Connect with us

POLÍTICA

Rui Costa, do PT, é reeleito governador da Bahia

Published

on

Rui Costa, do PT, foi reeleito em primeiro turno, neste domingo (7), governador do estado da Bahia para os próximos quatro anos.

Com 99,43% das urnas apuradas, o petista tinha 5.061.957 votos, o que correspondia a 75,45% dos votos válidos. O segundo colocado, Zé Ronaldo (DEM), tinha 1.496.482 votos, ou 22,30% dos votos válidos.

“Quero dedicar essa vitória a Deus, ao povo da Bahia e a minha mãe e a meu pai, onde eles estiverem. Essa Vitória é pra vocês dois, que formaram todos os meus valores para eu chegar aqui. Sei que vocês estão orgulhosos de ver alguém que nasceu na favela chegar até aqui e receber esse carinho da Bahia”, disse o governador logo após chegar para comemoração no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.

A reeleição faz com que Costa, eleito pela primeira vez para o governo do estado em 2014, na eleição para a sucessão do também petista Jaques Wagner (que governou também por dois mandatos), permaneça no cargo até 2022. Com isso, o PT se consolida no comando do executivo estadual por 16 anos consecutivos.

Rui Costa dos Santos, de 55 anos, nasceu no bairro da Liberdade, em Salvador, no dia 18 de janeiro de 1963. O pai, Clóvis dos Santos, era metalúrgico, enquanto a mãe, a dona de casa Maria Luzia, ajudava a pagar as contas vendendo doces e fazendo faxina. Rui foi o segundo filho do casal.

A vida política começou no Polo Petroquímico de Camaçari, região metropolitana de Salvador, na década de 1980, quando, após entrar para o sindicato dos trabalhadores, passou a frequentar assembleias e a criticar as condições de trabalho da fábrica. Em 1982, se filiou ao Partido dos Trabalhadores — foi um dos primeiros integrantes do PT e uma das principais lideranças responsáveis pela organização do diretório do partido na Bahia.

Reeleito governador da Bahia, Rui Costa chega para comemoração no Rio Vermelho, em Salvador — Foto: Itana Alencar/G1

Após concluir o curso de instrumentação da Escola Técnica Federal (atual IFBA), ingressou no curso de ciências sociais da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em 1983, influenciado pela efervescência do movimento sindical no Brasil, mas não se graduou, porque os horários de estudo se chocavam com os de trabalho. Anos depois, em 1993, decidiu retomar os estudos e mudar de curso. Ingressar em economia, também pela UFBA, área em que hoje é formado.

Em 1995, perdeu a mãe, que havia sido diagnosticada com câncer de mama. Dois anos depois, viveu um momento de alegria, quando nasceu o seu segundo filho, Caio — a primeira filha, Aline, nasceu em 1986.

Em 2000, foi suplente de vereador na capital baiana e, em 2004, foi eleito vereador da cidade com o maior número de votos da bancada petista. Sete anos depois, em janeiro de 2007, foi convidado pelo então governador da Bahia, Jaques Wagner, Rui assumiu a Secretaria de Relações Institucionais (Serin).

Em 2010, se elegeu como o deputado federal mais votado do PT Bahia (e em 3º lugar no estado, entre todos os candidatos eleitos), com 212.157 votos. Em 2012, se licenciou do cargo de deputado e assumiu a chefia da Casa Civil do estado, no segundo mandato de Jaques Wagner como governador.

No mesmo ano, Rui se casou com Aline Peixoto, atual primeira-dama da Bahia, com quem tem duas filhas, Marina e Malu. Em 2014, ele se elegeu governador do Estado da Bahia com 3,5 milhões de votos.

Reeleito governador da Bahia, Rui Costa faz comemoração no bairro do Rio Vermelho, em Salvador — Foto: Itana Alencar/G1

Campanha

Durante a campanha, iniciada no dia 16 de agosto, quando passou a ser permitida a realização de propaganda eleitoral, como comícios, carreatas, distribuição de material gráfico e propaganda na internet, Rui passou por 144 dos 417 municípios do estado, segundo a assessoria dele.

A campanha foi encerrada no sábado (8), quando esteve junto com o candidato à presidência Fernando Haddad em Feira de Santana, segundo maior cidade do estado, a 100 km da capital.

O petista foi muito criticado durante a campanha por seus adversários por conta, entre outros pontos, da política de segurança pública, em decorrência dos índices de violência no estado, da saúde, sobretudo por causa da fila para vagas na central da regulação, e da educação, sobretudo depois de o MEC (Ministério da Educação) divulgar que o ensino médio do estado ficou em último lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Rui Costa — Foto: Jordan Veloso/G1

Apesar das críticas, Rui apareceu liderando todas as pesquisas de intenção de voto divulgadas pelo Ibope. No levantamento feito um dia antes das eleições, por exemplo, Rui apareceu com 77% dos votos válidos.

Ainda durante a campanha, Rui culpou a crise e a falta de apoio federal por promessas do primeiro mandato não cumpridas e prometeu, entre outras coisas, ampliar o contingente da polícia no estado, construir 600 quadras esportivas, laboratórios e biblioteca, para viabilizar o ensino integral nas escolas, expandir para todas as instituições de ensino os cursos profissionalizantes, pra reduzir o desemprego, e avançar na regionalização da saúde, construindo hospitais e serviços de alta complexidade no interior do estado.

Apuração na Bahia

Atualização em 21h20 com 86% das urnas apuradas

Rui Costa (PT): 75,71% (4.370.082 votos)
Zé Ronaldo (DEM): 21, 99% (1.269.197 votos)
Marcos Mendes (PSOL): 0,69% (39.626 votos)
João Henrique (PRTB): 0,59% (33.991 votos)
João Santana (MDB): 0,50% (29.009 votos)
Célia Sacramento (Rede): 0,48% (27.631 votos)
Orlando Andrade (PCo): 0,05% (2.609 votos)

informações do G1

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

POLÍTICA

Aumento da tarifa de ônibus na mira da Comissão de Transporte

Published

on

Em reunião na tarde de terça-feira (12), na sala Antônio Lima, a Comissão de Transporte definiu a primeiras atuações do ano. Conforme a pauta, o colegiado pretende apresentar requerimentos exigindo a verificação da planilha de custos do setor, junto à Secretaria de Mobilidade (Semob), além de solicitar o estudo de viabilidade técnica que justifique o aumento da tarifa dos ônibus municipais.

Durante a apresentação de pautas, o vereador Kiki Bispo (PTB) sugeriu cobrar posicionamento da ViaBahia sobre a falta de ações estruturais na BR-324, trecho da capital. O vereador Sabá (PV) lembrou da necessidade de implantação do Ônibus Social para atender as camadas mais carentes. Já o vereador Joceval Rodrigues (PPS) chamou a atenção de a Câmara precisar ser informada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) diante de intervenções realizadas na cidade, a exemplo de desapropriações em áreas com obras relacionadas à mobilidade.

“Foi uma reunião com propostas e discussões sobre os interesses da mobilidade urbana de Salvador”, destacou Hélio Ferreira (PCdoB), presidente da Comissão.
Os vereadores Toinho Carolino (Podemos) e Alexandre Aleluia (DEM) também participaram da reunião.

Faça um comentário
Continue Reading

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Novo secretário da Semop promete estreitar diálogo com ambulantes

Published

on

O secretário municipal de Ordem Pública, Felipe Lucas, reservou esta quarta-feira (6) para conhecer setores, funcionários e gestores na sede do órgão, na BR-324. Também aproveitou a agenda interna para ter um bate-papo com o antecessor, Marcus Passos, e alinhar os compromissos da pasta nesse período de transição. “Na verdade, a ideia hoje é tentar internalizar o máximo de conteúdo possível para manipular as informações e gerar resultados ou soluções necessárias”, disse.

De acordo com o recém-empossado titular da Semop, a prioridade será dar continuidade ao trabalho feito pela pasta nos últimos anos, alinhando com a atual gestão ações inovadoras que possam trazer impactos para a melhoria da qualidade de vida dos soteropolitanos. Ele também promete estreitar ainda mais o diálogo com ambulantes e entidades que representam trabalhadores do comércio informal.

“Vou buscar conversar com os ambulantes, feirantes, camelôs e as associações. Atravessamos uma crise nacional econômica que, de fato, afeta a nossa cidade, embora a Prefeitura vem fazendo um trabalho que vai na contramão de tudo o que acontece no país. Muitas pessoas sofreram com desemprego mas, junto com as dificuldades, surgiu a  necessidade de se buscar alternativas também. Os ambulantes precisam gerar receita para sua sobrevivência”, disse ele, revelando que as ações de ordenamento da Semop terão “olhar clínico” em prol do bem social de todos os cidadãos.

O secretário também afirmou dedicar esse primeiro momento para canalizar toda a energia para conhecer problemas, soluções e o trabalho preventivo que precisa ser feito. “Trabalhamos com o dia a dia e cotidiano das pessoas. São questões que mexem com a vida da população, como limpeza da cidade, vagas de cemitério, Salvamar, Guarda Municipal. Portanto é necessário um olhar atento e, sobretudo, que seja 360 graus, porque a gente tem que cuidar e observar o que acontece nos 163 bairros da cidade. Não podemos ter um olhar parcelado”, acrescentou Lucas.

Outra meta à frente da pasta é trabalhar para que as entregas que estão em curso, a exemplos das requalificações dos mercados municipais (Periperi, Itapuã e Nacs de Itapuã), sejam feitas sem atrasos e prejuízos. O secretário ainda disse que outro primeiro desafio à vista é o Carnaval, que começa oficialmente na última quinta-feira deste mês (28). “É a maior festa popular do planeta. São milhões de pessoas envolvidas. Logo, o trabalho que a gestão municipal precisa desempenhar visa garantir a segurança e qualidade da festa”, finalizou.

Faça um comentário
Continue Reading

POLÍTICA

Conheça o perfil dos novos secretários municipais

Published

on

O prefeito ACM Neto anunciou na manhã de hoje (05), em coletiva no Palácio Thomé de Souza, os novos integrantes do primeiro escalão da gestão municipal. Confira abaixo o perfil dos novos titulares do secretariado municipal.

Bruno Reis – Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra)

Formado em Direito pela Universidade Católica do Salvador (Ucsal), com pós-graduação em Gestão pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), além de mestrado em Desenvolvimento e Gestão Social pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), Bruno Reis é o atual vice-prefeito da cidade, eleito em 2016 junto com ACM Neto. Já foi assessor da Câmara de Vereadores, da Câmara Federal (ao lado de ACM Neto, quando o atual prefeito era deputado) e exerceu por duas vezes o mandato na Assembleia Legislativa da Bahia, tendo recebido prêmios de destaque parlamentar pela imprensa e exercido a função de líder da oposição. Já foi também secretário municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza no primeiro mandato da atual gestão municipal, trabalhando na elaboração e desenvolvimento de programas importantes, como o Primeiro Passo.

 

Leonardo Prates – Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps)

Mais conhecido como Leo Prates, é engenheiro eletricista por formação, com pós-graduação em Administração pela Universidade Federal da Bahia (Ufba). Foi vereador de 2013 a 2019, exercendo, durante o mandato, a presidência da Câmara Municipal no biênio 2017/2018. Em 2018, foi eleito deputado estadual, se licenciado para assumir a Semps. Antes, Leo Prates já tinha grande militância partidária, inclusive atuando como secretário-geral do Diretório Central do Estudantes da Ufba. Foi assessor de ACM Neto quando o prefeito era deputado federal.

 

Rogéria Pereira dos Santos – Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ)

Advogada, foi eleita vereadora de Salvador para a legislatura que começou em 2017 e segue até 2021, se licenciando do cargo para assumir a nova função, a convite do prefeito ACM Neto. Possui MBA em Administração Pública, pós-graduação em Política de Assistência Social, além de ser radialista. Foi ativista humanitária na África por 14 anos, com auxílio direto e indireto a mais de 20 mil pessoas. Elabora e coordena projetos sociais e milita em prol dos direitos humanos, inclusive das mulheres, crianças e adolescentes.

 

Felipe Lucas – Ordem Pública (Semop)

É formado em administração, com MBA e curso de extensão em Toronto, no Canadá. Foi eleito vereador em 2016, se licenciando do cargo para assumir a secretaria a convite do prefeito ACM Neto. Fez carreira na iniciativa privada, quando recebeu o convite para ingressar na vida pública e assumir a chefia de gabinete da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), em Recife e Brasília. Em 2012, foi nomeado chefe de gabinete da então Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Defesa Civil, que tinha Paulo Fontana como secretário, ajudando na elaboração e desenvolvimento de projetos importantes como o Casa Legal e o Morar Melhor. É conhecido por incentivar eventos esportivos e atletas em início de carreira.

 

Faça um comentário
Continue Reading

publicidade

Advertisement

politica

segurança

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região