Connect with us

E.C. VITÓRIA

Zagueiro Victor Ramos pede para deixar o Vitória

Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Com três jogos pela Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Cláudio Tencati vai precisar escolher um novo capitão (o terceiro já nesta edição) para o time. Depois de Edcarlos, que levou a braçadeira no jogo de estreia, contra o Botafogo-SP, e foi afastado, o também zagueiro Victor Ramos, capitão nas duas partidas seguintes, pediu para deixar o clube. O defensor esteve na Toca do Leão na manhã desta quarta-feira, mas não treinou.

Victor Ramos, de 30 anos, foi revelado pelo Vitória e estava na quarta passagem pelo clube. Ele chegou ao Rubro-Negro em março deste ano. Ele fez sete jogos pelo clube nesta temporada. No último compromisso, na segunda-feira, falhou no terceiro do Guarani.

O GloboEsporte.com tentou contato por telefone com o presidente Paulo Carneiro, mas as ligações não foram atendidas.

A saída de Edcarlos também aconteceu após uma falha. O zagueiro errou em um dos gols sofridos pelo time no jogo contra o Botafogo-SP e não atuou mais pelo clube. O presidente Paulo Carneiro confirmou o afastamento do jogador, mas até o momento não justificou a decisão.

Além de Victor Ramos, o técnico Cláudio Tencati não vai ter Caíque à disposição. Titular nos primeiros três jogos do time na Série B, o goleiro falhou na última partida, contra o Guarani, e foi afastado dos jogos do time.

Confira abaixo a nota oficial publicada pelo Vitória sobre Victor Ramos e Caíque:

O Esporte Clube Vitória informa que nesta quarta-feira (15) firmou um acordo para rescisão antecipada consensual do contrato de trabalho do atleta Victor Ramos, a pedido do próprio.

O clube agradece o período que o profissional honrou a camisa rubro-negra e lhe deseja sucesso.

Ao mesmo tempo, esclarece que o goleiro Caíque, profissional revelado na base, vai continuar trabalhando com o preparador Luciano Oliveira, objetivando sempre uma melhor qualificação.

Caíque é uma atleta em transição e no futuro próximo voltará a defender o ECV.

informações GE

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

E.C. VITÓRIA

Pênalti não marcado foi o assunto na reapresentação do Vitória

O grupo de atletas se reapresentou na manhã desta quarta-feira (10) no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura e começou a preparação para o confronto com o Criciúma-SC na próxima sexta-feira (19), às 21h30, no Barradão, pela 10ª rodada do Brasileiro da Série B.

Na reapresentação, a derrota no dia anterior foi o principal comentário. Os atletas ressaltaram o bom desempenho do time e a infelicidade no lance do gol do adversário. Mas o assunto que mereceu maior atenção foi o pênalti sofrido pelo atacante Anselmo Ramon, aos 12 minutos do primeiro tempo, quando o placar estava 0 a 0. “Foi pênalti claro”, reafirma o técnico Osmar Loss.

O grupo que iniciou o jogo foi submetido ao circuito do Recovery: crioterapia por imersão, bota de compressão, massoterapia e hidromassagem.

Os demais participaram do coletivo contra o time sub-17, que está se preparando para a Copa do Brasil da categoria. Os profissionais venceram por 3 a 2 em 40 minutos corridos.

Coube ao médico Rodrigo Vasco da Gama avaliar os atletas que se queixaram pós-jogo. Zé Ivaldo, substituído aos 8 minutos do segundo tempo, está afastado dos treinos até a próxima sexta-feira, por causa do trauma no joelho esquerdo.

Já o atacante Marcelo sofreu uma pancada na região anterior da coxa direita e também foi entregue aos fisioterapeutas para tratamento.

O grupo volta a treinar nesta quinta-feira (11) pela manhã. Sexta-feira (12) e sábado (13) estão programados treinamentos também no turno da manhã.

Fotos: Ascom/EC Vitória

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Martin Rodriguez, Chiquinho e Baraka pedem o apoio dos torcedores

Com a promessa de um “novo” Vitória neste segundo semestre,  os três reforços  para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, foram oficialmente apresentados nesta segunda-feira (8) antes do treinamento da tarde, no CT Manoel Pontes Tanajura, e fizeram o mesmo pedido: o apoio da torcida.

O goleiro uruguaio Martín Rodriguez, o lateral/meia Chiquinho, que estava no Meizhou Hakka, da China, e o volante Baraka, que defendeu o Al-Batin, da Arábia Saudita, estão regularizados e à disposição do treinador Osmar Loss.

“Pedimos que a torcida venha nos apoiar, porque vai ser um início totalmente diferente”, promete Chiquinho, atleta experiente e com passagem por alguns dos principais clubes do futebol brasileiro.

Baraka vai na mesma pegada: “A gente precisa do torcedor. A gente pede encarecidamente que nos ajudem, nos incentivem”.

Martín Rodriguez disse que chega sabendo o desafio que terá pela frente e afirma que o compromisso que assumiu quando disse “sim” para a instituição, é de levar o Vitória de volta à primeira divisão. “Meu momento é trabalhar muito para ajudar o Vitória a voltar para a Série A”.

Os três foram apresentados pelo gerente de futebol Alarcon Pacheco e vestiram o manto rubro-negro pela primeira vez.

Foto: Tiago Caldas

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Vitória perde para o Cuiabá e volta a decepcionar em casa,

A partida desta noite marcou o encontro de duas equipes que precisavam deixar para trás a má fase. Na lanterna da Série B, o Vitória visava chegar mais perto da saída do Z-4. Do outro lado, o Cuiabá precisava se afastar justamente da perigosa zona de rebaixamento. Dentro de campo, enredos parecidos entre o primeiro e o segundo tempo. Nas duas etapas, o Rubro-Negro tentou pressionar nos minutos iniciais, mas cedeu espaço enquanto o cronômetro rolava. Na primeira metade da partida, o Dourado foi cirúrgico e abriu o placar na primeira chance que teve. No segundo tempo, depois de segurar o ímpeto inicial do adversário, a equipe mato-grossense apenas controlou o jogo e garantiu o triunfo por 1 a 0, após mais de dois meses de jejum.

Primeiro tempo

Na lanterna da Série B, o Vitória entrou em campo nesta noite com a intenção de dar um “reset” em sua temporada. Não foi um futebol vistoso, há que se dizer, mas a equipe começou partindo para cima do Cuiabá e manteve a posse de bola nos primeiros minutos. O adversário se retraiu e deu espaço para que o Rubro-Negro explorasse principalmente o lado direito; as chances claras de gol, no entanto, não foram muitas. Participativo, Felipe Gedoz se envolveu nas duas oportunidades criadas no primeiro tempo. Mas o Cuiabá guardava para o momento certo a sua investida: abriu o placar quando o Vitória diminuiu o ritmo. Aos 37 minutos, Anderson Conceição surgiu por trás da defesa adversária após uma cobrança de escanteio e marcou de cabeça

Segundo tempo

Felipe Gedoz não queria esperar e começou o segundo tempo mandando direto para o gol, mas não contou com a sorte. Aos seis, ele cobrou falta com categoria e viu a bola tirar tinta da meta defendida por Victor Souza Em seguida, blitz na defesa do Cuiabá: Matheus Rocha tentou, Chiquinho chutou de longe e… Nada. A partir daí seria só ataque do Vitória e defesa do Dourado, certo? Errado. O enredo da primeira etapa se repetiu: o dono da casa diminuiu seu ímpeto e deu ao Cuiabá a chance de chegar ao ataque. Conforme o tempo passava, aumentava o desespero do Leão, que passou a tentar o empate do jeito que dava. Mas não deu. O Cuiabá gastou o tempo até o apito final e saiu de campo com três pontos a mais.

 

Faça um comentário
Continue Reading

Publicidade:

Anúncio
Advertisement

politica

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região