Connect with us

E.C. VITÓRIA

Vitória tem tabela complicada e precisa superar 1º turno para evitar queda

Published

on

Dez jogos separam o Vitória do fim da temporada, e o resultado dessas partidas determinará o futuro do clube. Atualmente, a equipe comandada por Paulo Cézar Carpegiani ocupa a 18ª colocação da Série A, com 29 pontos. Segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, o risco de rebaixamento é de 51%. Já a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) aponta uma probabilidade de 58% de queda para o Rubro-Negro baiano.

O primeiro dos últimos dez jogos do Vitória em 2018 será contra a Chapecense, no domingo, às 11h (de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó. Os outros adversários, na sequência, serão Corinthians, São Paulo, Paraná, Bahia, Sport, Atlético-PR, Cruzeiro, Grêmio e Palmeiras. Serão cinco jogos como mandante e cinco como visitante. A tabela pode ser considerada complicada, uma vez que a equipe baiana terá pela frente três partidas contra times que disputam as primeiras posições da tabela (São Paulo, Grêmio e Palmeiras) e quatro confrontos diretos contra rivais que estão na briga contra o Z-4 (Chapecoense, Paraná, Bahia e Sport).

A reta final do Campeonato Brasileiro tende a ser o período mais complicado para o Rubro-Negro. Será uma sequência de quatro adversários que estão na metade de cima da tabela de classificação e em boa fase. A partida que encerra a participação do Vitória na Série A será contra o Palmeiras, em São Paulo. O Alviverde é atualmente o líder da competição, mesmo com a opção do técnico Luiz Felipe Scolari em poupar parte da equipe titular para privilegiar a Copa Libertadores da América.

Desempenho do Vitória nas últimas dez rodadas do 1º turno

JogosPontuação
Vitória 1 x 0 Chapecoense+3
Corinthians 0 x 0 Vitória+1
São Paulo 3 x 0 Vitória0
Vitória 1 x 0 Paraná+3
Bahia 4 x 1 Vitória0
Vitória 1 x 0 Sport+3
Atlético-PR 4 x 0 Vitória0
Vitória 1 x 1 Cruzeiro+1
Grêmio 4 x 0 Vitória0
Vitória 0 x 3 Palmeiras0
Total: 11 pontos

Ao se levar em conta somente o segundo turno, o Rubro-Negro tem aproveitamento um pouco melhor, mas ainda inferior ao necessário para chegar à pontuação ideal. Nas últimas nove partidas, foram três triunfos, um empate e cinco derrotas, desempenho de 37%.

A campanha atual do Vitória é inferior à das últimas duas temporadas, quando o time brigou contra o rebaixamento até os últimos instantes. Em 2017, o Rubro-Negro chegou à 29ª rodada na 15ª posição com 33 pontos, um a mais que a Ponte Preta, primeiro time que ocupava a zona de rebaixamento. Em 2016, quando restavam dez jogos em disputa, a equipe baiana aparecia na 13ª colocação, com 35 pontos, quatro a mais que o Figueirense, que abria o Z-4.

Em meio à dificuldade dos jogos, será preciso subir de produção para atingir os 45 pontos, número que, pelo histórico do Campeonato Brasileiro, é considerado seguro para evitar o descenso. No primeiro turno, o Vitória conquistou 11 pontos nas últimas dez rodadas. Se repetir o aproveitamento, chegaria a 40. Apenas uma vez na história dos pontos corridos com 20 clubes uma equipe se salvou com essa pontuação. Foi em 2010, quando o Palmeiras terminou em 16º lugar, enquanto o Rubro-Negro baiano foi rebaixado, com 38. Nos últimos três anos, foi preciso atingir no mínimo 43 pontos para permanecer na Série A.

Para chegar aos 45 pontos, o Vitória precisa vencer cinco partidas e empatar uma, o que equivale a um aproveitamento de 53%, portanto, um desempenho de G-6. O rendimento atual do time é de 34,5%.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

Advertisement

E.C. VITÓRIA

Vitória vence a Chapecoense por 1 a 0 e deixa o Z4

Published

on

O Leão rugiu alto na manhã deste domingo (14). Com gol de Lucas Fernandes, o Vitória venceu a Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pelo Campeonato Brasileiro da Série A.

O Vitória fez um excelente primeiro tempo, sendo superior dentro da casa da Chapecoense. O gol da vitória foi marcado aos 37 minutos do primeiro tempo. O atacante Erick tentou chutar, acertou a marcação e acabou ficando com a sobra. Erick, então, cruzou e encontrou Lucas Fernandes livre na área para balançar as redes de cabeça.

O resultado tirou o rubro-negro do Z4 do campeonato. O próximo jogo do Vitória será no domingo (21), contra o Corinthians, no Barradão, também pelo Brasileirão da Série A.

 

FICHA TÉCNICA
Chapecoense 0x1 Vitória (Campeonato Brasileiro – 29ª rodada)
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 14/10/2018, às 11h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por  Jorge Eduardo Bernadi  e Rafael da Silva Alves (trio gaúcho)
Gol: Lucas Fernandes, para o Vitória

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Erick relata busca de Carpegiani por “time ideal”

Published

on

O técnico Paulo Cézar Carpegiani trabalha para encontrar a melhor formação para enfrentar a Chapecoense, em partida marcada para este domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Em entrevista concedida logo após a derrota para o Santos, na última rodada, ele chegou a dizer que nunca teve tanta dificuldade para acertar a equipe.

Carpegiani montou dois times diferentes ao longo da semana. No primeiro, o trio de frente foi formado por Neilton, Lucas Fernandes e André Lima. No segundo, o treinador escolheu Erick, Lucas Fernandes e Walter Bou.

Um dos cotados para começar jogando, portanto, é o atacante Erick, que relatou a busca de Carpegiani por encontrar essa equipe ideal.

– [Carpegiani] Está tentando achar o time ideal. Tenho certeza de que o time que ele colocar vai entrar e vai dar conta do recado – afirmou o atacante.

Não tem nada definido. Ninguém sabe quem vai jogar. Isso depende do professor.

Ainda na entrevista, o treinador rubro-negro ventilou a possibilidade de jogar sem centroavante, algo que não chegou a ser testado nos treinamentos. Mas, caso isso aconteça, Erick não vê problema em a equipe atuar sem um homem de referência.

– Não tenho preferência. O esquema que ele escolher, temos que nos adaptar o mais rápido possível. Com centroavante ou não, temos que ir lá e conquistar os três pontos – disse Erick.

Erick ainda comentou a má fase atravessada por Neilton, principal jogador do Vitória na temporada.

– Todo mundo sabe da qualidade do Neilton, é o nosso camisa 10. Nenhum jogador vai manter a fase o tempo todo. Nós sabemos que ele não vive uma boa fase, mas ninguém pode duvidar da capacidade dele – finalizou Erick.

Chapecoense e Vitória se enfrentam às 11h (horário de Brasília) deste domingo, na Arena Condá.

Confira outros trechos da coletiva de Neilton

Confronto direto
– Jogo difícil, de seis pontos. Sabemos da dificuldade que é jogar em [Chapecó]. Mas temos que ir lá para ganhar. Estamos na zona do rebaixamento e temos que ir em busca dos três pontos.

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Carpegiani comandou atividade no Vitória nesta quarta-feira (10)

Published

on

Com mais um treino coletivo tático, Paulo Cezar Carpegiani deu sequência às observações para definir o time do Vitória, visando o jogo contra a Chapecoense, próximo domingo (14), às 11h, na Arena Condá, em Chapecó, pela 29ª rodada do Brasileiro da Série A. Nesta quinta-feira (11), o comandante rubro-negro volta a movimentar os jogadores no turno da tarde finalizando a preparação em Salvador. A viagem para o Sul do País será na sexta-feira, às 7h, e em Chapecó serão realizados mais dois treinamentos, na sexta e no sábado.

Antes de iniciar o treinamento desta quarta à tarde, no gramado do Barradão, Carpegiani usou o quadro magnético para passar instruções aos possíveis titulares. Depois do aquecimento com o preparador físico Daniel Azambuja, o técnico orientou o trabalho coletivo tático dividido em dois tempos.

Carpegiani testou formações diferentes e mantém a dúvida para escolher o time. O treinador terá à disposição Neílton e Léo Gomes, que cumpriram suspensão no jogo passado, mas está impedido de utilizar os atacantes Rhayner e Maurício, suspensos, e goleiro Elias, que é emprestado pela Chapecoense.

Enquanto Carpegiani treinava o time, na área externa do campo do Barradão, os atacantes Luan e Luan Rodrigues deram continuidade à transição com o professor Lucas Penha, assistente da preparação física.

ARBITRAGEM
Para o jogo de domingo, a CBF determinou arbitragem do Rio Grande do Sul, liderada por Leandro Pedro Vuaden.

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Assistente 1: Jorge Eduardo Bernardi
Assistente 2: Rafael da Silva Alves
Quarto Árbitro: Tiago Augusto Kappes Diel
Assistente Adicional 1: Daniel Aloysius Soder
Assistente Adicional 2: Roger Goulart

Fotos: Maurícia da Matta / EC Vitória

Faça um comentário
Continue Reading

publicidade

Advertisement

politica

segurança

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região