Connect with us

MOBILIDADE

Decisão sobre aumento na tarifa de ônibus será tomada até maio

Published

on

Foto: Fala Cajazeiras

O prefeito Bruno Reis (DEM) disse que decidirá até maio sobre o aumento da tarifa de ônibus em Salvador. Para evitar um aumento de acordo com a inflação de 2021, na casas dos 10,74%, o mandatário afirmou que espera um subsídio do governo federal para definir valores.

“Estamos pedindo ao governo federal um subsídio para as tarifas para pagar pelas gratuidades federais, dos idosos e das pessoas com deficiência: 64 milhões para Salvador, o que evitaria o aumento de 10%”, disse o prefeito durante entrevista na Rádio Metrópole, na manhã desta sexta-feira, 7.

O democrata demonstrou preocupação com possíveis protestos no Brasil caso não haja  um subsídio significativo do Palácio do Planalto para evitar um aumento expressivo no valor das passagens.

“Se não houver algum tipo de apoio, vai ocorrer em 2022 o que ocorreu em 2013. Tem cidades, que se forem aplicar a fórmula contratual [prevista nos contratos de concessão], haverá aumento de até R$ 2”, confirmou.

Pandemia

Na entrevista, o prefeito afirmou que foram gastos, desde o início da pandemia de Covid-19,  1.345 bilhões no enfrentamento da pandemia na capital baiana. Segundo Bruno Reis, desses recursos, R$ 715 milhões foram recursos próprios da prefeitura.

“Um bom governo é aquele que tem a capacidade de resolver os problemas que surgem todos os dias”, avaliou Bruno, ao apontar equilíbrio nas contas públicas da prefeitura.  “Temos muita esperança e otimismo no futuro, conseguimos colocar a prefeitura nos trilhos. Hoje eu sei como chegaremos em 2024; Se não acontecer nada de força maior, conseguiremos cumprir o que planejamos pra nossa cidade”, disse.

Faça um comentário
Advertisement