Connect with us

E.C. BAHIA

ahia empata com o Flu, em Feira, na estreia estadual

Na tarde deste domingo (20), com uma equipe jovem, formada por atletas que não atuaram como titulares na última quarta-feira e comandada pelo auxiliar-técnico Cláudio Prates, o Bahia empatou em 0 a 0 com o Fluminense, em Feira de Santa, na estreia do Tricolor pelo Campeonato Baiano 2019.

O time volta a campo agora na quarta-feira (23), quando enfrenta a Juazeirense, às 20h30, na Fonte Nova, pela 2a rodada do Baianão. Já no sábado (26), às 16h, a equipe vai a Recife enfrentar o Santa Cruz, em sua segunda partida pela Copa do Nordeste.

O Esquadrão começou o duelo tentando se acostumar com as condições de jogo. Ventava muito em Feira de Santana, o gramado estava seco e curto, o que fazia a bola ‘correr’ mais do que o normal. Enquanto ‘calibrava’ seus passes e lançamentos, o Bahia pouco criou, mas ao menos também não foi ameaçado pelo adversário.

Fotos: Felipe Oliveira / EC Bahia

Aos 18 minutos, o Fluminense teve a chance de abrir o placar num chute da entrada da área, mas Bambam mandou para fora. Depois do susto, o Esquadrão passou a ter do domínio das ações, com mais posse de bola, rondando sempre a área do Touro.

Assim, o Bahia criou três boas chances de abrir o marcador. Aos 28, Felipinho aproveitou uma sobra na entrada da área, chutou forte de perna esquerda e a bola bateu na rede, pelo lado de fora. Aos 31 foi a vez de Junior Brumado cabecear bonito após cruzamento de Matheus Silva, com o goleiro do Flu salvando com a ponta dos dedos. Aos 44, Felipinho fez jogada individual em contra-ataque e arriscou de fora da área, raspando a trave do time de Feira.

A etapa final começou com um ritmo melhor de jogo, com o Fluminense se arriscando mais e dando um pouco mais de campo para o Bahia atuar. Aos 6, Brumado recebeu cruzamento perfeito de Mayk, mergulhou de peixinho, mas mandou para fora. Aos 11, após falta cobrada por Marco Antônio, Everson obrigou o goleiro do Flu a fazer ótima defesa e, no rebote, Brumado quase marcou, mas a zaga chegou a tempo de cortar.

Aos 24, Rodrigo entrou no lugar de Marco Antônio e o atacante quase marcou logo em seu primeiro lance, aos 31, pela direita, após lançamento de Everson. O chute da entrada da área, contudo, foi fraco e de fácil defesa para o goleiro. Aos 35, pela esquerda, o mesmo Rodrigo cortou dois zagueiros e bateu da entrada da área, mas novamente sem potência.

O Tricolor tentou o gol do triunfo até o fim, mas o placar ficou mesmo no 0 a 0.

O Bahia atuou com: Fernando; Matheus Silva, Everson, Ignácio e Mayk; Luís Fernando, Lepu, Felipinho, Iago (Caique) e Marco Antônio (Rodrigo); Júnior Brumado (Uéslei).

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

E.C. BAHIA

Confiante Gustavo crê em triunfo sobre o Grêmio

O revés por 1×0 diante do Grêmio, em Porto Alegre, não diminuiu a confiança do Time de Transição do Bahia. Nesta quinta-feira (15), às 15h, em Pituaçu, as equipes vão se reencontrar.

Para o atacante Gustavo, o triunfo é essencial para que o Esquadrão siga na cola da equipe gaúcha, líder isolada do Grupo C com 9 pontos.

“Lá foi um jogo duro, uma equipe que marca forte como as equipes do Sul. A gente tá trabalhando para reverter o 1×0 que foi lá e colar neles. A gente tem capacidade para vencer aqui”, acredita.

Gustavo também alertou para que ele e os companheiros tenham melhor aproveitamento nas finalizações e não percam tantas oportunidades como aconteceu no jogo anterior.

“Exatamente. Trabalhamos finalização porque a oportunidade que a gente tiver, temos que matar. Tivemos bastante chance no segundo tempo lá e não marcamos. Podíamos até ter virado”.

O Bahia está na segunda posição do grupo com quatro pontos. Apenas os dois primeiros se classificam para as semifinais do Campeonato Brasileiro de Aspirantes

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. BAHIA

‘Nota 9’ Após 3×0, Roger Machado faz elogios ao time

‘Hoje, para ter margem de crescimento, eu não posso dar nota dez. Meu time fez um grande jogo e merece uma nota 9’.

Foi desta forma que, na última resposta da entrevista coletiva, concedida na Fonte Nova, o treinador Roger Machado resumiu o nível de atuação do Bahia no triunfo por 3 a 0 sobre o Flamengo.

O treinador justificou a entrada de Giovanni, surpresa da escalação inicial.

“Não foi uma invenção do treinador. Giovanni sempre soube fazer uma ou duas funções dentro de campo, e conversei com ele antes de fazer esta escolha. Ele disse estar confortável para fazer esse papel e treinamos isso durante a semana”, disse.

“Estávamos um tempo sem fazer, sem marcar gols. Agora nós fizemos três gols no Flamengo, estamos três jogos sem perder, e ainda não levamos gol do Flamengo. O futebol é assim mesmo. Nem sempre tá tudo errado, como quando vence não está perfeito”, pontuou.

Expulsão de Fernandão

“Fernandão, com todo seu tamanho e estatura, ele é muito educado. Ele falou comigo no vestiário e disse que não xingou o árbitro. Eu confio no meu atleta. Fernandão nunca foi agressivo, seja com alguma autoridade em campo ou colegas. Ele tem crédito”.

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. BAHIA

QUE TARDE! Gilberto faz 3 e Bahia vence o Fla na Fonte Nova

O Tricolor, não só voltou a marcar, como também quebrou a sequência sem triunfos no Brasileirão e derrotou o Flamengo por 3 a 0, na tarde deste domingo (4), na Fonte Nova.

O próximo jogo do Esquadrão será domingo (11), às 16h, contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

Jogo
Bahia e Flamengo, nos primeiros 15 minutos, fizeram uma partida equilibrada. O Tricolor, aos 6, teve uma oportunidade na bola parada. Lucca cobrou falta fechada e Diego Alves, ao tentar encaixar, soltou no meio da área. Giovanni desviou e mandou para fora. Do outro lado, aos 14, Arrascaeta testou no alto e Douglas jogou para escanteio.

A partir dos 20 minutos, pai, começou a sequência de GILBERTO. Aos 20, após lindo passe de Nino Paraíba, o centroavante saiu de cara com Diego Alves e tocou no canto. Festa na Fonte Nova, porém, interrompida pelo bandeirinha. O lance foi revisado pelo VAR, que confirmou o tento: Bahia 1×0.

Aos 30, a bola foi recuada para o goleiro Diego Alves. O arqueiro do Flamengo, na tentativa de afastar, entrou nos pés de Gilberto. O camisa 9, mesmo de esquerda, finalizou rápido e ampliou o placar.

O Flamengo seguia com maior posse de bola, no entanto, era o Bahia quem mais oferecia perigo. E foi assim, em um rápido contra-ataque, que Gilberto fez o terceiro dele. O quinto no Brasileirão. A defesa tirou a bola, depois do escanteio cobrado, e Artur disparou com muita velocidade para, metros depois, servir o companheiro. Gilberto entrou na área, escolheu o canto e fez Bahia 3 a 0 no Flamengo.

Na etapa final, posicionado mais atrás, sem dar espaço ao adversário, o time de Roger Machado quase marcou o quarto gol na partida. Aos 8, troca de passes pelo círculo central e lançamento para Moisés, do lado esquerdo. O camisa 6 finalizou e Diego Alves defendeu.

O jogo seguiu sem grandes oportunidades para os dois lados. O Bahia, porém, aos 28, trabalhou muito bem a bola no campo ofensivo e novamente esteve perto do quarto gol. Ramires driblou o zagueiro, ajeitou para perna direita e obrigou uma linda defesa do camisa 1 adversário. O jogo ganhou ainda mais capítulos de emoção quando o visitante se lançou ao ataque. Aos 32, outra vez pela esquerda, o lateral Moisés passou por Thuller e mandou uma bomba. Diego Alves, de pé, defendeu.

Faça um comentário
Continue Reading

Publicidade:

Anúncio
Advertisement

politica

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região