Connect with us

CAJAZEIRAS E REGIÃO

‘Vivia dizendo pra parar de andar de moto’, diz pai de jovem morta em Itapuã

Published

on

O pai, Jerômino, proibia. Mas Samantha decidiu comprar, às escondidas, sua própria motocicleta, no último sábado (12). Um dia depois, a vendedora de 26 anos, acompanhada do sobrinho, de 17, colidiu o veículo contra o muro da antiga Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), na Avenida Dorival Caymmi, em Itapuã. De lá, saíram já sem vida.

Menos de 24 horas depois da moto comprada, de anos de discussão, Jerônimo, policial militar aposentado de 51 anos, relembrou todas vezes em que pediu para a filha desistir da vida sobre duas rodas.

“Vivia dizendo para ela parar. Aí, acontece isso”, conta Jerômino Araújo, na porta do Instituto Médico Legal (IML), à espera da liberação dos corpos de filha e neto, com quem dividia o teto, em Cajazeiras 10.

Os dois haviam saído há pouco tempo de Cajazeiras 11, onde foram visitar os dois filhos de Samantha Araújo dos Reis, criados pelos avós paternos. O menino, de 4 anos, pediu para que a mãe não deixasse a casa. Minutos após o pedido não atendido, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegava a Samantha e Daniel Henrique Araújo dos Reis, já mortos.

As circunstâncias do acidente são desconhecidas. Principalmente por parentes: Samantha, apesar de não habilitada, tinha experiência até em rodovias. “Já pegou estrada de moto, pegava BR. Só Deus sabe por que aconteceu isso”, desabafa Denise Araújo, 30, mãe do estudante Daniel.

Samantha e Daniel morreram no local do acidente (Foto: Almiro Lopes/CORREIO)

Tia e sobrinho teriam ido visitar parentes em Itapuã. “Samantha tinha pelo menos três tios lá, mas a gente não sabe ao certo”, pondera ela, que mora em Alagoinhas, no Nordeste do estado.

Há quatro anos, Jerônimo havia pedido à filha que vendesse a moto que tinha. Anos de experiência trabalhando no Detran o deixaram cauteloso. Ele relembra: “Vinha tanta coisa feia, tanto acidente…”.

A filha trabalhava como vendedora em uma loja no Salvador Shopping; o neto era estudante, um adolescente alegre, querido por todos, lembra a mãe. “O colégio onde ele estudava até deixou de funcionar hoje, por causa do que aconteceu”, acrescenta a prima de Daniel, Paloma Martins, 19 anos.

Do IML, de onde foram liberados às 16h25 desta segunda-feira, os corpos seriam levados para Mundo Novo, terra natal da mãe de Samantha, e de parte da família.

O jovem, como em premonição, diz a mãe, falava há tempos do desejo de ser enterrado no município do Centro Norte da Bahia. Assim como Samantha.

“Serão enterrados no jazigo da família, como era a vontade deles”, diz o pai e avô.

Os parentes mais próximos devem embarcar de ônibus ainda nesta noite. A partir de agora, dias de saudade. E Jerômino acrescenta, sem entender: “Definir filho é mesmo complexo.”

Perigo na pista
O acidente foi apenas um dos 1.544 com vítimas fatais, registrado nos últimos sete anos, em Salvador. Os números são de um levantamento feito pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador). Entre 2010 e 2017, foram 46.600 acidentes com feridos.

Daniel Henrique Araújo dos Reis, 17 anos, e a tia Samantha Araújo dos Reis, 26, entraram para as estatísticas no início da noite deste domingo (13). Os dois trafegavam a bordo de uma moto pela Avenida Dorival Caymmi quando bateram contra o muro da antiga EBDA. O impacto foi tão forte, que derrubou ao menos seis blocos de concreto que cercam o terreno. Os ocupantes da moto morreram no local.

A moto atingiu o meio-fio e depois foi projetada por cerca de 10 metros até se chocar contra o muro de concreto. As vítimas usavam capacete, mas o veículo estaria em alta velocidade no momento da batida.

Na avenida onde aconteceu a batida, a Transalvador registrou, em 2017, 47 acidentes com feridos e quatro com mortes.

informações do Correio / Foto de Capa Mauro Akin Nassor/CORREIO

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Três detentos fogem da Colônia Lafayete Coutinho em Castelo Branco

Published

on

Tres homens conseguiram fugir da Colônia Penal Lafaiete Coutinho, no bairro de Castelo Branco, Os três eram presidiários integrantes da Ala B, a fuga aconteceu neste sábado (13) por volta das 16h40, os homens conseguiram escapar escalando a guarita 4. a policia segue investigando o caso.

Faça um comentário
Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Prefeitura inicia aplicação de geomanta em Castelo Branco

Published

on

Foto: Max Haack/Secom-PMSNo dia em que se inicia a Semana Nacional de Redução de Desastres, a Prefeitura começa a dar mais tranquilidade aos moradores da Rua I, na 5ª Etapa do bairro de Castelo Branco, com as obras de aplicação da geomanta em uma área de encosta de 1,2 mil m². A ordem de serviço foi assinada no local pelo vice-prefeito Bruno Reis, na manhã desta segunda-feira (15), acompanhado do diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macedo, demais autoridades e população.

Com investimento de R$188 mil, a intervenção vai beneficiar diretamente a 60 famílias. “Não há sensação melhor do que vir a uma comunidade como esta e iniciar ou entregar uma obra que vai mudar a vida dessas pessoas. Aqui em Castelo Branco, daqui a dois meses, essa geomanta vai fazer com que os moradores finalmente vivam em paz, depois de 25 anos de espera”, afirmou o vice-prefeito.

É o caso de Amanda da Anunciação, de 78 anos e há 32 deles moradora da Rua I, que relembrou a situação difícil pela qual passou durante o temporal que caiu em Salvador, em 2015. “A terra desceu e invadiu aqui em casa. Tivemos que tirar muito barro e bananeiras daqui do fundo. Foi uma dificuldade muito grande. Agora, estou mais tranquila, graças a Deus”, afirmou, ao ver os trabalhadores em ação.

A vizinha Josenita Estrela, residente no bairro há mais de duas décadas, também era outra bastante animada e aliviada com a geomanta. “A situação dessa encosta nos deixava assustados toda vez que chovia. Este é um momento de muita emoção pra gente, pois finalmente essa ação está sendo realizada. Agora, só temos a agradecer”, afirmou.

Balanço – De acordo com o diretor-geral da Codesal, as obras devem ser concluídas em até dois meses. Com a Rua I, segundo Macedo, já são 115 áreas de risco protegidas por geomantas em vários pontos da cidade. No total, são 77 mil m² de área que receberam a técnica inovadora no país de proteção de encostas, adotada pela administração municipal desde 2015.

Com duração média de cinco anos – bem superior ao da lona comum, que é de três meses – a geomanta formada por um composto de PVC e geotêxtil, com cobertura de argamassa jateada. A estrutura impermeabiliza o talude e erosões superficiais, absorção de águas da chuva e possível risco de deslizamento do terreno.

Avanços no bairro – Desde 2013, Castelo Branco passou a ter mais qualidade de vida, com as ações promovidas pela Prefeitura no bairro. Dentre elas estão a entrega da Unidade de Saúde da Família (USF) Vale do Cambonas; da reconstrução do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Unidos de Castelo Branco; da modernização do sistema de iluminação em LED; da inauguração da Praça da 3ª Etapa e do início das obras de reforma de casas em situação precária – esta última através do programa Morar Melhor.

Faça um comentário
Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Feira de noivas é realizada em Lauro de Freitas; entrada é gratuita

Published

on

A primeira edição do Garden Wedding, uma feira de noivas com foco em casamentos campestres, será realizada na terça-feira (16), das 14h às 22h, no Sítio Canto Verde, em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. A entrada é gratuita, mas mediante a inscrição, que deve ser realizada no site.

O evento vai reunir mais de 30 fornecedores do ramo que atuam desde o início da preparação do grande dia até a lua de mel. Haverá ainda um bate-papo com a blogueira Marina Novaes sobre tendências para cerimônias no campo, às 18h30, e com a blogueira Karina Ieno, que dará 10 dicas para um casamento inesquecível, às 19h50.

A programação terá também música ao vivo, degustações, exposição de carros clássicos e cheios de estilo, ambientação de cerimônia e entre outros. Há estacionamento privado e gratuito no local.

SERVIÇO

1ª edição do Garden Wedding
Onde: Sítio Canto Verde (Av. Amarílio Thiago dos Santos, S/N, Centro, Lauro de Freitas. Próximo ao Batalhão da Polícia Militar)
Quando: 16 de outubro, das 14 às 22h
Inscrições gratuitas no site: www.sitiocantoverde.com.br/eventogardenwedding

Faça um comentário
Continue Reading

publicidade

Advertisement

politica

segurança

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região