Connect with us

E.C. VITÓRIA

Carpegiani comandou atividade no Vitória nesta quarta-feira (10)

Published

on

Com mais um treino coletivo tático, Paulo Cezar Carpegiani deu sequência às observações para definir o time do Vitória, visando o jogo contra a Chapecoense, próximo domingo (14), às 11h, na Arena Condá, em Chapecó, pela 29ª rodada do Brasileiro da Série A. Nesta quinta-feira (11), o comandante rubro-negro volta a movimentar os jogadores no turno da tarde finalizando a preparação em Salvador. A viagem para o Sul do País será na sexta-feira, às 7h, e em Chapecó serão realizados mais dois treinamentos, na sexta e no sábado.

Antes de iniciar o treinamento desta quarta à tarde, no gramado do Barradão, Carpegiani usou o quadro magnético para passar instruções aos possíveis titulares. Depois do aquecimento com o preparador físico Daniel Azambuja, o técnico orientou o trabalho coletivo tático dividido em dois tempos.

Carpegiani testou formações diferentes e mantém a dúvida para escolher o time. O treinador terá à disposição Neílton e Léo Gomes, que cumpriram suspensão no jogo passado, mas está impedido de utilizar os atacantes Rhayner e Maurício, suspensos, e goleiro Elias, que é emprestado pela Chapecoense.

Enquanto Carpegiani treinava o time, na área externa do campo do Barradão, os atacantes Luan e Luan Rodrigues deram continuidade à transição com o professor Lucas Penha, assistente da preparação física.

ARBITRAGEM
Para o jogo de domingo, a CBF determinou arbitragem do Rio Grande do Sul, liderada por Leandro Pedro Vuaden.

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Assistente 1: Jorge Eduardo Bernardi
Assistente 2: Rafael da Silva Alves
Quarto Árbitro: Tiago Augusto Kappes Diel
Assistente Adicional 1: Daniel Aloysius Soder
Assistente Adicional 2: Roger Goulart

Fotos: Maurícia da Matta / EC Vitória

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

E.C. VITÓRIA

Vitória empata com o Sport e segue na zona de rebaixamento

Published

on

O único resultado que não interessava nem ao Sport e nem ao Vitória aconteceu na Ilha do Retiro. O placar não saiu do zero e o empate teve um gosto amargo para os dois rubro-negros. As duas equipes terminam o jogo do mesmo jeito que começaram, separadas por dois pontos. Os pernambucanos estão na 15ª posição, com 38 pontos e os baianos ainda no Z-4, em 18º, com 36.

PRIMEIRO TEMPO

O clima de tensão na Ilha do Retiro não foi capaz de acuar Sport e Vitória. O primeiro tempo foi equilibrado, com o Leão pernambucano superior na maioria das ações ofensivas. O primeiro lance mesmo, com Rogério, foi o mais claro da etapa inicial, mas o camisa 90 chutou feio. Os baianos sempre conseguiam levar perigo através de Erick, mas Mailson conseguiu salvar duas vezes. Empurrado pela torcida, o Sport tentava trabalhar as jogadas, mas os visitantes montaram um ferrolho difícil de arrombar.

SEGUNDO TEMPO

O Sport voltou mal para o segundo tempo. E foi aí que o Vitória conseguiu fazer seu jogo. Só que, antes de qualquer lance de perigo feito pelo Vitória, Mailson quase fez um gol contra, mas conseguiu salvar a tempo. Os baianos tinham mais posse de bola, mas , perto da reta final, os donos da casa tiveram seus momentos. Primeiro, com Mateus Gonçalves, que perdeu um gol claro. Ele até que fez o movimento certo, mas a bola bateu caprichosamente na trave. Logo depois, Michel Bastos perdeu uma chance chutando em cima do goleiro. O Vitória tentava usar os contra-ataques, mas isso não foi suficiente para balançar as redes.

ESTREIA NO GOL

Pela primeira vez na Série A, o goleiro João Gabriel foi acionado. Em determinado momento, ele chegou a ser a quinta opção do Vitória, mas apareceu como titular por opção técnica. Até então, ele só tinha jogado uma vez, pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Léo Ceará avalia decisão contra o Sport: “Mais importante que o Ba-Vi”

Published

on

Léo Ceará foi o grande destaque do Vitória no Ba-Vi disputado no último domingo, no Barradão. Ao marcar dois gols, ele foi o principal jogador da equipe no empate em 2 a 2. Para azar do técnico João Burse, o centroavante levou cartão amarelo logo no início da partida, o terceiro da série, e está suspenso da partida contra o Sport.

Mesmo ausente do próximo jogo, Léo Ceará vai estar na torcida, afinal ele sabe da importância do duelo: o Sport tem dois pontos a mais que o Vitória e, em caso de derrota, a situação da equipe baiana ficará ainda mais complicada.

Foto: Maurícia da Mata / Divulgação / EC Vitória

Em entrevista coletiva concedida na manhã desta segunda, Léo afirmou que o duelo contra os pernambucanos é até mais importante que o Ba-Vi.

– O Sport é a equipe com quem estamos brigando direto. Sabemos da importância do jogo. Até mais importante que o Ba-Vi. A gente sabe da nossa responsabilidade. É ir em Recife e buscar a vitória a qualquer custo – afirmou o centroavante.

“Vai ser um jogo difícil. O Sport está na mesma situação que a gente, brigando na parte de baixo. Vai ser difícil, mas a gente tem que estar pronto para mostrar o nosso futebol e sair com o resultado positivo”.

Com 35 pontos, o Vitória é o time que abre o Z-4, na 17ª posição. E a atual sequência não é nada boa: a equipe não vence há quatro rodadas – três empates e uma derrota. Por isso, Léo Ceará destaca a necessidade de pontuar, não importa se dentro ou fora de casa.

– A gente tem que procurar pontuar. Nesses últimos jogos, tem que pontuar, em casa ou fora, porque sabemos da situação que estamos vivendo. Creio que, na quarta, a gente vai começar a dar esse passo para sair da zona de rebaixamento – disse Léo Ceará.

Sport e Vitória se enfrentam nesta quarta-feira, às 20h45 (horário de Salvador), na Ilha do Retiro.

Confira outros trechos da coletiva de Léo Ceará.

Conversa do elenco com o presidente
 Conversa sobre o jogo, os pontos positivos e negativos. Do jogo do Paraná, a gente melhorou bastante. Infelicidade nossa, tomamos dois gols bestas e mais uma vez deixamos a vitória escapar. Já passou. Agora é pensar no Sport.

De longe, mas na torcida
 Fico muito feliz de ter ajudado a equipe com dois gols. Fico triste de não poder jogar o próximo jogo. Infelizmente, tomei o terceiro amarelo. Vou estar na torcida pelos meus companheiros. Que eles possam fazer um bom jogo para sair com o resultado positivo.

A torcida merecia…
 Me emocionei um pouco no jogo contra o Paraná, até porque o torcedor foi, poucos, mas foram nos apoiar. O que fico mais triste é que, mais uma vez, a gente deixou a vitória escapar. Eles mereciam a vitória. Infelizmente, a gente não conseguiu, tomamos dois gols. Saímos na frente duas vezes, tomamos o empate. Como falei, agora é pensar no Sport.

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Com João Burse, Vitória inicia preparação para o BA-VI no próximo domingo (11)

Published

on

Com o comando de João Burse, substituto do técnico Paulo Cézar Carpegiani, o Vitória voltou a treinar nesta terça-feira (6), iniciando os preparativos para o clássico BA-VI, próximo domingo (11), às 16h de Salvador, no Barradão, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

João Burse teve uma passagem como interino no comando do Vitória, após a saída de Vagner Mancini, e a chegada de Paulo Cezar Carpegiani.

Após o desligamento de Carpegiani, João Burse, treinador do Sub-23, foi comunicado sobre a decisão de assumir o time nos últimos seis jogos do Campeonato Brasileiro da Série A. A mudança de comando foi passada aos jogadores no vestiário pelo presidente.

Transição efetuada, Burse passou a ter o preparador físico do Sub-23, Lucas Itaberaba, como mais um assistente técnico, juntamente com Marcos Carvalho e Flávio Tanajura. Marcos Carvalho também ficará responsável pelo time Sub-23, que nesta quinta-feira (8) joga decidindo classificação para as finais do Brasileiro de Aspirantes, diante do Inter-RS, às 15h (horário de Salvador), no Barradão. O preparador físico Daniel Azambuja permanece no cargo.

Os trabalhos da tarde desta terça-feira foram iniciados com aquecimento que constou de posse de bola e Daniel à frente. Burse entrou em ação na segunda etapa, com um treino de transição em campo reduzido. Para finalizar, minijogos, envolvendo três times que se revezavam.

Dos atletas que atuaram integralmente na partida em Curitiba, somente o zagueiro Aderllan participou dessas atividades. O goleiro Ronaldo trabalhou juntamente com João Gabriel e Elias sob comando dos preparadores Itamar Ferreira e Washington Rufino.

Os outros atletas que iniciaram a partida diante do Paraná limitaram-se a uma movimentação regenerativa no vestiário.

Liberados pelo departamento médico, o lateral direito Jeferson e o zagueiro Bruno Bispo iniciaram a transição com Lucas Penha, assistente da preparação física.

Já o atacante Luan Silva segue em tratamento médico do estiramento muscular.

Os treinamentos desta quarta (7) e quinta-feira (8) foram antecipados para o turno da manhã. O de sexta-feira (9) está mantido para a tarde.

Fotos: Maurícia da Matta/EC Vitória

Faça um comentário
Continue Reading

publicidade

Advertisement

politica

segurança

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região