Connect with us

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Denúncia: SAC não fornece uniformes e plano de saúde para funcionários

Dignidade. Essa é palavra de ordem entre os funcionários da unidade do Serviço de Atendimento ao Cidadão do Shopping Barra que têm diversas queixas quanto às condições de trabalho e direitos trabalhistas negligenciados há pelo menos três anos.

De acordo com uma funcionária que não quis se identificar, já faz esse tempo que os colaboradores não recebem novos uniformes e são obrigados a utilizarem suas próprias roupas no dia a dia do polo de serviços públicos. De acordo com outros colaboradores que também preservaram suas identidades, apenas coordenadores não são obrigados a vestirem a indumentária.

“Há mais de três anos que não mandam farda pro Sac. Inclusive essa jaqueta, uma colega minha que me deu, mas já tem uns dois anos. Fui falar com minha gerente e ela disse que poderia colocar uma pólo branca e vir porque não tem farda”, desabafou a funcionária que completou: “O Shopping da Bahia foi recém-inaugurado e tem um SAC lá. Então… cheio de funcionários novos, fardas  novas e a gente nada. Está um lixo. Tudo furado, botão remendado, estou sem farda nenhuma. O colega do DETRAN vem sem farda… calça jeans, camisa polo branca”.

Vale ressaltar que “é obrigação do empregador o fornecimento do uniforme quando exige sua utilização para o trabalho. No mesmo sentido é o entendimento expresso do Precedente Normativo 115 do TST, in verbis: ‘Determina-se o fornecimento gratuito do uniforme desde que exigido seu uso pelo empregador’”, (TST – RR: 8135020135090663. Relator Breno Medeiros).

A situação fica ainda mais grave quando a questão tratada é são os planos de saúde. De acordo com a denunciante, os funcionários terceirizados estão sem cobertura de nenhum serviço dessa espécie: “O pessoal da terceirizada (TECPLAJ) está sem plano de saúde faz cinco meses. E o SAC não fica com empresa nenhuma. De três em três meses, no máximo quatro fica trocando de empresa direto. Aí o funcionário providencia documentação, tira foto de novo… uma agonia”, acrescenta.

 

informações do Varela Noticias

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Confira as datas de pagamento do IPVA para placas com finais 9 e 0

A Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz-Ba) alerta os contribuintes para as últimas datas de pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em 2019. Neste mês de setembro, os donos de automóveis de placas com finais 9 e 0 devem pagar a terceira cota, para quem parcelou o tributo, ou a cota única sem desconto, até os dias 27 e 30/09, respectivamente. O calendário completo está disponível no endereço www.sefaz.ba.gov.br, clicando-se em Canal Inspetoria Eletrônica, depois em IPVA e por fim em Calendário.

Para efetuar o pagamento, o contribuinte deve dirigir-se a uma agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil, do Bradesco ou do Bancoob, com o número do Renavam em mãos. Os débitos referentes à taxa de licenciamento e às multas de trânsito deverão ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. Todas as informações poderão ser consultadas por meio do site www.sefaz.ba.gov.br ou do call center da Secretaria, pelo 0800 071 0071.

Isenção e imunidade

Estão isentos do pagamento do IPVA os veículos de empresas concessionárias de serviço público de transporte coletivo, aqueles com mais de 15 anos de fabricação, veículos terrestres com motor de potência inferior a 50 cilindradas e embarcações com motor de potência inferior a 25 HP.

Também estão na faixa de isenção máquinas agrícolas, táxis de propriedade de motoristas profissionais autônomos, e veículos pertencentes a embaixadas, a representações consulares, a funcionários de carreira diplomática e a pessoas jurídicas de direito privado instituídas pelo poder público estadual ou municipal.

São imunes ao IPVA, por sua vez, os veículos da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios, dos partidos políticos, inclusive suas fundações, e das entidades sindicais, instituições de educação ou assistência social sem fins lucrativos e dos templos religiosos.

Faça um comentário
Continue Reading

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Novo Camelódromo é inaugurado na Calçada

O comércio popular ganhou mais um incentivo na capital baiana com o camelódromo da Calçada. O equipamento foi inaugurado na manhã de hoje (20) pelo prefeito ACM Neto, pelo vice Bruno Reis e pelo secretário municipal de Ordem Pública, Felipe Lucas. O investimento feito pelo município no local fi de R$210 mil, beneficiando dezenas de ambulantes.

Fotos: Max Haack/Secom

Os comerciantes de rua foram contemplados com bancas desmontáveis, contendo coberturas que garantem o isolamento térmico, para protegê-los do sol e da chuva, dando mais conforto e comodidade a esses profissionais e seus clientes.

“É muito melhor ter os soteropolitanos na ruas lutando pra conseguir sustentar suas famílias do que desempregados. Por isso, a Prefeitura tem se sensibilizado em procurar saber as intervenções que podemos fazer pra melhorar a vida de quem busca o sustento nas ruas  A crise econômica no Brasil, que promoveu o desemprego e deixou de gerar trabalho de carteira assinada, só não é mais grave graças ao mercado informal”, discursou ACM Neto.

“O que estamos fazendo em locais como a Avenida Sete de Setembro e aqui na Calçada são provas do compromisso que temos para construir conjuntamente uma solução que atendesse a todos, dando dignidade e condições de trabalho as milhares de pessoas que sobrevivem do comércio informal, de forma organizada”, acrescentou o prefeito, que solicitou à Semop que estudasse a possibilidade de abrigar ambulantes também no final de linha da Calçada.

Capacidade – O novo camelódromo tem capacidade para abrigar 75 barracas, com antigos e novos comerciantes, em uma área coberta de 450 metros quadrados. O espaço para o comércio popular ganhou paisagismo, iluminação e pavimentação, com implantação de piso intertravado numa área de 500 metros quadrados.

“Esse camelódromo é o melhor e mais bonito de toda a cidade. Aqui temos uma estrutura metálica isotérmica. Ela tem um camada de isopor pra absorver o calor. Era uma das principais demandas levantadas pelos ambulantes  Esse camelódromo garante a possibilidade de melhor fluxo pra as pessoas poderem transitar melhor. E temos esse modelo de barraca que atende tanto a quem vende fruta quanto quem vende roupa”, disse Felipe Lucas. O secretário afirmou que os ambulantes da Calçada estavam abandonados há 21 anos pelo poder público. “A tônica da atual gestão é cuidar e proteger”, declarou.

Valdir santos, 56, trabalha no local há sete anos como ambulante, vendendo ferramentas e utensílios domésticos, aprovou a nova estrutura. “Aqui era muito desorganizado. Fora que tinha muito rato que ficava andando entre as barracas. Agora, a situação é outra. Temos uma estrutura coberta. Não iremos mais enfrentar o sol quente na cabeça”.

 

Faça um comentário
Continue Reading

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Metrô passa a aceitar Cartão de Crédito a partir de 23 de setembro

A partir do dia 23 de setembro, os clientes do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas terão mais uma facilidade para carregar os Cartões de Integração da CCR Metrô Bahia. Agora será possível efetuar a recarga com o uso do cartão de crédito das bandeiras Visa, Mastercard, Elo e Hiper. O pagamento no cartão de crédito será aceito para recargas nas ATMs (máquinas de autoatendimento), distribuídas em todas as estações de metrô, sem custo adicional para o usuário. O crédito entrará na hora. A recarga no débito é aceita desde julho do ano passado.

O usuário pode usar a facilidade do cartão de crédito para recargas de valores pré-definidos de R$ 2, R$ 3.70, R$ 4, R$ 8, R$ 10, R$20, R$ 50 e R$100 nas ATMs. Atualmente, cerca de 36% das vendas totais são efetuadas em máquinas de autoatendimento, sendo 52% dessas vendas no cartão de débito. A expectativa é que a nova operação com crédito passe a representar em torno de 10% do total das vendas. As bilheterias continuam realizando a operação apenas em dinheiro.

Além de evitar filas nas bilheterias, o uso do cartão de crédito vai minimizar problemas com notas amassadas, rasgadas e molhadas, que normalmente são recusadas pelas máquinas de autoatendimento, e que podem travar o equipamento. A compra é fácil e rápida, sem a cobrança de taxa extra, e é mais uma comodidade para o cliente do sistema metroviário, que não precisará de dinheiro para carregar seu cartão, nem se preocupar com troco. Os usuários podem contar com a orientação dos Agentes de Atendimento e Segurança (AASs) do metrô, presentes nas estações para tirar dúvidas, ou em caso de problemas com os equipamentos. Há ainda a opção do contato através da Ouvidoria, pelo telefone 0800 071 8020.

Todos os pontos de recargas operam de acordo com o horário de funcionamento do metrô, das 05h à 00h, todos os dias da semana, inclusive aos finais de semana e feriados.

Faça um comentário
Continue Reading

Publicidade:

Advertisement

politica

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região