação Santa Luzia e o ponto de ônibus indicado é de 290 metros.

Quem embarcava na Estação Lobato (Sentido Paripe) deverá se dirigir à Rua Nova da Estação onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568 – Barra X Faz. Coutos/vista, L111 – Baixa Do Fiscal / Lobato, 1607 – Barra X Paripe. A distância entre Estação Lobato e o ponto de ônibus indicado é de 214 metros.

Os passageiros que embarcavam na Estação Lobato (Sentido Calçada) deverão se dirigir à Rua Nova da Estação onde poderá embarcar nas seguintes linhas: (1615) – Plataforma X Lapa, (1633) Mirantes de Periperi – Ondina, (1607) Paripe – Barra , (1614) Mirantes de Periperi Via Brotas – Itaigara. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 290 metros.

Os usuários que embarcavam na Estação Plataforma (Sentido Calçada) , deverão se dirigir ao Largo São João do Cabrito onde poderão embarcar nas seguintes linhas: (1615) – Plataforma X Lapa; (1633) Mirantes de Periperi – Ondina; (1607) Paripe – Barra e (1614) Mirantes de Periperi Via Brotas – Itaigara.

O usuário que embarcava na Estação Plataforma (Sentido Paripe) deverá se dirigir ao Largo São João do Cabrito onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568 – Barra X Faz. Coutos/vista Alegre; L111 – Baixa Do Fiscal / Lobato – Brasilgás e 1607 – Barra X Paripe Cocisa. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 270 metros.

Quem embarcava na Estação Itacaranha (Sentido Paripe) deverá se dirigir às ruas Gervásio Cerqueira, R. da Palestina, R. Afrânio Peixoto onde poderá embarcar nas seguintes linhas: (1633) Ondina – Mirantes de Periperi (1568) Barra – Faz. Coutos/vista Alegre, (1637) Imbuí/Boca do Rio – Mirantes de Periperi, (1614) Itaigara – Mirantes de Periperi Via Brotas e (1607) Barra – Paripe Cocisa. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 595 metros.

O usuário que utilizava a Estação Escada (Sentido Paripe) deverá se dirigir à Avenida Afrânio Peixoto onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568- Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre e 1651-Lapa X Base Naval/Via Estrada Velha. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 224 metros.

O usuário que utilizava a Estação Escada (Sentido Calçada) deverá se dirigir à Avenida Afrânio Peixoto onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568- Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre e 1651-Lapa X Base Naval/Via Estrada Velha. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 212 metros.

O usuário que embarcava na Estação Praia Grande (Sentido Paripe) deverá se dirigir à Avenida Afrânio Peixoto onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568 -Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre e 1651-Lapa X Base Naval/Via Estrada Velha. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 208 metros.

O usuário que embarcava na Estação Praia Grande (Sentido Calçada) deverá se dirigir à Avenida Afrânio Peixoto onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568 -Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre e 1651-Lapa X Base Naval/Via Estrada Velha. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 203 metros.

O usuário que embarcava na Estação Periperi (Sentido Paripe) deverá se dirigir à Avenida Afrânio Peixoto onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568 -Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre, 1606-Paripe X Barroquinha, 1607- Paripe X Cocisa e L111- Baixa do Fiscal/Lobato – Brasilgás. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 40 metros.

O usuário que embarcava na Estação Periperi (Sentido Calçada) deverá se dirigir à Avenida Afrânio Peixoto onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568 -Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre e 1607- Paripe X Cocisa e L111- Baixa do Fiscal/Lobato – Brasilgás. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 10 metros.

O usuário que embarcava na Estação Coutos (Sentido Paripe) deverá se dirigir a Avenida Afrânio Peixoto onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568 -Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre e 1607- Paripe X Cocisa e L111- Baixa do Fiscal/Lobato – Brasilgás. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 120 metros.

O usuário que embarcava na Estação Coutos (Sentido Calçada) deverá se dirigir à Avenida Afrânio Peixoto onde poderá embarcar nas seguintes linhas: 1568 -Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre e 1607- Paripe X Cocisa, L111- Baixa do Fiscal/Lobato – Brasilgás e 1651-Lapa X Base Naval/Via Estrada Velha. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 10 metros.

O usuário que embarcava na Estação Paripe (Sentido Calçada) o usuário deverá se dirigir à Avenida São Luís onde poderá embarcar nas seguintes linhas: -Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre e -Barra X Faz. Coutos/Vista Alegre. A distância entre a estação e o ponto indicado é de 150 metros.

Faça um comentário
Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Linhas Cajazeira 11/ Ribeira e Boca da Mata/Lapa Barra receberão reforço para Enem

Published

on

Mobilidade – Para atender a demanda de alunos que participarão da prova, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) reforçará 66 linhas que atendem os principais corredores como Orla, Miolo e Subúrbio. São 375 ônibus no total, representando um acréscimo de 49,1% em comparação com os 190 veículos que atendem estas mesmas linhas em domingos normais.

A operação especial de transporte vai acontecer das 8h às 16h, em ambos os domingos. Além destes ônibus extras, a Semob terá o reforço de quatro veículos reguladores nas estações da Lapa, Acesso Norte, Pirajá e Mussurunga. Esses veículos ficarão à disposição da fiscalização para apoio dos candidatos na saída das provas, entre 14h e 21h.

Linhas que serão reforçadas

CÓDLINHA
1342Estação Pirajá – Bonfim
1511Conjunto Pirajá I – Engenho Velho da Federação
1521Conjunto Pirajá – Estação Pirajá
1522Pirajá – Estação Pirajá
1533Fazenda Coutos – Lapa
1604Base Naval/São Thomé/Escola de Menores – Lapa
1606Paripe – Barroquinha
1634Alto de Coutos – Pituba
1651Base Naval/São Thomé – Lapa
0216Ribeira – Lapa
0201Ribeira/Bonfim – Campo Grande
0221Ribeira – Barbalho/Fazenda Garcia
0218Ribeira – Pituba
0219Ribeira – Rodoviária
1607Paripe – Barra
1614Mirante de Periperi – Itaigara
1628Rio Sena – Lapa
1633Mirante de Periperi – Ondina
1653Paripe – Aeroporto
0301Alto do Peru – Terminal Acesso Norte
0354Capelinha – Terminal Acesso Norte
0935Centro de Convenções/Vale dos Rios – Comércio R1
0937Centro de Convenções/Vale dos Rios/Stiep – Barra
1211Tancredo Neves – Barra
1327Estação Pirajá – Baixa dos Sapateiros
1340Estação Pirajá – Barra 1
1341Estação Pirajá – Barra 2
1347Estação Pirajá – Pituba
1403Cajazeira 11 – Ribeira
1413Boca da Mata – Lapa / Barra
1388Estação Pirajá – Barra 3
1215Engomadeira – Lapa
1225Sussuarana – Lapa (Vasco)
1141Cabula VI – Ribeira R1
1310Estação Pirajá – CAB
1207Tancredo Neves – Pituba
1389Nova Brasília/Jardim Nova Esperança – Estação Pirajá
1334Sete de Abril – Lapa
1372Jardim Nova Esperança – Lapa
1130Cabula VI – Ondina
0403Caixa D’Água – Lapa
0140Lapa – Rio Vermelho (Cardeal)
1025Estação Mussurunga – Barro Duro
1002Aeroporto – Campo Grande
1005Lapa – Itapuã/Stella Maris
1007Lapa – Terminal Aeroporto/Jardim das Margaridas
1035Aeroporto – Sé
1052Estação Mussurunga – Barra 2
1061Estação Mussurunga – Brotas
1062Estação Mussurunga – Cabula
0708Nordeste – Lapa
0715Santa Cruz – Lapa
0720Vale das Pedrinhas – Vila Rui Barbosa
0728Nordeste – Ribeira
0410Sieiro – Aeroporto
0422Pero Vaz – Itaigara
0426Santa Mônica – Pituba
0530Cosme de Farias – Lapa
1055Estação Mussurunga – Ribeira/São Joaquim
1034Parque São Cristóvão – Barroquinha
1053Estação Mussurunga – Barra 3
1155Terminal Acesso Norte – Cidade Nova
0713Santa Cruz – Calçada/Bonfim
0136LB1 – Lapa/Chame-Chame
0137Lapa – Barra Avenida/Barra
0138Lapa – Garibaldi/Ondina

Para auxiliar os estudantes que farão a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a Prefeitura montou uma operação especial com equipes de fiscalização de tráfego e reforço das frotas de ônibus. As ações acontecem neste domingo (17) e no próximo dia 24, a fim de evitar qualquer transtorno na chegada dos candidatos aos locais do exame.

Agentes da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) darão atenção especial aos principais corredores de tráfego e às proximidades das escolas de maior movimento. O objetivo é coibir situações que possam causar retenções no trânsito, como parada em locais proibidos ou estacionamento irregular.

Além disso, haverá equipes em rondas pela cidade. Elas serão auxiliadas pelo Núcleo de Operações Assistidas (NOA), que fará o monitoramento do tráfego por meio das câmeras de videomonitoramento.

Caso seja identificada qualquer situação que possa causar retenção ou bloqueio nas vias, as equipes de rua serão acionadas imediatamente para que o problema seja finalizado com brevidade. Também não será permitida a realização de eventos que necessitem de interdição das vias nos horários de deslocamento dos estudantes para os locais de prova.

Faça um comentário
Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Paripe/Aeroporto via Cajazeiras têm aumento no número de viagens; Veja

Published

on

Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Cinco linhas que saem do Subúrbio para diversos pontos da cidade tiveram incremento no número de viagens realizadas. A medida beneficia usuários do transporte público que saem da Base Naval, Alto do Cabrito e Paripe em direção à Pituba, Aeroporto, Campo Grande, Ribeira e Estação Pirajá.

As mudanças ocorrem, principalmente, para linhas que funcionam em finais de semana. O objetivo é proporcionar maior conforto aos usuários, evitando que os ônibus fiquem lotados, além de oferecer também maior opção de horários. Confira as mudanças:

CódigoLinhaTipo de alteração
1644Base Naval/São Thomé –PitubaAumento de 14 para 17 viagens aos domingos e feriados
1647Alto do Cabrito/Boa Vista do Lobato – Estação PirajáAumento de 37 para 42 viagens dias úteis
1661Base Naval – Campo GrandeAumento de 12 para 16 viagens aos sábados, e de 11 para 18 viagens aos domingos e feriados
1662Base Naval – RibeiraAumento de nove para 12 viagens aos domingos e feriados
1625Paripe – Aeroporto (via Cajazeiras)Aumento de 20 para 24 viagens aos domingos e feriados

 

Faça um comentário
Continue Reading

Publicidade:

Advertisement

politica

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

error: Copyright © - Grupo Fala Cajazeiras ®