Connect with us

POLÍTICA

Escola Dona Arlete Magalhães em Castelo Branco, recebe 1ª edição do Câmara nas Escolas

Luiz Carlos (PRB-BA) realiza Câmara nas Escolas

Uma manhã diferente para cerca de 100 estudantes da Escola Municipal Dona Arlete Magalhães, situada no bairro de Castelo Branco, em Salvador. Nesta quarta-feira (29), os jovens participaram da primeira edição do programa Câmara nas Escolas, que levou o vereador e secretário de Comunicação da Câmara de Salvador, Luiz Carlos (PRB), para dialogar com os adolescentes, explicar a importância do Legislativo municipal para a sociedade e o papel dos vereadores no desenvolvimento do Município.

Durante a apresentação, que contou com apoio de material gráfico e vídeo, o vereador destacou as diferenças entre os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, explicando quais são os tipos de projetos elaborados pelos legisladores municipais. Luiz Carlos também lembrou que qualquer cidadão soteropolitano pode criar uma lei, através de um projeto de iniciativa popular ou por meio da recém-criada Comissão de Legislação Participativa.
Para Luiz Carlos, o projeto contribui com a construção da cidadania e formação de cidadãos críticos. “Nosso objetivo é formar um cidadão que, no futuro, possa estar ocupando um espaço dentro desses três poderes, ou não, mas que estará ajudando a colocar nesses espaços pessoas que tenham um perfil e propostas alinhadas com suas ideias”, afirmou.

Futuros eleitores

“Eu conhecia um pouco da Câmara, sabia que ela cria alguns projetos, mas com essa palestra eu aprendi muito mais”, avaliou Sulamita Protássio, de 14 anos, estudante do 8º ano. A subsecretária de Educação de Salvador, Rafaella Pondé, disse que a pasta se sente privilegiada por ter uma de suas escolas escolhidas para dar início ao projeto. “São futuros eleitores, pessoas que precisam ser sensibilizadas, conscientizadas e que precisam entender a importância da participação no universo da política, porque a política é o que faz com que o município se desenvolva”, acrescentou.

Programa

O objetivo do Câmara nas Escolas é aproximar ainda mais a juventude do Poder Legislativo, da instituição e da política em geral, bem como fazer com que os jovens entendam a função dos poderes. Por meio de uma apresentação lúdica, durante aproximadamente uma hora os estudantes de escolas públicas e particulares de Salvador recebem informações sobre a composição da Câmara, os vereadores e suas atribuições.

O projeto foi criado pela Secretaria de Comunicação da Câmara, órgão que integra a Mesa Diretora da Casa. O cronograma de visitas busca contemplar sempre um vereador diferente para participar das visitas a cada mês. A expectativa é que pelo menos 8 escolas recebam o projeto este ano. O programa é voltado para estudantes a partir do 6º ano do Ensino Fundamental. As visitas são sempre alinhadas com as secretarias de Educação. Toda escola, de qualquer bairro, pode solicitar a visita do Câmara nas Escolas pelo telefone da Secretaria de Comunicação: (71) 3320-0332.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

POLÍTICA

Câmara de Vereadores antecipa salários dos servidores do mês de julho

Além da antecipação do 13º salário no dia 7 de junho, o presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Junior, garantiu pagamento do salário dos servidores da Casa referente ao mês de julho para esta terça-feira (18). O chefe do Legislativo soteropolitano pediu prioridade à Diretoria Administrativa como forma de “reconhecer a importância dos festejos juninos para os nordestinos”.

“Sabemos que o São João é como se fosse o Natal dos nordestinos. Com isso, resolvemos antecipar os salários para garantir os festejos juninos, mas lembro que devemos planejar direito para realizar as despesas prioritárias, pois o mês será mais longo”, ressaltou Geraldo Junior.

O presidente ainda reforçou que, a antecipação contribui para a movimentação da economia na cidade.

Faça um comentário
Continue Reading

POLÍTICA

Preso em Brasília, Geddel pede ao STF para ser transferido para Salvador

O ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima(MDB-BA) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para ser transferido do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para algum presídio em Salvador (BA). A família de Geddel mora na capital baiana.

Caberá ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, analisar o pedido. Fachin já cobrou uma série de informações para poder tomar uma decisão.

Fachin quer saber, por exemplo:

  • se há vaga para Geddel em algum presídio em Salvador;
  • as condições de alojamento;
  • se Geddel responde a outros processos na Justiça do DF;
  • se a Papuda considera conveniente o deslocamento para Salvador.

Caso das malas de dinheiro

Em maio, a ação penal na qual Geddel é réu no STF entrou na última fase antes do julgamento. O ex-ministro é réu no caso em que a Polícia Federal encontrou em Salvador malas com R$ 51 milhões. Concluída a fase de revisão, Geddel será julgando, podendo ser absolvido ou condenado.

Geddel Vieira Lima comandou a Secretaria de Governo entre maio e novembro de 2016, no governo Michel Temer. O político está preso desde 2017 na Papuda.

Segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), os R$ 51 milhões apreendidos em Salvador têm origem criminosa: propinas da construtora Odebrecht; repasses do operador financeiro Lúcio Funaro; e desvios de políticos do MDB.

Quando o Supremo decidiu abrir a ação penal, o advogado Gamil Foppel apontou falta de provas e de elementos consistentes contra Geddel. A defesa criticou o que chamou de “nulidades” durante o processo, como o fato de o dinheiro ter sido encontrado após denúncia anônima e sem a identificação dos policiais que foram ao apartamento pela primeira vez.

.

.

.

Fonte G1

Faça um comentário
Continue Reading

POLÍTICA

Em Fórum de Governadores, Rui apoia sugestão de Rodrigo Maia

A reforma da previdência acalorou o clima da quinta reunião do Fórum de Governadores, nesta terça-feira (11), em Brasília. O governador Rui Costa se colocou à disposição do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, presente no encontro, no sentido de construir um acordo com os deputados para o avanço da votação, desde que sejam retirados do projeto enviado pelo governo Bolsonaro temas já explicitados pelo Consórcio de Governadores do Nordeste. Rui enfatizou que o texto atual não é bom para a Bahia e, se for mantido, defende que o estado seja excluído da reforma.
“Com este texto que está aí eu fico contra, porque é prejuízo para a Bahia e com isso eu não posso concordar”, manifestou o governador baiano.

Ele fez as contas do impacto do texto atual nas finanças da Bahia. Em seu entendimento, uma reforma da Previdência é urgente e necessária, mas deve ser justa e com ajustes que realmente ajude os estados e sair do vermelho. A reunião do Fórum de Governadores segue até o meio dia com a representação de todos os estados, o presidente da Câmara e também o relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira.

Faça um comentário
Continue Reading

Publicidade:

Anúncio
Advertisement

politica

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região