Connect with us

E.C. VITÓRIA

Carpegiani detona arbitragem após derrota com pênalti inexistente

O técnico Paulo Cézar Carpegiani não poupou críticas ao árbitro Sávio Pereira Sampaio, que interferiu diretamente no revés sofrido pelo Vitória na tarde deste domingo, no Beira-Rio. A equipe baiana foi derrotada pelo Internacional por 2 a 1, de virada. O segundo gol, marcado por D’Alessandro, surgiu a partir de um pênalti inexistente.

O árbitro entendeu que Lucas Fernandes cometeu pênalti a tocar com a mão na bola, só que o atacante do Vitória, que fazia a barreira em um lance de falta para o adversário, estava fora da área.

Mas a principal reclamação de Carpegiani é em relação ao primeiro gol do Inter, como ele explicou em entrevista coletiva.

– Internacional é um time grande, que aspira o título. Não necessitava disso. O que eu quero comentar é o primeiro lance que originou o gol do Damião. Cuesta dá um carrinho, derruba o jogador, pega as duas pernas, prossegue o lance e se origina o gol. Foi pior que o pênalti. Uma falta bem clara. O pênalti fora, fui dizer a ele que iria ver na televisão, ia dar um arrependimento nele. O lance, você no vídeo, ele não está prestando atenção. Ele foi comunicado. Por quem, não sei. Tivemos muitos lances. Desde o primeiro tempo, amarelando a nossa equipe, cartões bobos, faltas invertidas. Uma arbitragem muito ruim para os dois lados. Nível técnico vem deixando a desejar. Muitas vezes, você encontra esse tipo de árbitro e tem dificuldade justamente pela capacidade técnica. Eu, como pessoa pública, que estou sujeito a críticas, e ele também, acho que a parte técnica foi sofrível. Nós temos que melhorar muito o nível, e hoje acabou prejudicando as duas equipes – afirmou.

Esses erros não acontecem só hoje. O VAR viria a fazer justiça a coisas erradas que ocorrem. Hoje tivemos muitos erros. Lances incríveis de analisar. O Futebol brasileiro precisa desse auxilio. Você vê uma arbitragem onde tem o VAR, tem uma arbitragem fantástica, no futebol europeu, porque dificilmente eles erram. Aqui são erros contínuos. Não é só nos nossos jogos. Você vê outros jogos, erros infantis, acabam prejudicando determinados clubes. Hoje nos sentimos assim. Teve outros lances duvidosos. Eu sou a favor. Mas tecnicamente, acho que está deixando a desejar. Acaba atrapalhando e vai ter mais confusão até o fila do ano.

Diante da manifestação do treinador em favor da utilização do árbitro de vídeo, um jornalista ressaltou que o Vitória foi contra a implantação do VAR no Brasileirão deste ano. Na ocasião, o presidente do clube, Ricardo David, alegou que o clube não teria como arcar com o valor sugerido pela CBF.

Carpegiani foi sucinto na resposta.

– Estou expressando minha opinião pessoal, não a do clube. Eu sou a favor porque gosto das coisas francas e que não prejudiquem – disse.

O Vitória agora volta a campo somente na sexta-feira, quando recebe o Santos, no Barradão.

Confira outras aspas de Carpegiani

União de clubes
– Isso é muito de…. É como você ver um bom jogador, um craque, você já nasce com aquilo. Muitas vezes temos um nível de arbitragem pessoas que não jogam peladas. É muito difícil analisar um lance uma pessoa totalmente crua. Você encontra esse tipo de coisa. Na nossa profissão também. Me incluo. Jogador, treinador. Essas pessoas, por mais que estudem, não têm aquela coisa importante na hora de avaliar determinados lances. O simples fato de praticar futebol, de jogar pelada, ele teria mais facilidade. Me deixa até a pensar isso, que estou dizendo aqui, que muitas vezes o cara não joga uma pelada e acaba virando um árbitro. Isso não significa que é bom ou ruim, mas acho que facilitaria em termos de facilitação na hora de definir esses lances. Acho que ajudaria bastante

Nível da arbitragem
– Vai gerar mais confusão até o final do ano. Temos algumas exceções na arbitragem, mas de uma maneira geral, tecnicamente, deixa a desejar. Não tenho nenhum receio de frisar isso. Minha opinião. Tecnicamente está um pouco sofrível isso

Gol anulado do Inter
– Assim como o Inter reclama, se você somar, os cartões amarelos que levamos tiveram uma interferência direta no prejuízo que tivemos. Inversões de altas, pressão, sem desmerecer a vitória do Internacional. O que eu reclamo, quase que nem reclamado do pênalti. Do pênalti não, daquela coisa que acabou interferindo no resultado direto. O que reclamo é na origem do primeiro gol, na falta em que o Cuésta está junto com o Edenílson, dá o carrinho, pega a bola e derruba nosso jogador que estava com a posse de bola. Os dois fazem um sanduíche ali, prossegue a jogada e tem a origem do primeiro gol. Reclamo muito mais do que o próprio pênalti. Ali foi na interferência do quarto árbitro. O gol do Inter, se reclama, eu não tive a oportunidade de verificar.

Profissionalização dos árbitros e VAR
– Já expressei minha opinião. Tudo o que vier em benefício para que não ocorra esse tipo de questionamento, estou falando já 15, 20 minutos sobre arbitragem, isso acaba prejudicando. Hoje é um, hoje é outro. Inter também já foi. O que vier em benefício, eu sou a favor. A favor da profissionalização, desses ensinamentos, de ter um nível de arbitragem numa melhor qualidade.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

E.C. VITÓRIA

Oeste por vence por 3×0 e afunda o Vitória na lanterna da Série B

O Oeste venceu o Vitória por 3 a 0, na noite desta sexta-feira, em partida disputada na Arena Barueri e válida pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O triunfo colocou fim a um jejum de cinco jogos sem vitória do time paulista, e aumentou para seis o do time baiano na competição.

Os gols da vitória do Oeste foram marcados por Zé Ivaldo (contra), Bruno Gonçalves e Roberto. O resultado fez o Oeste saltar para a oitava colocação da Série B, com 11 pontos conquistados após oito rodadas. Com apenas quatro, o Vitória é o 20º e último colocado.

Os dois times entram em campo agora apenas em julho, após pausa para a disputa da Copa América no Brasil. O Oeste visita a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O Vitória recebe o Cuiabá, no Barradão, em Salvador. Os dois jogos estão marcados para o dia 13 de julho.

PRIMEIRO TEMPO

Sem tempo para qualquer análise e projeção do que seria o confronto, o Oeste abriu o placar com um gol contra o zagueiro Zé Ivaldo, com 30 segundos de bola rolando. O gol mudou qualquer perspectiva, mas parece ter mudado o panorama do embate entre dois times em crise e jejum de bons resultados na Série B.

O Vitória conseguiu equilibrar as ações e levou perigo, principalmente nas jogadas individuais de Wesley. Apostando no contra-ataque, o Oeste assustou o goleiro Ronaldo em chutes de longa distância. E quando marcou o segundo, teve gol anulado pela arbitragem. No resumo do primeiro tempo, saiu de campo vencedor quem errou menos: Oeste 1 x 0 Vitória.

SEGUNDO TEMPO

Ensaiando uma reação, o Vitória bem que tentou empatar a partida logo na volta do intervalo. No entanto, sem conseguir criar chances efetivas, viu o Oeste ampliar com Bruno Gonçalves, após boa triangulação do ataque. Neto Baiano teve duas chances claras de diminuir, mas esbarrou na boa atuação do goleiro Glauco.

O balde de água fria veio nos minutos finais, quando Roberto recebeu dentro da área, após bola rouba na saída do Vitória, e colocou números finais ao confronto na Arena Barueri.

informações do GE / Foto: Jefferson Vieira/Oeste FC

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Na lanterna da Série B Vitória encara o Oeste nesta Terça-feira (11)

O Vitória encara o Oeste na noite desta terça-feira, às 20h30 (de Brasília), na Arena Barueri, em Barueri, pela 8ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida será a última do time baiano antes da pausa no calendário nacional para a realização da Copa América, que terá início na próxima sexta-feira. E para o torcedor rubro-negro, o período sem jogos da Segundona é muito bem-vindo.

Com apenas um triunfo em sete partidas realizadas na principal competição do ano, o Vitória aparece na lanterna da tabela de classificação. A temporada da equipe é muito ruim. De 26 partidas realizadas, o Rubro-Negro conquistou apenas quatro triunfos, o último deles sobre o Vila Nova, há mais de um mês, no Barradão. Existe a expectativa de que a pausa no calendário possa reverter o cenário ruim, já que o técnico Osmar Loss terá tempo para trabalhar com o grupo e reparar problemas.

Fora de casa, o Vitória conquistou apenas um triunfo em toda a temporada. Foi sobre o Jacobina, em janeiro, pela primeira fase do Campeonato Baiano. Na Série B, o Rubro-Negro atuou como visitante quatro vezes, e o melhor resultado foi o empate em 1 a 1 com o Atlético-GO, na estreia de Osmar Loss. Nas outras três partidas longe de Salvador, saiu de campo derrotado.

Na rodada passada, o Vitória perdeu para o Sport por 3 a 1, na Ilha do Retiro. Com o revés, o time chegou aos 16 gols sofridos na Série B e segue como defesa mais vazada da competição. A equipe com segundo pior saldo defensivo na Segundona é o São Bento, que sofreu cinco gols a menos que o Rubro-Negro baiano.

Com muitos problemas e um ambiente de pressão interna e externa, o Vitória não contará com Felipe Garcia, Rodrigo Andrade e Caíque Souza para a partida desta terça-feira. Os três se recuperam de lesões no departamento médico. A tendência é Osmar Loss repetir a equipe que encarou o Sport, com Ronaldo; Edvan, Everton Sena, Zé Ivaldo e Capa; Gabriel Bispo, Marciel e Ruy; Wesley, Ruan Levine e Anselmo Ramon.

O jogo

Oeste x Vitória; 8ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro;
Onde: 
Arena Barueri, Barueri, São Paulo;
Quando: Terça-feira, 11 de junho, às 20h30 (de Brasília);
Provável time do Vitória: Ronaldo; Edvan, Everton Sena, Zé Ivaldo e Capa; Gabriel Bispo, Marciel e Ruy; Wesley, Ruan Levine e Anselmo Ramon;
Desfalques do Vitória: Felipe Garcia, Rodrigo Andrade e Caíque Souza se recuperam no departamento médico;
Pendurados: Neto Baiano e Nickson;
Arbitragem: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão apita a partida, auxiliado por Edson Antônio de Sousa e Tiago Gomes da Silva.

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

3×1: Vitória perde para o Sport vence e fica lanterna da Série B

No duelo de Leões, rubro-negros e do Nordeste, deu Sport em cima do Vitória. Numa Ilha do Retiro com bom público, neste sábado, os donos da casa venceram por 3 a 1 com dois gols do atacante Guilherme e um do volante Charles. Anselmo Ramon diminuiu para os baianos. O Sport teve as principais chances para marcar e conseguiu convertê-las em gols. Dois deles, por sinal, bonitos.

Como fica?

O Sport está de volta ao G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. O Leão chega aos 12 pontos e empata com a Ponte Preta no número de vitórias e no saldo de gols, mas leva vantagem nos gols marcados. Já o Vitória, segue com quatro pontos e passa a amargar a lanterna da Série B. Veja a tabela completa da Série B.

Primeiro tempo

O Sport começou o jogo indo para cima. Teve cinco minutos de superioridade em campo, mas não conseguiu assustar. O Vitória ganhou campo depois disso e foi quem assustou primeiro. Wesley obrigou Mailson a fazer grande defesa na Ilha do Retiro. Foi o Sport tirou o zero do placar. Aos 23 minutos, Guilherme aproveitou cruzamento de Ezequiel e um desvio de leve de Sander na bola para fazer 1 a 0. O Vitória se lançou ao ataque e foi recompensado. Aos 29, Anselmo Ramon aproveitou vacilo da defesa do Sport e empatou. Mas a defesa do Vitória também entregou. E aos 40 minutos, Charles mandou para o fundo das redes depois de um belo passe de letra de Hernane Brocador.

Segundo tempo

O segundo tempo começou num ritmo completamente diferente do primeiro. O Sport procurou ficar mais com a bola para esperar os espaços na defesa do Vitória, que por sua vez foi ao ataque com muito volume, mas sem muita qualidade. Resultado: um jogo bem travado até os 32 minutos, quando Guilherme acertou um chutaço de fora da área para ampliar e fechar o marcador em 3 a 1 para o Sport.

 

informações do GE

Faça um comentário
Continue Reading

Publicidade:

Anúncio
Advertisement

politica

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região