CAJAZEIRAS E REGIÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS 

Cajazeiras ganha o Primeiro Jardim Etnobotânico de Salvador

Na manhã desta sexta-feira (08), foi criado o primeiro jardim etnobotânico de Salvador, o jardim que está localizado na Av. Assis Valente próximo a Pedra de Xango, no local foi plantado sete árvores de espécies sagradas,  entre as espécies plantadas estão aroeira, peregun, akoko e espada de Iansã, entre outras mudas que foram doadas pelo povo de santo que mora na região.

A área protegida pela Prefeitura com base na Lei de Preservação do Patrimônio Cultural do Município (8.550/2014). A iniciativa faz parte da semana de comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado na última terça (05). A ação contou com o envolvimento de adeptos do candomblé e membros do Grupo de Trabalho de Conservação, formado por técnicos da Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação (Secis), além de integrantes da sociedade civil. A ação contou com o apoio da Limpurb, que realizou um mutirão de limpeza antes do plantio.

As plantas cultivadas no parque etnográfico serão utilizadas para fins religiosos, medicinais e alimentares, atendendo às comunidades que vivem próximas ao parque. A área do local – definida pelo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano, em 2016 – conta com doze espaços considerados sagrados pelo candomblé.

“Com essa iniciativa, a gente espera engajar a comunidade do entorno no cuidado com essa área. Além da relevância do ponto de vista ambiental, é uma ação que também tem um valor cultural, já que as espécies plantadas são sagradas para o candomblé e vão ser usadas no dia a dia da comunidade”, afirma André Fraga, titular da Secis.

Faça um comentário

LEIA TAMBÉM...