Connect with us

Após o apagão da quarta-feira, 21, muitos transtornos foram causados aos moradores de Salvador por causa dos problemas relacionados ao transporte público, principalmente com o não funcionamento das estações do metrô.

Na manhã desta quinta, 22, o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, informou que a prefeitura já possuía um plano de contingência para a paralisação do serviço, mas que o blecaute afetou a movimentação dos ônibus por toda a cidade.

Por meio de nota, a CCR Metrô Bahia, empresa que gerencia as estações na capital baiana, comunicou ao Portal A TARDE que eles possuem um plano voltado para situações de apagão e para todas as situações que possam comprometer a operação do sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas.

De acordo com a CCR, a primeira ação a ser tomada é entrar em contato com a concessionária de energia elétrica para o conhecimento da dimensão do problema. Em seguida, eles mobilizam a equipe para informar a todos, não operar os vagões e fechar as estações.

A empresa também comunicou que não é possível a utilização de geradores em caso de blecaute. “Como a potência de energia elétrica para tração de todos os trens do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas é extremamente elevada, não é possível suprir tal consumo através de um gerador de energia elétrica”.

A CCR disse ainda que possui três subestações que atendem a operação do sistema, alimentado por linhas distintas de energia. A empresa informou também que, como a interrupção do fornecimento de energia afetou todas as linhas de transmissão, foi necessário parar o funcionamento do metrô.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

MOBILIDADE

Terminal Aeroporto passa a atender novas linhas; Veja

Published

on

A CCR Metrô Bahia informa que, por determinação da AGERBA, a partir deste sábado, 1º, mais três novas linhas metropolitanas terão como ponto o Terminal de Ônibus Aeroporto. As mudanças ocorrem em virtude da desativação do ponto de ônibus localizado próximo à concessionária Honda (sentido Estrada do Coco). Confira as novas linhas que passam a atender no terminal em tempo integral:

Com a mudança, as demais linhas de ônibus que antes paravam nesse ponto terão como parada o ponto de ônibus seguinte, localizado em frente ao viaduto da Avenida 2 de Julho (sentido Estrada do Coco). Sempre a partir das 20h, essas linhas passam também a operar dentro do Terminal de Ônibus Aeroporto.

Além destas, o Terminal Aeroporto conta outras linhas que atendem diferentes destinos e itinerários metropolitanos. Confira:

Lauro de Freitas (Centro);

Portão;

Praia de Ipitanga;

Vida Nova;

Terraplac;

Parque São Paulo;

Jauá;

Buraquinho;

Vilas do Atlântico/Miragem;

Itinga;

Jambeiro;

Vila de Abrantes;

Madre de Deus;

São Cristóvão;

Boca da Mata.

Terminal de Ônibus Mussurunga – Também a partir do dia 1º, a linha metropolitana Canto dos Pássaros (Via Arembepe) passa a ter o Terminal Mussurunga como ponto final na plataforma A, ponto 5.

Faça um comentário
Continue Reading

MOBILIDADE

Prefeitura divulga nomes dos mototaxistas classificados em credenciamento

Published

on

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), publicou no Diário Oficial do Município (DOM) desta terça-feira (21) os nomes dos classificados para o credenciamento de mototaxistas. No credenciamento da segunda etapa, realizado entre os dias 12 de março e 12 de junho, 470 mototaxistas foram classificados. Esses condutores ainda passarão por vistorias da documentação pessoal e da motocicleta, que serão realizadas na sede da Coordenadoria de Táxis e Transportes Especiais (Cotae). A Semob espera concluir essa segunda etapa até dezembro deste ano.

 

Durante a vistoria, serão avaliadas as regras estabelecidas pelo Decreto Municipal 28.278, de 22 de fevereiro de 2017. A normativa exige que, para transportar passageiros, é preciso estar habilitado na categoria A, no mínimo, há dois anos; a motocicleta (de até 250 cilindradas) deve ter, no máximo, cinco anos de uso, estar em nome do mototaxista e ser da cor amarela. Além disso, serão vistoriados todos os itens de segurança estabelecidos no decreto e, ainda, o motociclista precisa ter curso de especialização sobre condução de passageiros em veículos motorizados de duas rodas.

 

Para o cadastramento, foram solicitados documentos como cópia autenticada do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo em nome do interessado, cópia da Carteira de Habilitação na Categoria A, CPF, atestado médico de sanidade física e mental, emitido no máximo há 30 dias, e Certidão Negativa Criminal. Quem for aprovado na vistoria terá acesso ao alvará para atuar como mototaxista em Salvador. Ao todo, até a conclusão desta etapa, caso todos os credenciados sejam aprovados na vistoria, serão 1.192 alvarás entregues, restando apenas 1.742 das 2.938 vagas disponibilizadas.

 

Novas inscrições serão abertas, assim que esse processo da segunda etapa for concluído, para preencher as vagas restantes do credenciamento. A regulamentação da atividade, que há anos era realizada na cidade sem a devida normatização, visa oferecer mais segurança tanto para os condutores quanto para os passageiros, que passarão a contar com itens previstos no Código Brasileiro de Trânsito e na legislação municipal.

 

Faça um comentário
Continue Reading

MOBILIDADE

Mais de sete mil táxis passarão por vistoria até dezembro

Published

on

Foto Bruno Concha

A Secretaria de Mobilidade (Semob) deu início, nesta segunda-feira (20), à vistoria anual de táxis que prestam serviço no transporte de passageiros na capital baiana. A ação acontece na Coordenadoria de Transportes Especiais (Cotae), no Vale dos Barris, e até 14 de dezembro mais de sete mil veículos serão inspecionados, conforme o cronograma de atendimento divulgado pelo órgão municipal.

O taxista João Teles Martins, 62 anos, foi um dos primeiros profissionais da categoria que compareceu à Cotae nesta segunda. Ele atua na área há 40 anos e contou que o procedimento é uma forma de “garantir que seja prestado um serviço de qualidade à população”.

Os fiscais analisaram requisitos de padronização, como as faixas coloridas laterais, estado de conservação do automóvel, pneus e itens de segurança, a exemplo do triângulo, chave de roda e estepe, além da documentação exigida para que o táxi possa circular na cidade. O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) também verifica a situação do taxímetro para garantir que o aparelho esteja de acordo com as normas estabelecidas.

“É sempre indispensável esse tipo de inspeção porque dá ao profissional e ao passageiro respaldo de que o táxi está em boas condições para rodar. A população fica segura ao saber que fomos vistoriados e estamos de acordo com a lei”, pontuou o presidente da Associação Geral dos Taxistas, Dennis Paim.

Para o titular da Semob, Fábio Mota, essa inspeção irá possibilitar aos soteropolitanos maior tranquilidade ao utilizar os táxis em sua rotina. “Quando a Prefeitura checa os itens, documentos e emite o selo de qualidade, aquele carro está apto, ou seja, ele passou por todos os critérios exigidos pelas legislações municipal, estadual e federal. Além disso, também é analisado o motorista. A Prefeitura fica sabendo quem ele é e se tem a qualificação exigida após a conferência dos documentos pessoais e dos antecedentes criminais. Isso é importantíssimo porque o transporte se torna seguro”, enfatizou o gestor.

Procedimento – O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30. O valor da inspeção é de R$ 81,79, e aquele que não apresentar o veículo na data marcada pagará multa de R$ 32,95. A expectativa é que sejam vistoriados, por dia, uma média de 100 veículos. No ato da vistoria, os autorizatários devem apresentar certificado da última aferição, cartão de identificação, selo GNV, pagamento da contribuição sindical, licenciamento atualizado e licença de veiculação do Engenho de Publicidade em Táxi. Devem levar ainda documentos pessoais como comprovante de residência, carteira de identidade e de habilitação.

 

Faça um comentário
Continue Reading

Cajazeiras e Região