Connect with us

E.C. BAHIA

Élber garante que está pronto para enfrentar o Juazeirense

O atacante Élber garantiu que, caso o técnico Enderson Moreira opte por ele, estará pronto para enfrentar para enfrentar o Juazeirense, partida marcada para esta quarta-feira, na Arena Fonte Nova, às 20h30 (horário de Salvador), pela 2ª rodada do Campeonato Baiano. O atacante foi poupado do treino da última segunda após se queixar de um incômodo na panturrilha.

Élber concedeu entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, véspera do jogo, e disse que não há qualquer problema para entrar em campo.

– No treino da tarde, a panturrilha estava um pouco pesada. O pessoal ali da comissão e o doutor preferiram me poupar um pouco da segunda parte do treinamento. Acho que para o jogo não vai ter problema algum. Eu vou estar pronto, vou estar apto para poder jogar e ajudar a equipe. Se o professor optar por mim, vou estar pronto para continuar jogando e dar continuidade ao meu trabalho – afirmou.

Sem poder contar com Élber na segunda, Enderson escalou Rogério ao lado de Artur, Guilherme e Gilberto no ataque. A escalação para o jogo só será conhecida momentos antes da partida.

Por falar em concorrência, Élber sabe que será preciso correr dobrado para manter a vaga no time. Quando chegou, na temporada passada, ele teve um início irregular, mas depois conquistou a titularidade, contribuindo com gols, assistências e também na parte defensiva.

– Independente dos jogadores que o Bahia trouxer, acho que, dos que vieram, vieram para ajudar. Como sou remanescente, vou procurar fazer o melhor no dia a dia e manter minha posição na equipe titular. Mas sabendo que, por se tratar de um grande clube, a nossa diretoria, o nosso torcedor vai querer sempre que o Bahia faça grandes contratações e foi isso que aconteceu. Jogador vive de concorrência, então isso só tem a ajudar o Bahia – disse.

Élber também falou sobre o jogo contra o Juezeirense e se mostrou satisfeito com o local do duelo, a Arena Fonte Nova.

Confira outros trechos da coletiva de Élber

Jogo na Fonte Nova
– Jogar contra a equipe deles lá é difícil. Um campo muito irregular. Ano passado, jogamos contra várias vezes, mas agora vamos jogar em casa. Um campo muito bom e isso ajuda bastante nossa equipe. Tocamos a bola bastante, joga em contra-ataque, joga rápido, então isso vai ajudar a fazer um grande jogo. Vamos respeitar a equipe deles, mas com o intuito de vencer.

Preparação no começo da temporada
– Eu acho que, independente dos poucos dias que tivemos de pré-temporada, acho que, por se tratar do Bahia, a gente tem obrigação de vencer. Independente de quem quer que seja. Como a gente é jogador, a gente sabe que pesa essa pré-temporada curta. Mas a gente vai com o intuito de vencer a próxima partida. Empatamos os dois primeiros jogos e, por se tratar do Bahia, a gente tem sempre que procurar vencer.

Douglas
– Eu, particularmente, já joguei contra ele na época de Cruzeiro e Fluminense. É um jogador técnico, tem qualidade muito boa no passe, é um cara que batalha com esse problema, que atrapalha a sequência da carreira dele. É um cara batalhador, que não chegou ao Corinthians à toa, tem qualidade. Vai nos ajudar bastante até o restante do ano.

Correções de Enderson
– É difícil até falar, não é? A equipe do CRB também era organizada, teve mais preparação que a gente, mas o professor sabe tirar nosso melhor no dia a dia. Temos que ter a consciência de que não apresentamos o que podemos apresentar. Um puxão de orelha dele é mais questão de aproveitar as oportunidades que a gente teve, porque sabemos que, se sair na frente, dificilmente a equipe adversária poderá empatar. Aproveitar as oportunidades que a gente sempre cria ao decorrer das partidas.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

E.C. BAHIA

Confiante Gustavo crê em triunfo sobre o Grêmio

O revés por 1×0 diante do Grêmio, em Porto Alegre, não diminuiu a confiança do Time de Transição do Bahia. Nesta quinta-feira (15), às 15h, em Pituaçu, as equipes vão se reencontrar.

Para o atacante Gustavo, o triunfo é essencial para que o Esquadrão siga na cola da equipe gaúcha, líder isolada do Grupo C com 9 pontos.

“Lá foi um jogo duro, uma equipe que marca forte como as equipes do Sul. A gente tá trabalhando para reverter o 1×0 que foi lá e colar neles. A gente tem capacidade para vencer aqui”, acredita.

Gustavo também alertou para que ele e os companheiros tenham melhor aproveitamento nas finalizações e não percam tantas oportunidades como aconteceu no jogo anterior.

“Exatamente. Trabalhamos finalização porque a oportunidade que a gente tiver, temos que matar. Tivemos bastante chance no segundo tempo lá e não marcamos. Podíamos até ter virado”.

O Bahia está na segunda posição do grupo com quatro pontos. Apenas os dois primeiros se classificam para as semifinais do Campeonato Brasileiro de Aspirantes

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. BAHIA

‘Nota 9’ Após 3×0, Roger Machado faz elogios ao time

‘Hoje, para ter margem de crescimento, eu não posso dar nota dez. Meu time fez um grande jogo e merece uma nota 9’.

Foi desta forma que, na última resposta da entrevista coletiva, concedida na Fonte Nova, o treinador Roger Machado resumiu o nível de atuação do Bahia no triunfo por 3 a 0 sobre o Flamengo.

O treinador justificou a entrada de Giovanni, surpresa da escalação inicial.

“Não foi uma invenção do treinador. Giovanni sempre soube fazer uma ou duas funções dentro de campo, e conversei com ele antes de fazer esta escolha. Ele disse estar confortável para fazer esse papel e treinamos isso durante a semana”, disse.

“Estávamos um tempo sem fazer, sem marcar gols. Agora nós fizemos três gols no Flamengo, estamos três jogos sem perder, e ainda não levamos gol do Flamengo. O futebol é assim mesmo. Nem sempre tá tudo errado, como quando vence não está perfeito”, pontuou.

Expulsão de Fernandão

“Fernandão, com todo seu tamanho e estatura, ele é muito educado. Ele falou comigo no vestiário e disse que não xingou o árbitro. Eu confio no meu atleta. Fernandão nunca foi agressivo, seja com alguma autoridade em campo ou colegas. Ele tem crédito”.

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. BAHIA

QUE TARDE! Gilberto faz 3 e Bahia vence o Fla na Fonte Nova

O Tricolor, não só voltou a marcar, como também quebrou a sequência sem triunfos no Brasileirão e derrotou o Flamengo por 3 a 0, na tarde deste domingo (4), na Fonte Nova.

O próximo jogo do Esquadrão será domingo (11), às 16h, contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

Jogo
Bahia e Flamengo, nos primeiros 15 minutos, fizeram uma partida equilibrada. O Tricolor, aos 6, teve uma oportunidade na bola parada. Lucca cobrou falta fechada e Diego Alves, ao tentar encaixar, soltou no meio da área. Giovanni desviou e mandou para fora. Do outro lado, aos 14, Arrascaeta testou no alto e Douglas jogou para escanteio.

A partir dos 20 minutos, pai, começou a sequência de GILBERTO. Aos 20, após lindo passe de Nino Paraíba, o centroavante saiu de cara com Diego Alves e tocou no canto. Festa na Fonte Nova, porém, interrompida pelo bandeirinha. O lance foi revisado pelo VAR, que confirmou o tento: Bahia 1×0.

Aos 30, a bola foi recuada para o goleiro Diego Alves. O arqueiro do Flamengo, na tentativa de afastar, entrou nos pés de Gilberto. O camisa 9, mesmo de esquerda, finalizou rápido e ampliou o placar.

O Flamengo seguia com maior posse de bola, no entanto, era o Bahia quem mais oferecia perigo. E foi assim, em um rápido contra-ataque, que Gilberto fez o terceiro dele. O quinto no Brasileirão. A defesa tirou a bola, depois do escanteio cobrado, e Artur disparou com muita velocidade para, metros depois, servir o companheiro. Gilberto entrou na área, escolheu o canto e fez Bahia 3 a 0 no Flamengo.

Na etapa final, posicionado mais atrás, sem dar espaço ao adversário, o time de Roger Machado quase marcou o quarto gol na partida. Aos 8, troca de passes pelo círculo central e lançamento para Moisés, do lado esquerdo. O camisa 6 finalizou e Diego Alves defendeu.

O jogo seguiu sem grandes oportunidades para os dois lados. O Bahia, porém, aos 28, trabalhou muito bem a bola no campo ofensivo e novamente esteve perto do quarto gol. Ramires driblou o zagueiro, ajeitou para perna direita e obrigou uma linda defesa do camisa 1 adversário. O jogo ganhou ainda mais capítulos de emoção quando o visitante se lançou ao ataque. Aos 32, outra vez pela esquerda, o lateral Moisés passou por Thuller e mandou uma bomba. Diego Alves, de pé, defendeu.

Faça um comentário
Continue Reading

Publicidade:

Anúncio
Advertisement

politica

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região