Connect with us
 

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Festival Literário Nacional (Flin) retorna para Cajazeiras em sua 2ª edição

Published

on

Foto: Camila Souza/GOVBA

De 9 a 11 de junho, acontecerá o FLIN – Festival Literário Nacional, realizado pelo Governo do Estado da Bahia, através da Fundação Pedro Calmon (FPC), da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA). Com mesas redondas, oficinas, mesacast, atividades infantis e shows, o evento que ocupará o Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras traz para sua segunda edição nomes como Baco Exu do Blues, Itamar Vieira Junior, Thiago Banha, Aurita Tabajara, Rita Batista, Micheliny Verunschk e Bixarte, com o intuito promover reflexões diversas sobre as transformações sociais e culturais a partir da leitura.

Com o mote “Diversas Leituras e Novos Caminhos”, o festival retorna para Cajazeiras, bairro com maior população da América Latina, em três dias de atividades reunindo crianças, jovens e público interessado na cultura literária. “O fundamento é apresentar as diversas possibilidades de leitura, e dinamizar aquela região que sempre foi um berço cultural, mas era carente de ações desta proporção”, destacou a secretária de Cultura do Estado, Arany Santana.

Em 2019, a primeira edição do FLIN reuniu mais de 15 mil pessoas, entre artistas, editoras e escolas. Após o isolamento social, necessário para combater a transmissão do coronavírus, o festival retorna ao bairro abordando as transformações culturais e sociais a partir da leitura. Para o diretor geral da FPC, Zulu Araújo, a segunda edição do Flin na região reforça o compromisso com a juventude local. “O retorno do Flin para Cajazeiras, revela a permanência do compromisso da Fundação em fazer com que as políticas públicas do livro e da leitura cheguem aos jovens que estão na ponta da linha. Além de permitir que escritores, pensadores e artistas do mundo da literatura possam dialogar diretamente com essa juventude tão plural e diversa “.

Baco Exu do Blues – Foto: Roncca Divulgação

A ocupação que acontece no Ginásio Poliesportivo, com área de mais de três mil metros construída, terá sua quadra, com capacidade para mais de duas mil pessoas, dividida nos palcos Arena e Tenda, onde ocorrerão as mesas literárias, conversas e os shows. Na área externa, com capacidade para 7 mil pessoas, acontecerão as oficinas, atividades infantis e as apresentações no espaço Rótula Cultural, criado especialmente para os talentos de Cajazeiras, reunindo artistas do slam, poesia, música, dança e performance.

Programação

Os três dias do Festival têm atividades em diversos espaços. No dia 9, a mesa de abertura recebe o rapper baiano Baco Exu do Blues para uma conversa com a jornalista Rita Batista. No mesmo dia, Evanilton Gonçalves, escritor de “Coração em outra América” e a poeta Rita Santana, dialogam sobre como as liberdades estão ameaçadas. Ainda tem uma conversa sobre educação empreendedora e as populações pretas, com a jornalista Luana Souza e Karine Oliveira, CEO da Wakanda Warriors. Ainda no dia 9, tem batalha de mc’s na Rótula Cultural e para fechar o dia, show da cantora Nêssa.

Na sexta-feira (10), o FLIN traz o premiado escritor de “Torto Arado”, Itamar Vieira Junior, para refletir quais os impactos das ações atuais em nosso futuro. Na mesa “Onça que ruge, onça que fala”, tem o diálogo com a escritora cearense Auritha Tabajara e a escritora Micheliny Verunschk. Pela tarde acontece o sarau da JACA, e o show fica por conta do rapper Hiran e do soteropagotrap de Guedez.

Auritha Tabajara – Foto: Divulgação

No último dia da programação, acontece uma roda de conversas sobre pessoas trans e a literatura, com a cantora e poetisa Bixarte, o escritor baiano Esteban Rodrigues, com mediação do poeta Alex Simões. A resenha está garantida com o comediante Tiago Banha, numa mesa com a atriz e apresentadora Luana Xavier, sobre o riso e seus limites, o público presente ainda poderá conferir o Slam das Minas. Encerrando a programação, a banda Afrocidade sobre ao palco do FLIN.

Os três dias de festival ainda recebem o projeto Boca de Afofô, mesacast que terá transmissão ao vivo no canal do youtube @fpedrocalmon e reunirá artistas de diversas áreas num bate-papo descontraído. A Secretaria da Educação do Estado (SEC), desenvolverá oficinas de arte visual periférica, customização de turbantes, fotografia com celular e de escrita criativa. Além disso, o festival reúne uma feira do livro, com diversas editoras e uma programação infantil repleta de contação de histórias, lançamento de livros e apresentações teatrais.

Confira mais informações no site www.flin.ba.gov.br e no instagram @flinoficial.

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

Advertisement