Connect with us

E.C. VITÓRIA

Vitória encara o Corinthians hoje, às 19h30

Published

on

Nem o mais confiante torcedor do Vitória acredita que a partida desta quarta-feira (24), contra o Corinthians, será fácil. As duas equipes se enfrentam às 19h30, no Barradão, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Apesar da dificuldade já esperada, é possível, sim, ser otimista. Dos prováveis titulares rubro-negros hoje, seis estiveram em campo também no surpreendente triunfo por 1×0, no dia 19 de agosto do ano passado, que tirou uma invencibilidade de 34 jogos do time paulista, em pleno Itaquerão, em São Paulo. Aquele foi o último confronto entre as equipes.

Kanu, Ramon, Juninho, Uillian Correia, Yago e Neilton iniciaram aquela partida, assim como o técnico Vagner Mancini, que havia sido contratado no mês anterior. O sexteto será titular no Barradão.

Um dos remanescentes, Kanu alerta que o adversário continua em ótima fase. “O Corinthians tem uma grande equipe, vem fazendo excelente temporada e é sempre um adversário muito forte. Temos que ter o máximo de atenção e equilíbrio durante os 90 minutos para conquistarmos um grande resultado dentro da nossa casa”, diz o zagueiro.

Considerando os 14 jogadores que atuaram na partida de 2017, também continuam no elenco Fernando Miguel e Fillipe Soutto, mas eles não serão titulares no reencontro de logo mais. O goleiro e o volante perderam a posição para Caíque e Willian Farias, respectivamente.

No ano passado, o Vitória venceu no Itaquerão com Fernando Miguel, Caíque Sá, Kanu, Wallace e Juninho; Ramon, Uillian Correia, Yago (Fillipe Soutto) e Neilton (Carlos Eduardo); David (Patric) e Tréllez, autor do gol.

O provável time para hoje tem Caíque, José Welison, Kanu, Ramon e Pedro Botelho; Willian Farias, Uillian Correia, Yago e Rhayner; Neilton e Denílson. O treino de ontem foi fechado à imprensa, como de costume.

Pelo lado alvinegro, são sete remanescentes. Foram titulares naquela partida Cássio, Fagner, Balbuena, Maycon, Romero, Rodriguinho e Clayson, além do técnico Fábio Carille. O time entrou em campo na época com Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Romero, Rodriguinho e Clayson; Jô.

Premiação e histórico
As oitavas de final serão disputadas em jogos de ida e volta, e continua sem haver gol qualificado como critério de desempate. A volta ainda não tem data marcada. Quem avançar às quartas de final receberá premiação de R$ 3 milhões. Até agora, o Vitória já embolsou R$ 7,43 milhões.

Ao lado do Atlético-MG, o Vitória é o clube que mais participou da Copa do Brasil: 27 das 29 edições. Destas, disputou as oitavas de final 15 vezes e conseguiu avançar às quartas em oito (1991, 94, 98, 2003, 04, 09, 10 e 12). Chegou às semifinais duas vezes. Em 2004, eliminou o Corinthians nas quartas com derrota de 1×0 em São Paulo e triunfo de 2×0 em Salvador. A outra vez foi na melhor campanha do Leão, em 2010, quando alcançou a final e perdeu o título para o Santos, com derrota por 2×0 na Vila Belmiro e vitória por 2×1 no Barradão.

informações do Correio / Foto:  (Maurícia da Matta/EC Vitória)

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

E.C. VITÓRIA

Vitória e CSA começam o Nordestão com um empate e belas jogadas

Published

on

CSA e Vitória fizeram um bom jogo nesta terça no Rei Pelé. Grandes defesas, lances bonitos e dois gols. Tudo igual. Patrick Fabiano abriu o placar para o Azulão e, de pênalti, Nickson fechou o placar em 1 a 1. Essa foi a estreia oficial dos times na temporada e no Nordestão. O CSA jogou com sua equipe principal, e o Leão escalou o sub-23. No fim, um ponto pra cada lad

PRIMEIRO TEMPO

O Vitória começou o jogo ditando o ritmo. O CSA apresentou deficiência na marcação pela direita, e o Leão criou três chances. Na melhor delas, aos 12, Mateus lançou Luan Silva, que passou pelo marcador e tocou pra trás. Eron, livre, bateu colocado e João Carlos fez uma grande defesa.

O Vitória ainda teve um chance, mas, a partir dos 25, o CSA se arrumou. Criou uma ótima chance numa finalização pra fora de Matheus Sávio e, aos 30, quase abriu o placar, com Patrick Fabiano. que escorou cruzamento da direita de Matheus e viu a bola sair por pouco.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou melhor para o Vitória. Por pouco, Cedric não abriu o placar aos cinco minutos. O CSA respondeu imediatamente. Matheus Sávio cobrou escanteio da esquerda, Régis escorou e Patrick Fabiano acertou a trave. Na jogada seguinte, o primeiro gol da partida, aos nove.

Matheus Sávio chutou de fora da área, acertou a trave do Vitória e, no rebote. Patrick marcou o primeiro dele com a camisa do CSA. Depois, só deu Leão, com destaque para o atacante Luan Ferreira.

Teve bola na trave, grandes defesas de João Carlos e, aos 31, um pênalti. Nickson deslocou o goleiro do CSA e empatou o jogo no Rei Pelé.

fonte G1 / Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

 

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Vitória anuncia Alarcon Pacheco como Gerente de Futebol do Clube

Published

on

Dando continuidade à reorganização orçamentária do Clube, o Esporte Clube Vitória comunica que Alarcon Pacheco é o novo Gerente de Futebol do Leão. O profissional estava no CRB, onde atuou como Diretor de Futebol, e conquistou seis títulos e dois acessos em sete anos.

Alarcon está em Maceió e acompanhará a equipe Sub-23 no jogo de estreia na Copa do Nordeste, nesta terça (15), às 21h30 (horário de Salvador), contra o CSA. O Gerente de Futebol do Rubro-Negro volta com a delegação e será apresentado na Toca do Leão na quarta-feira (16), em horário a ser definido.

“Estou com uma expectativa muito grande em iniciar esse trabalho no Vitória. Sei da força e da grandeza do time e espero conquistar os objetivos traçados para temporada ao lado da torcida, Diretoria e atletas”, disse Alarcon Pacheco.

Faça um comentário
Continue Reading

E.C. VITÓRIA

Vitória coloca time sub-23 à prova contra CSA

Published

on

Para dar mais tempo de treino para grupo principal, clube manda grupo jovem a Maceió enfrentar o Azulão na estreia da temporada, pela Copa do Nordeste; partida será às 21h30 Com o time sub-23, o Vitória estreia oficialmente na temporada nesta terça-feira, quando enfrenta o CSA, em Maceió, pela rodada de estreia da Copa do Nordeste.

Em preparação desde o dia 17 de dezembro, os garotos do Rubro-Negro entram em campo não somente para dar maior tempo de treino para o elenco principal, que se reapresentou no dia dois de janeiro, mas também com a missão de mostrar que podem dar conta do recado. Até então, o clube só confirmou esse jogo com a equipe sub-23 no Nordestão. Mas e se os garotos conseguirem ir bem?

– A gente não tem pacote nenhum fechado em relação a isso. O que está fechado é que, terça-feira, joga o sub-23, que vem treinando desde o dia 17. Depois do jogo de terça é que a gente vai sentar para reavaliar, junto com a diretoria, comissão técnica, se a gente vai manter o 23 para o jogo do fim de semana e preparar melhor para o dia 24, o jogo do Vitória da Conquista. Isso tudo vai ser feito após o jogo de terça-feira – disse o técnico do time profissional, Marcelo Chamusca, no último domingo.

Na preparação, o elenco rubro-negro teve 28 dias de trabalho e realizou dois amistosos. O time perdeu para o Atlético de Alagoinhas por 1 a 0 e bateu o Bahia de Feira por 4 a 2. Ambos os jogos foram realizados no Barradão.

– Reponsabilidade muito grande, e ao mesmo tempo uma oportunidade muito grande. Estamos cientes disso. A responsabilidade de estar representando e iniciando a temporada, então é grande. Nos preparamos para isso durante 30 dias. É uma oportunidade grande para todos nós. Eles vão tentar aproveitar da melhor maneira – disse João Burse na última entrevista coletiva antes do jogo.

Apesar de formado por jogadores do elenco sub-23 do Vitória, o time que vai a campo logo mais é bem conhecido do torcedor rubro-negro. Da provável equipe titular, oito atletas já estrearam pelo time profissional. Nos treinos e no último amistoso, contra o Atlético de Alagoinhas, João Burse escalou a seguinte equipe: Caíque; Cedric, Gabriel, Bruno Bispo e Mateus; Hebert, Luan Ferreira, Jhemerson, Luan e Nickson; Eron.

Luan se destacou em treinos pelo Vitória — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Com apenas Hebert como volante na provável equipe titular, João Burse deve colocar em campo uma equipe ofensiva. A expectativa gira em torno do desempenho dos “Luans” rubro-negros. Luan Silva, revelação do clube em 2018, sofreu com lesões na temporada passada e vai ter a chance de ter uma sequência. Luan Ferreira, que chegou ao clube em 2018, também se machucou no ano passado, mas tem mostrado bom desempenho ao longo dos treinos e amistoso.

O jogo

CSA x Vitória, rodada de abertura da Copa do Nordeste

Quando: terça-feira, 15 de janeiro;
Local: estádio Rei Pelé, Maceió;
Horário: 21h30 (de Salvador);
Time provável: Caíque; Cedric, Gabriel, Bruno Bispo e Mateus; Hebert, Luan Ferreira, Jhemerson, Luan e Nickson; Eron;
Desfalques: Léo Xavier, com contusão muscular;
Arbitragem: Diego da Silva apita o jogo auxiliado por Ailton Farias da Silva e Rodrigo Guimarães Pereira. O trio é de Sergipe.

informações do G1

Faça um comentário
Continue Reading

publicidade

Advertisement

politica

segurança

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região