Connect with us

POLÍTICA

Proposição de Débora Santana busca viabilizar eventos virtuais

Published

on

Foto: Reginaldo Ipê

Projeto de Lei nº 130/21 institui o Programa Salvador Cultural e Digital

O mundo mudou. A pandemia do novo coronavírus tem colocado inúmeros desafios para gestores públicos, empresários e artistas, que em sua maioria estão sem trabalhar há mais de um ano.
Pensando nisso, a vereadora Débora Santana (Avante) apresentou o Projeto de Lei nº 130/21, que institui o Programa Salvador Cultural e Digital. A iniciativa tem como objetivo a promoção e reativação do setor artístico cultural por meios de eventos virtuais durante a pandemia, e em outros momentos que ocorrerem restrições semelhantes.

O projeto

Além de proporcionar lazer e entretenimento aos soteropolitanos que estão em isolamento social, o Programa Salvador Cultural e Digital também tem como proposta valorizar os artistas e as manifestações culturais locais.
A matéria sugere uma parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, onde a pasta definirá o formato dos eventos e o meio de exibição juntamente com os órgãos públicos, a sociedade civil e a iniciativa privada.
Débora Santana destaca a importância da iniciativa: “Através desse modelo todos serão contemplados, os artistas que farão suas apresentações em casa, ou, a critério do poder público, nos espaços de cultura, a exemplo, de largos e praças, concha acústica, teatros, centros culturais, auditórios e similares, respeitadas, em quaisquer dos espaços, as regras sanitárias impostas na ocasião”.
“Dessa forma, os mesmos estarão exercendo suas atividades e as pessoas que estão em isolamento social terão acesso a conteúdo por meio virtual gratuito e de qualidade”, completa a vereadora Débora Santana.

Faça um comentário
Advertisement

publicidade

Advertisement

politica

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

error: Copyright © - Grupo Fala Cajazeiras ®