Connect with us
Anúncio

E.C. VITÓRIA

Vitória tem tabela complicada e precisa superar 1º turno para evitar queda

Published

on

Dez jogos separam o Vitória do fim da temporada, e o resultado dessas partidas determinará o futuro do clube. Atualmente, a equipe comandada por Paulo Cézar Carpegiani ocupa a 18ª colocação da Série A, com 29 pontos. Segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, o risco de rebaixamento é de 51%. Já a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) aponta uma probabilidade de 58% de queda para o Rubro-Negro baiano.

O primeiro dos últimos dez jogos do Vitória em 2018 será contra a Chapecense, no domingo, às 11h (de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó. Os outros adversários, na sequência, serão Corinthians, São Paulo, Paraná, Bahia, Sport, Atlético-PR, Cruzeiro, Grêmio e Palmeiras. Serão cinco jogos como mandante e cinco como visitante. A tabela pode ser considerada complicada, uma vez que a equipe baiana terá pela frente três partidas contra times que disputam as primeiras posições da tabela (São Paulo, Grêmio e Palmeiras) e quatro confrontos diretos contra rivais que estão na briga contra o Z-4 (Chapecoense, Paraná, Bahia e Sport).

A reta final do Campeonato Brasileiro tende a ser o período mais complicado para o Rubro-Negro. Será uma sequência de quatro adversários que estão na metade de cima da tabela de classificação e em boa fase. A partida que encerra a participação do Vitória na Série A será contra o Palmeiras, em São Paulo. O Alviverde é atualmente o líder da competição, mesmo com a opção do técnico Luiz Felipe Scolari em poupar parte da equipe titular para privilegiar a Copa Libertadores da América.

Desempenho do Vitória nas últimas dez rodadas do 1º turno

JogosPontuação
Vitória 1 x 0 Chapecoense+3
Corinthians 0 x 0 Vitória+1
São Paulo 3 x 0 Vitória0
Vitória 1 x 0 Paraná+3
Bahia 4 x 1 Vitória0
Vitória 1 x 0 Sport+3
Atlético-PR 4 x 0 Vitória0
Vitória 1 x 1 Cruzeiro+1
Grêmio 4 x 0 Vitória0
Vitória 0 x 3 Palmeiras0
Total: 11 pontos

Ao se levar em conta somente o segundo turno, o Rubro-Negro tem aproveitamento um pouco melhor, mas ainda inferior ao necessário para chegar à pontuação ideal. Nas últimas nove partidas, foram três triunfos, um empate e cinco derrotas, desempenho de 37%.

A campanha atual do Vitória é inferior à das últimas duas temporadas, quando o time brigou contra o rebaixamento até os últimos instantes. Em 2017, o Rubro-Negro chegou à 29ª rodada na 15ª posição com 33 pontos, um a mais que a Ponte Preta, primeiro time que ocupava a zona de rebaixamento. Em 2016, quando restavam dez jogos em disputa, a equipe baiana aparecia na 13ª colocação, com 35 pontos, quatro a mais que o Figueirense, que abria o Z-4.

Em meio à dificuldade dos jogos, será preciso subir de produção para atingir os 45 pontos, número que, pelo histórico do Campeonato Brasileiro, é considerado seguro para evitar o descenso. No primeiro turno, o Vitória conquistou 11 pontos nas últimas dez rodadas. Se repetir o aproveitamento, chegaria a 40. Apenas uma vez na história dos pontos corridos com 20 clubes uma equipe se salvou com essa pontuação. Foi em 2010, quando o Palmeiras terminou em 16º lugar, enquanto o Rubro-Negro baiano foi rebaixado, com 38. Nos últimos três anos, foi preciso atingir no mínimo 43 pontos para permanecer na Série A.

Para chegar aos 45 pontos, o Vitória precisa vencer cinco partidas e empatar uma, o que equivale a um aproveitamento de 53%, portanto, um desempenho de G-6. O rendimento atual do time é de 34,5%.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

Advertisement

E.C. VITÓRIA

Pouco aproveitado no Fluminense em 2018, meia Daniel é procurado pelo Vitória

Published

on

O meia Daniel, que disputou poucos jogos pelo Fluminense desde que retornou no meio de 2018, desperta interesse de clubes do futebol brasileiro. Criciúma, Vitória e Oeste, que disputarão a Série B em 2019, procuraram o Tricolor visando obter o jogador de 22 anos por empréstimo.

No Criciúma, Ricardo Rocha, novo assessor de futebol, e Doriva, técnico recém-anunciado, gostariam de contar com o meia na próxima temporada. O clube catarinense e o Vitória fizeram contatos iniciais com o Tricolor.

O Oeste, clube pelo qual Daniel já foi emprestado em três ocasiões e deixou boa impressão, tem as portas abertas para um retorno. Tanto que um novo empréstimo é levantado pelos dirigentes do clube sempre que há conversas com o Tricolor.

O meia teve seu retorno solicitado pelo Fluminense no meio de 2018 devido à carência do elenco em jogadores da posição. Daniel, porém, acabou atuando em apenas seis jogos – um como titular e outros cinco entrando no decorrer da partida.

As chances do meia ser emprestado novamente em 2019 existem, mas dependerão da decisão do novo técnico do Fluminense, que ainda não foi definido. Caso Fernando Diniz seja o escolhido, por exemplo, são grandes as chances do meia permanecer no Tricolor. Os dois trabalharam juntos no Oeste em 2016 e o jogador agrada o treinador.

informações do G1

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Presidente do Vitória não renuncia e projeta 2019 com a base

Published

on

Assumindo total responsabilidade pelo fracasso do Vitória em 2018 – e o consequente rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro -, o presidente do clube, Ricardo David, iniciou a coletiva de imprensa, nesta terça-feira (27/11), pedindo desculpa ao torcedor rubro-negro. “Sou o maior responsável pelo que aconteceu”, disse, garantindo que não deixa o cargo, mesmo sob a ameaça de renúncia coletiva do conselho deliberativo.

Na oportunidade, o dirigente afirmou que um somatório de erros fez o time profissional não obter nenhum sucesso em 2018, inclusive o de não ser mais próximo do conselho. Contudo, para ele, o principal foi não ter “reforçado as verdades do Vitória”, como ter um time competitivo – o que será fundamental no ano que vem. “A série B tem suas características e dificuldades específicas. Ainda nesta semana vamos nos reunir com a CBF e também já estamos buscando algum técnico que conheça essas especificidades”.

TÉCNICO E JOGADORES

Questionado se o ex-treinador do Bahia, Guto Ferreira, seria uma possibilidade, David não descartou a ideia e citou, também, Gilson Kleina como um dos “alvos de análise”. “Um dos maiores erros de clubes que disputam a Série A e já jogaram a Série B é querer  dar o mesmo tratamento para as duas divisões. Não faremos isso”, ponderou.

O atual comandante do Leão, João Burse, que assumiu após a saída de Carpegiani, volta à equipe sub-23 no próximo ano. Esquipe essa que deverá ser a cara do profissional na segunda divisão, com o intuito de fortalecer a base, ainda de acordo com o dirigente.

Em relação aos atuais jogadores, Ricardo David divulgou os que “não fazem parte do planejamento do time em 2019”. São eles: Rhayner, Aderllan, Wallyson, Bryan, André Lima, Lucas e Arouca. Estes dois últimos, inclusive, tiveram suas férias antecipadas e não enfrentam o Palmeiras no domingo (2/12), pela última rodada do Brasileirão. Ambos pertencem ao alviverde.

informações: Aratu OnLine

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

“Não tem o que falar”, comenta Jeferson sobre empate dentro de casa

Published

on

O resultado diante do Grêmio neste domingo (25), no Barradão, colocou o Vitória numa situação complicada. Para se manter na elite do futebol nacional na próxima temporada, o Leão precisa torcer pela derrota da Chapecoense contra o Corinthians, nesta noite, e São Paulo, no próximo fim de semana, além de tirar a diferença no saldo de gol. Em entrevista após o apito final ao canal Premiere FC, o lateral-direito Jeferson comentou a situação.

“Difícil falar, desde o jogo com o Corinthians a gente vem jogando bem, mas o resultado não vem. Só empate, empate, algumas derrotas. Corremos até o final, saímos exaustos. É pedir desculpa, segundo ano do Vitória assim, não tem o que falar. Mas a equipe deu o máximo em todos os jogos, todos somos homens e sabemos da responsabilidade. É erguer a cabeça. E pedir desculpa”

Com o resultado, a equipe comandada por João Burse permaneceu na penúltima posição na tabela de classificação, com 37 pontos – três a menos que o time catarinense. No entanto, o Leão volta a campo no próximo domingo (2), às 16h (horário de Salvador), no Allianz Parque, em São Paulo. O adversário é o Palmeiras, atual campeão da competição.

Faça um comentário
Continue Reading

publicidade

Advertisement

politica

segurança

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região