Connect with us
Anúncio

EDUCAÇÃO

Professores protestam e bloqueiam entrada da Secretaria Municipal de Educação

Published

on

Professores em frente a Smed, em Salvador (Foto: Divulgação/APLB)

Um grupo de professores municipais de Salvador bloqueiam, na manhã desta terça-feira (7), o portão de acesso à Secretaria Municipal de Educação (Smed), localizadada na Avenida Garibaldi, na capital baiana. O ato faz parte das ações de greve da categoria, que já dura 28 dias.

De acordo com Marcos Barreto, integrante da direção executiva do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), o ato começou por volta das 7h e só tem previsão para ser finalizado no final da tarde desta terça. Os professores pedem reajuste salarial de 6,5%, além de outras reivindicações, como plano de carreira.

Na manhã desta terça, os professores bloqueiam, ainda, a passagem de alguns funcionário da Smed. A pasta não tem detalhes da quantidade de trabalhadores que conseguiram entrar no prédio da secretaria, nem o número dos que estão trabalhando. Segundo Marcos Barreto, 30% do efetivo da pasta está trabalhando normalmente.

Na tarde de segunda-feira (6), a categoria fez outra assembleia no Ginásio dos Bancários, na Ladeira dos Aflitos, e decidiram pela manutenção da greve. Conforme Marcos Barreto, os professores voltam a se reunir em mais uma assembleia para discutir o rumo das negociações, na quinta-feira (9), na quadra do Sindicato dos Bancários.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

EDUCAÇÃO

Professores da Uneb iniciam paralisação de cinco dias

Published

on

Professores da Uneb iniciam paralisação nesta segunda (6) (Foto: Murilo Bereta/Aduneb)

Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) iniciaram, na manhã desta segunda-feira (6), um protesto de cinco dias. Com isso, os portões do campus no bairro do Cabula, em Salvador, amanheceram fechados.

A categoria reivindica maior orçamento para Educação, manutenção da passagem intermunicipal para docentes e melhorias de infraestrutura. O G1 tentou contato com a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) e com a Uneb, mas ainda não obteve resposta.

De acordo com a Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), os 24 campus da universidade, que ficam em todo o estado, participaram do protesto.

No Cabula, os professores fazem panfletagem na frente da instituição nesta manhã. A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) informou que a atividade não interrompe o trânsito na região.

A Aduneb informou ainda que atividades culturais acontecerão durante toda a manhã, e que os professores vão ter espaço para falar sobre os problemas da Uneb.

informações do G1

Faça um comentário
Continue Reading

EDUCAÇÃO

Começa prazo para entrega de documentos da lista de espera do Prouni

Published

on

Os candidatos selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm de hoje (3) até a próxima segunda-feira (6) para entregarem na instituição de ensino a documentação que comprove as informações prestadas no momento da inscrição.

A relação com a documentação necessária pode ser acessada no site do programa. A lista de espera é usada pelas instituições de ensino para ocupar as bolsas que não foram preenchidas na primeira e segunda chamadas do programa.

ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Ao todo, no processo seletivo, são ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições.

Para concorrer a bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. No caso de bolsas parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Informações da Agencia Brasil

Faça um comentário
Continue Reading

EDUCAÇÃO

Negociação não avança e greve de professores municipais continua

Published

on

Em negociação com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB), nesta terça-feira (24), a prefeitura de Salvador reiterou a proposta de 2,5% com pagamento a partir de julho. A categoria pede 5%, mas a prefeitura apresentou planilhas mostrando que não tinha condição de atender o pedido.

Em 2017, a prefeitura concedeu reajuste de 2,5% pedido pelos trabalhadores. Com a pedida de mais 2,5% nesta greve, o valor de ganho chega ao total de 5% no período de um ano.

A proposta será levada à assembleia nesta quarta-feira (25). O secretário de Educação, Bruno Barral, diz que que espera entendimento entre as partes e que a categoria compreenda que a prefeitura não tem condições de atender.

A coordenadora da APLB confirmou que a greve segue e que a prefeitura manteve a mesma proposta.

informações BNews

Faça um comentário
Continue Reading

publicidade

Advertisement

politica

segurança

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região