Connect with us

CAJAZEIRAS E REGIÃO

Prefeitura de Salvador já urbanizou mais de 450 mil metros de área de lazer

Published

on

Somados dariam para fazer 42 campos oficiais de futebol.

A Prefeitura de Salvador, através de um desejo do prefeito ACM Neto, vem fazendo investimentos na expansão dos serviços públicos oferecidos à população.
Com isso, a Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) vem se transformando dia após dia e se adequando as necessidades da cidade, são projetos e inovações em favor da população todos os dias. Entre conservação e novos projetos, já chegamos a 446 mil metros de áreas urbanizadas, são mais de 42 campos oficiais de futebol. Já foram construídos 11 Dog Park (Espaços para cães), 267 Academias ao ar livre, mais de 38 km de passeios públicos recuperados, e 435 Praças construídas ou recuperadas, com os novos modelos e infraestrutura. Implantamos nestes equipamentos, Como Casa de Tarzan, academias de saúde ao ar livre e musculação, espaço de jogos, comunicação visual, balanços novos, feitos de eucalipto (Madeira de reflorestamento), além das quadras poliesportivas e de esporte em areia, e as mini quadras (espaços reduzidos para pratica de futebol entre menores), seguindo o pedido e orientação do prefeito.

PRAÇAS

A praça foi o grande ponto de partida para se conhecer uma cidade. Em Salvador se espalham por todos os bairros, reunindo pessoas, estimulando a convivência, um bom papo o lazer e a ocupação. 

A prefeitura vem investindo em todos os 163 bairros desde 2013, o dia a dia o momento de lazer em família, uma caminhada, os exercícios diários, uma partida de dominó, são diversas as possibilidades de descanso alegrias mais que podem se concentrar em apenas um lugar. 

“Independente da situação financeira, crença e etnia, as praças proporcionam encontros de pessoas que talvez nunca se conhecessem se não fosse um espaço aberto ao público” para Marcílio Bastos, presidente da Desal.

SUSTENTAVEL

A Companhia mudou todo o formato e projeto de espaços de lazer na cidade, com um novo conceito e modelos mais atrativos, revolucionou e trouxe o simples e o moderno para estes espaços. As atrações estão por todos os lados, mini basquete, mesa de ping pong, poli basquete, se juntam a mesa de botão, amarelinha, quadras, mesas de jogos e o velho piquenique  na grama fofa, para se deitar, ler, ou brincar, é verdade pode pisar na grama, pode curtir a grama. Pontua Marcílio.

As praças são projetadas para ter mais de 60% de área verde pois além de estarem de acordo e ainda ser sustentável, vários equipamentos nas novas praças são de materiais reaproveitado, os bancos modulares são feitos com o resto da obra, o cercado é feito com madeira de reflorestamento.

DOG PARK

Ao todo, a cidade já conta com 11 Dog Park, todos localizados em praças. Os dog parks além de ser uma área destinada ao lazer dos bichinhos. É um espaço muito interessante, esta novidade veio da demanda de donos e criadores, onde buscava além de tranquilidade, saúde para os cães. Salvador é a capital no Brasil que tem mais Dog parks, e este número será ampliado, existem mais 5 espaços que serão inaugurados, e um será muito especial, será construído na praça Lord Cochrane na Av. Garibaldi o maior Dog Park do mundo, com 1200 metros, será dividido em várias áreas com espaços para cães pequenos, para cães com deficiência, para fêmeas, e uma academia de esforços para cães obesos. Informou Marcílio.

Os equipamentos podem ser encontrados nas praças do Imbuí; Afonso Ruy, no Itaigara; ACM, em São Caetano; do Vale dos Rios; dos Dendezeiros, na Cidade Baixa; do Alto do Parque, no Itaigara; Alpha Plus, na Paralela; Santos Dummont, na Pituba; do Jardim Apipema; do Benjoim, no Caminho das Árvores; e Nossa Senhora Assunção, na Pituba.

ESPAÇO INFANTIL E ADAPTADO PARA PCD

Além dos brinquedos e espaços para o público infantil, alguns equipamentos são para inclusão social, são adaptados com rampas, piso tátil e brinquedos com acessibilidade, contribuindo com a inclusão das crianças com deficiências em parques infantis. Nos espaços, os pequenos contam com novidades como a Casa de Tarzan, amarelinha, balanço, gangorra. Cavalinhos e focas.

ACADEMIAS

As academias ao ar livre são uma excelente opção para quem gostaria de praticar exercícios físicos e não consegue se adaptar às academias tradicionais, em Salvador já foram instaladas 267 em cada canto da cidade, todo bairro tem uma, me pedem o tempo todo, este equipamento não é muito fácil de instalar, ele vem acompanhada de uma boa infra – estrutura, principalmente quando é montado em um local que não seja uma praça, explica Marcílio.

Você já sabe que fazer atividades físicas regulares é uma das principais medidas a ser adotada para aumentar nossa expectativa de vida e também para garantir boas condições do corpo e da mente por muitos anos.

EU CURTO MEU PASSEIO

Outros programas também contribuíram para a urbanização da cidade, como o “Eu curto meu passeio” através da Desal, a Prefeitura está requalificando o calçamento público em diferentes pontos da cidade, foram mais de 50 bairros. Até o final de Fevereiro, 38,8 quilômetros de passeios já tinham sido reformados.

Com estas ações a prefeitura de Salvador, através da Desal continua, pesquisando, estudando, desenvolvendo e concretizando equipamentos construindo ou reformando, principalmente em área de densidade baixa, com o IDH baixíssimo como o bairro da Nova Constituinte e outros. 75% dessas atividades se concentraram nesta camada da população, onde existe uma necessidade maior de cuidados e um olhar mais profundo da prefeitura. Pontuou Marcílio Bastos.

ESCOLA SEM MURO

O projeto envolve uma série de ações de órgãos públicos municipais, alunos, professores, coordenadores, gestores, funcionários e, principalmente, a comunidade local, com foco na valorização da escola e fortalecimento dos laços com a comunidade, para construir uma consciência de responsabilidade, cuidado e preservação desse bem público.

No dia do evento acontecem atividades recreativas como grafitagem, apresentações de fanfarra, percussão, voz e violão, capoeira, grupos de dança (adulto e infantil) e coral da própria comunidade.

As escolas devem ter em seu escopo o segmento de Fundamental II, uma vez que um dos princípios do projeto resulta na conscientização e educação das crianças no combate, também, ao vandalismo, falta de cuidado e interação com a escola. Todo projeto busca unir os alunos e agregar às suas famílias para dentro da escola, que no dia do evento é entregue com os portões abertos para todos, daí o nome “Escola Sem Muros”.

Uma vez que a comunidade/famílias entendam que a escola está aberta para recebê-los com uma área de convivência. A ideia do projeto abrange, após a entrega, a perpetuação das ações pedagógicas, estruturais e culturais.

Após o projeto ser formulado, entende-se que as áreas que eram inoperantes podem ser úteis para todos como área de lazer diferenciada, com práticas esportivas e culturais. A Desal participa com a implantação de equipamentos como mini praças, mini quadras, basquete, poli basquete, mesas de ping pong, futmesa e a infra- estrutura destes locais. Finalizou Bastos.

Faça um comentário

Publicidade:

Advertisement

politica

Cajazeiras e Região

error: Copyright © - Grupo Fala Cajazeiras ®