Connect with us
   

EDUCAÇÃO

Estudantes têm até hoje (17) para se inscrever no Enem 2019

Hoje (17) é o último dia para os estudantes se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. As inscrições podem ser feitas pela internet, na Página do Participante, até as 23h59.

A dica do Ministério da Educação é não deixar para se inscrever na última hora, pois são comuns os picos de acesso ao sistema de inscrição nos últimos minutos.

Também termina hoje o prazo para solicitar atendimento especializado e específico e para alterar dados cadastrais, município de provas e opção de língua estrangeira. No dia 22 será divulgado o resultado do pedido de atendimento especializado e específico.

Taxa de Inscrição

A taxa de inscrição para o Enem é de R$ 85. Quem não tem isenção deve fazer o pagamento, até o dia 23 de maio, em agências bancárias, casas lotéricas e Correios.

Provas

O Enem será aplicado em dois domingos, nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes responderão a questões de linguagens e ciências humanas e farão a prova de redação. Para isso, terão 5 horas e 30 minutos. No segundo dia, os estudantes terão 5 horas para resolver as provas de ciências da natureza e matemática.

Os gabaritos das provas serão divulgados até o dia 13 de novembro. O resultado sairá em data a ser divulgada posteriormente.

As notas do Enem podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Faça um comentário

O maior Portal de Notícias e Entretenimento de Cajazeiras e região. O que você gostaria de saber "A gente mostra todo mundo vê"

EDUCAÇÃO

Estado convoca novos professores aprovados em processo seletivo

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia publicou, na edição desta quinta-feira (16) do Diário Oficial (DO), a nova lista de professores da Educação Indígena, da Educação Básica e da Educação Básica do Campo que foram convocados para exercer as suas funções pedagógicas em escolas da rede estadual de ensino. No total, foram chamados, por ordem de classificação, mais 57 profissionais, selecionados por meio de Processo Seletivo Simplificado de Seleção Pública pessoal temporária, pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). A lista de convocados está disponível no Portal da Educação.

Neste edital foram convocados 18 professores da Educação Indígena, que irão atual nos colégios estaduais Indígena Tupinambá de Abaeté, no distrito de Santana, em Ilhéus, e Indígena Coroa Vermelha e anexos, no distrito de Meio da Mata, em Porto Seguro. Estes educadores da Educação Indígena, que se somam aos 150 convocados na semana passada, devem comparecer na sede do Núcleo Territorial de Educação (NTE) a que pertence o município para o qual foram aprovados, no prazo de dez dias úteis, a partir da data de publicação do edital de convocação no DO (16/5), nos horários das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30, munidos de documentos originais e fotocópia, conforme estabelecido no edital de convocação.

Da mesma forma, os 39 professores da Educação Básica e da Educação Básica do Campo convocados terão o prazo de dez dias úteis para o comparecimento, no caso, na Secretaria da Educação do Estado (Av. Luiz Viana Filho, n° 550, 5ª Avenida, Centro Administrativo da Bahia), 1º andar, sala 138, também das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30

Faça um comentário
Continue Reading

EDUCAÇÃO

Inscrições para segunda edição do Sisu começam dia 4 de junho

As inscrições para a segunda edição de 2019 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) serão abertas no dia 4 de junho e ficam disponíveis até o dia 7. A inscrição é feita pela internet e não é preciso pagar taxa. O edital com as regras foi publicado na edição de hoje (15) do Diário Oficial da União.

Pelo Sisu, os estudantes usam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para concorrer à vagas em instituições públicas de ensino superior. Poderá se inscrever quem fez a prova do Enem de 2018 e não zerou a nota da redação.

Durante o período de inscrição, os candidatos poderão escolher até duas opções de curso, em ordem de preferência, o local de oferta, o turno e a modalidade de concorrência. O candidato pode alterar as opções de cursos, assim como cancelar. A classificação no Sisu será feita com base na última alteração efetuada e confirmada pelo candidato no sistema.

Os candidatos terão acesso à nota de corte para cada instituição participante, local de oferta, curso, turno e modalidade de concorrência.

O Sisu terá uma única chamada, com resultado divulgado em 10 de junho de 2019 no portal, e nas instituições para as quais efetuou sua inscrição.

A matrícula ou o registro acadêmico na instituição para a qual o candidato foi selecionado na chamada regular deve ser feita nos dias 12 a 17 de junho de 2019.

Para participar da lista de espera, o candidato deverá manifestar seu interesse na página do Sisu, no período de 11 a 17 de junho de 2019. É possível manifestar interesse na lista de espera em apenas um dos cursos para o qual o candidato optou por concorrer em sua inscrição ao Sisu.

Faça um comentário
Continue Reading

EDUCAÇÃO

Inscrições para o Mais Futuro terminam nesta sexta-feira (10)

As inscrições para o Mais Futuro, programa estadual de assistência estudantil, terminam nesta sexta-feira (10). A iniciativa oferece auxílio financeiro para os estudantes da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e das universidades estaduais de Feira de Santana (Uesf), de Santa Cruz (Uesc) e do Sudoeste da Bahia (Uesb), que estejam em condições de vulnerabilidade socioeconômica, inscritos no CadÚnico, além de oportunidades de estágio no setor público. As inscrições devem ser feitas no Portal da Educação.
Lançado em 2017, o Mais Futuro já beneficiou 10.480 estudantes com auxilio permanência, que implicou, até o último mês de março, em um investimento superior a R$ 36 milhões. O valor da bolsa é de R$ 300 para quem estuda a até 100 quilômetros de onde mora, e de R$ 600 para os que vivem a uma distância maior, pois para estes há a necessidade de moradia temporária na cidade onde estudam.
Ainda existe a opção de uma bolsa complementar, que terá valor variável, de acordo com atos normativos de cada instituição estadual de Ensino Superior. A lista dos estudantes homologados será publicada pela Secretaria da Educação do Estado e divulgada por cada uma das universidades em seus portais eletrônicos.
Atualização cadastral 
Os estudantes devem estar atentos para o registro atualizado no cadastro centralizado de programas sociais do Governo Federal (CadÚnico). Para fazer essa atualização, é preciso ir até o setor responsável pelo CadÚnico ou pelo Bolsa Família na cidade em que mora. Caso não saiba onde fica o local de cadastramento, o interessado pode buscar essa orientação no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo de casa. Em muitas localidades, o próprio Cras realiza o cadastramento das famílias.
Candidatos ao programa Mais Futuro também não devem possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior. O incentivo garante a permanência desses estudantes nas salas de aula e a conclusão dos cursos de graduação.
Políticas para a juventude
Além do Mais Futuro, o Estado também tem outros dois programas voltados aos estudantes. O Partiu Estágio garante estágio remunerado aos universitários, enquanto o Primeiro Emprego possibilita aos estudantes egressos dos cursos técnicos de nível médio da rede estadual de ensino a primeira experiência no mundo do trabalho.
Faça um comentário
Continue Reading
Advertisement

politica

segurança

BORA, BAHÊA!

PRA CIMA DELES LEÃO

Cajazeiras e Região