Connect with us

EDUCAÇÃO

Prazo para recadastramento de beneficiários do Primeiro Passo vai até 13/02

Published

on

A Prefeitura está realizando o recadastramento dos beneficiários do programa Primeiro Passo – auxílio financeiro de R$50 mensais às famílias com crianças em idade de creche e pré-escola (do nascimento aos cinco anos) que não estejam matriculadas nas unidades de ensino públicas ou conveniadas. As famílias devem procurar uma das Prefeituras-Bairro até o dia 13 de fevereiro para realizar a atualização do cadastro.

Um dos objetivos do recadastramento é obter dados detalhados de demanda de vagas para a implementação do Programa Pé na Escola, que tem como público prioritário, em 2019, os beneficiários do Primeiro Passo que tenham entre 2 a 5 anos, completos até 31 de março do ano corrente. Através de convênio com a Prefeitura, o Pé na Escola ofertará vagas da Educação Infantil em escolas particulares, localizadas em regiões com maior demanda de vagas para esse segmento.

Para o recadastramento, as famílias devem comparecer à Prefeitura Bairro mais próxima de sua residência, levando o documento de identificação original e dos seus dependentes de até 5 anos de idade, além de um comprovante de residência, de preferência da Coelba ou da Embasa, das 8h às 18h.

O recadastramento teve início na segunda-feira (4) e se estenderá até o dia 13 de fevereiro. Após a atualização do cadastro, as famílias que ainda não realizaram inscrição para uma vaga ou não estão com suas crianças matriculadas em uma instituição de ensino pública ou privada, serão orientadas a buscarem uma Escola da Rede Municipal de Ensino mais próxima de sua residência, para realizar a inscrição pleiteando uma vaga

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

Advertisement

EDUCAÇÃO

Matrículas para Educação de Jovens e Adultos seguem abertas em Salvador

Published

on

Para quem deseja ingressar na Educação de Jovens e Adultos (EJA) em Salvador, uma boa notícia: ainda há 3,5 mil vagas em aberto para o ano letivo de 2019. Para saber se há vaga na escola de interesse, basta ligar para a Central de Matrícula da Secretaria Municipal da Educação (Smed), no telefone (71) 3202-3102. Pela central também podem ser solucionadas dúvidas e obter mais esclarecimentos sobre o procedimento de ingresso na rede municipal de ensino.

A matrícula só pode ser realizada presencialmente na unidade de interesse. A documentação exigida é a carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e histórico escolar. A diretora pedagógica, Nilce Gama, reforça que a Smed matricula durante todo ano, mesmo com as aulas em andamento. “Aqueles que não tiverem o histórico escolar não ficam impossibilitados de estudar. Devem procurar o colégio assim mesmo, com o restante da documentação. A única diferença é que precisaremos fazer uma avaliação para identificar se o estudante se encaixa nas turmas de EJA I ou EJA II”, explica Nilce.

As aulas para 17.394 mil estudantes da EJA I – Tempo de Aprendizagem (TAP) I, II e III e EJA II – TAP IV e V tiveram início, na última quarta-feira (6), no mesmo dia em que aconteceu a aula inaugural 2019 para toda rede municipal de ensino. Em 2019, 119 escolas municipais ofertam as aulas noturnas para o EJA I – TAP I, II e III, que fazem a equivalência do 1º ao 5 º ano. Já as aulas do EJA II – TAP IV e V, que vai do 6º ao 9º ano, são oferecidas em 87 colégios da rede.

Faça um comentário
Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Prefeituras-Bairro Cajazeiras realiza inscrições para programa Primeiro Passo

Published

on

Os interessados em receber o benefício dado através do programa Primeiro Passo – auxílio financeiro de R$50 mensais às famílias com crianças em idade de creche e pré-escola (do nascimento aos cinco anos), beneficiárias do programa Bolsa Família que não estejam matriculadas nas unidades de ensino públicas ou conveniadas – já podem procurar as Prefeituras-Bairro para realizar as inscrições.

Neste ano, o serviço foi retomado na segunda-feira (4). Desta forma, as Prefeituras-Bairro do Centro/Brotas; Subúrbio/Ilhas; Cajazeiras; Itapuã; Cidade Baixa; Cabula; Pau da Lima; Barra / Pituba; Liberdade/São Caetano; além das escolas municipais Professor Milton Santos, em Valéria, Antônio Carlos Magalhães, localizada em São Caetano, e Osvaldo Cruz, no Rio Vermelho já estão disponíveis para o serviço.

Como fazer – Para participar, as famílias devem seguir quatro passos simples: realizar o agendamento da inscrição, que funciona de segunda a sexta-feira, pelo Disque Salvador 156, das 8h às 18h. O agendamento também pode ser feito presencialmente, em um dos postos de atendimento, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Ou, se preferir, pode agendar pelo site primeiropasso. salvador. ba. gov. br.

Após essa primeira etapa, o interessado deve se dirigir ao posto de atendimento no local, data e turno agendados para fazer sua inscrição. A família deve levar o documento de identificação original e dos seus dependentes de até 5 anos de idade, além de um comprovante de residência, de preferência da Coelba ou da Embasa.

O interessado deve aguardar até ser informado sobre a liberação do benefício. Para continuar recebendo o auxílio, a família deverá participar das ações de saúde, educação e ação social realizadas nas escolas da Prefeitura. Se faltar ao encontro, seu benefício será bloqueado. Há limite de três crianças por família, podendo ultrapassar este limite somente no caso de gêmeos.

Não se encaixam nos critérios de recebimento do benefício crianças matriculadas em creches e pré-escolas da rede pública ou conveniada com a Prefeitura; crianças que morem em locais onde há vagas em creches e pré-escolas públicas ou conveniadas disponíveis; pais ou responsáveis que já recebam dos seus empregos o auxílio-creche; pais ou responsáveis que retirarem as crianças já matriculadas nas creches ou pré-escolas públicas ou conveniadas. Crianças que fizerem 6 anos entre 1º de janeiro e 31 de março do ano do pagamento do benefício também não são elegíveis.

 

Faça um comentário
Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Prefeito faz abertura do ano letivo na Pré-Escola de Cajazeiras VIII

Published

on

Um misto de alegria e ansiedade era a expressão estampada nos rosto dos pequenos alunos da Creche e Pré-Escola Primeiro Passo de Cajazeiras VIII. A unidade escolar foi palco da aula inaugural do ano letivo na rede municipal de ensino, ocorrida nesta quarta-feira (6) e que contou com as presenças do prefeito ACM Neto e do vice, Bruno Reis; do secretário Bruno Barral (Educação); da diretora da creche, Mércia Cristina Machado; da comunidade escolar e imprensa. A ocasião também marcou a entrega de uma série de itens que compõem os materiais a serem distribuídos nas 434 escolas municipais – tudo isso para que a rede tenha uma “Educação Nota 10”, tema de 2019.

O prefeito ressaltou que é muito importante começar o primeiro dia do ano letivo de 2019 garantindo a agenda regular e no mesmo período em que estão sendo iniciadas as aulas nas escolas particulares. “Também iniciar as atividades, de maneira plena e completa, com entrega às crianças de todo o fardamento novo, material escolar, material didático e assegurando merenda de qualidade, assim como aos professores material de orientação em sala de aula. Enfim, este ano letivo é iniciado com muito entusiasmo. A expectativa é muito boa de continuar melhorando a qualidade da educação e garantindo que toda a rede tenha o mesmo padrão de qualidade de ensino”, completou ACM Neto.

Em discurso, o secretário Bruno Barral destacou uma garantia dada pelo próprio prefeito: a manutenção da oferta de ensino em tempo integral para crianças de 2 e 3 anos, o que permite que os pais possam trabalhar tranquilamente, tendo onde deixar os filhos com segurança. “A educação feita aqui é para os alunos e para a família também”, disse. Além disso, Barral pediu empenho a todos os alunos e professores do 9º ano para a Prova Brasil, a ser realizada este ano.

Mãe de Ágatha Vitória, de 4 anos, a eletricista residencial Taiane Barreto, de 21 anos, espera que a filha consiga ter um bom desempenho na creche. “Ela é uma menina muito inteligente e espero que ela tenha um aprendizado excelente. Todos aqui falam que a creche é muito boa, tanto que a vaga eu consegui em lista de espera”, relatou. Taiane ainda falou sobre a reação de Ágatha para ir pela primeira vez para a aula. “Ela acordou às seis da manhã, com o sapato e a roupa na mão, dizendo: ‘mamãe, papai, quero ir para a escola’”, riu.

Itens – Dentre os itens entregues para as unidades de ensino está 307.106 fardas para os alunos da Educação Infantil até a Educação de Jovens e Adultos (EJA), com investimento de aproximadamente R$3,2 milhões. Também estão sendo distribuídos 129.428 kits escolares adquiridos para todos os segmentos, com investimento de R$3 milhões. Os kits são compostos por materiais escolares de uso pessoal do aluno, diferenciados por níveis de ensino e respeitando as necessidades de cada fase do desenvolvimento cognitivo.

Os alunos do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental vão ter livros de apoio à preparação para a Avaliação Nacional da Educação Básica – Aprova Brasil, nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática. O material pedagógico também segue os referenciais e o nível educacional (Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II) e engloba itens como Diário da Família, Agenda da Creche e livros com temas tradicionais como Língua Portuguesa e Matemática, e temas próprios como Soteropolitanidade e (Particip)Ação Cidadã.

Serão distribuídos 14 mil exemplares do livro de literatura infantil “O maior tesouro da terra. Uma superaventura com Jorginho Amado”. Inspiradas no grande escritor Jorge Amado, as aventuras de Jorginho, além de conscientizarem as crianças sobre os relevantes temas propostos, resgatam a obra do escritor baiano, apresentando-o de maneira lúdica ao público infantil.

Os alunos do EJA vão utilizar materiais produzidos pelo Ministério da Educação (MEC) para o segmento Educação de Jovens e Adultos (EJA). São compostos por caderno metodológico para o professor e a coleção Caderno de EJA: Cultura e Trabalho; Diversidades e Trabalho; Juventude e Trabalho; Meio Ambiente e Trabalho; Qualidade de Vida, Consumo e Trabalho; Segurança e Saúde no Trabalho.

Com 5.771 exemplares, o Diário de Classe vai auxiliar o professor de registro de frequência e de desempenho dos alunos de cada turma. O acompanhamento da vida escolar fornece ao professor e à escola subsídios para a tomada de decisões de modo a favorecer os processos de ensino e de aprendizagem.

Em parceria com a Defesa Civil de Salvador (Codesal), o projeto Defesa Civil nas Escolas consiste em realizar oficinas e treinamento para professores e alunos, com foco em educação ambiental (percepção de risco) defesa civil, controle de zoonoses e primeiros socorros. O objetivo é formar a cultura de defesa civil tendo professores e alunos como multiplicadores nas comunidades.

Por fim, a lista contempla uma ferramenta tecnológica: o aplicativo Educação Salvador. O intuito é de facilitar a vida dos servidores, professores e colaboradores da instituição. O app disponibiliza alguns serviços na palma da mão, como o andamento de processos, o local exato das escolas municipais, as notícias sobre tudo o que envolve a comunidade escolar, calendário escolar, entre outras informações.

Balanço e calendário – Atualmente, a capital conta com um total de 434 escolas, com capacidade para 162 mil alunos. Até o momento, 140 mil estudantes foram matriculados. Ao todo, serão 200 dias de aula até 20 de dezembro. Entre os dias 28 de fevereiro e 10 de março, haverá um recesso para o Carnaval, com retorno no dia 11 de março.

Faça um comentário
Continue Reading

publicidade

Advertisement

politica

segurança

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região